Página Inicial Emprego Novas rotas para brasileiros

Novas rotas para brasileiros

Abu Dabi, Nova Zelândia e Angola crescem como opção de trabalho no exterior

Um projeto de bilhões de euros, previsto para ficar pronto em 2013, começa a se erguer: uma ilha com praias, campos de golfe, oceanário, marinas capazes de ancorar centenas de barcos e quatro museus – entre eles uma “filial” do Museu do Louvre, da França, e outra do Museu Guggenheim, de Nova Iorque. Além de residências e apartamentos de luxo, o destino terá 29 hotéis – um deles “sete estrelas” -, parques arborizados e lojas de grifes famosas. Não pense que é coisa dos norte-americanos. A Ilha da Felicidade, que em uma mistura da língua local com o inglês resultou em Saadiyat Island, fica em Abu Dabi, um dos sete Emirados Árabes.

A extravagância não se resume apenas a ele. Seu vizinho mais conhecido, Dubai, também dá mostras do poder de expansão. “Há um novo planeta sendo construído em Dubai”, afirma Marcelo Toledo, diretor-geral da M/Brazil Intercâmbios, agência especializada em preparar roteiros de trabalho no exterior. Com isso, novas oportunidades de colocação se abrem para os brasileiros, num momento em que os destinos tradicionais, como Estados Unidos e Europa, apresentam tendência de queda por conta da crise econômica.

Segundo os dados da M/Brazil, os países do Golfo terão 61 novos hotéis até 2010. Desses, 35 estão em fase de construção, em Dubai. Serão 22 novas obras este ano e outras 13 em 2010. De acordo com Toledo, os Emirados Árabes não pretendem mais viver essencialmente de petróleo, e sim do turismo, já nos próximos anos. Resultado: “só em Dubai, há 400 vagas abertas para trabalho em hotéis”, diz o diretor.

Em contrapartida, segundo Toledo, 800 vagas pré-negociadas com os americanos foram canceladas e, esse ano, a agência não embarcou nenhum brasileiro para temporada de trabalho nos Estados Unidos.

Enquanto os planos do Oriente envolvem a construção de um megacomplexo turístico, os dos americanos são opostos. “Os empresários de turismo estão pessimistas por conta da crise e fecharam as portas dos Estados Unidos para intercâmbios”, conta Toledo. As causas são: “primeiro, eles não acreditam que seus parques temáticos ficarão lotados na temporada que se aproxima e, em segundo lugar, agora está sobrando mão de obra por lá, e eles não pretendem importar”, explica o diretor.

Em Dubai, a sommelière brasileira Cristina Piereck, de 33 anos, que trabalha lá há nove meses, não se arrepende da escolha. “Tem muito emprego aqui”, diz ela. Cristina embarcou para os Emirados a fim de montar uma adega e estruturar uma equipe de trabalho em um hotel, o The Adress Downtow Burj Dubai. Alguns meses depois, finalizou seu trabalho e ingressou em outro hotel, o Le Meridien Dubai. Hoje, a sommelière tem dois hotéis na fila para prestar o mesmo serviço.

Cristina pretende ficar pelo menos por mais dois anos fora. Talvez vá para Abu Dabi, onde, segundo ela, há ainda mais propostas de trabalho. “Em Dubai já há muitos hotéis prontos ou em construção; em Abu Dabi, faltam hotéis. Eles vão começar a construir e vão chover oportunidades”, imagina ela.

Chances e experiência – Apesar das difíceis regras de convivência de um país muçulmano e do calor no verão que se aproxima, Cristina garante que o sacrifício vale a experiência. “Não é fácil, tem que ralar, mas dá para ganhar dinheiro”, afirma ela.

De acordo com a sommelière, os empregadores pagam todas as despesas de moradia, luz, água e o salário é livre de impostos. “Como não há muitos gastos, o poder de consumo aqui é muito grande”, explica Cristina, que acaba de voltar de uma viagem de férias pela Tailândia.

“Apesar da rotina de trabalho puxada, de até 12 horas de trabalho diárias, nas férias as pessoas do mundo inteiro que trabalham aqui podem visitar os países vizinhos”, conta Cristina.

As vagas de Dubai – Para os cargos iniciais, como hostess e garçons, garçonetes, bartenders, camareiros e recepcionista é necessário ter até 30 anos, inglês fluente e, no mínimo, um ano de experiência na função a qual pretende concorrer. Já para cargos de supervisão ou liderança, como diretor de vendas e marketing, além do ótimo nível de inglês é preciso um algo mais, como um curso de especialização.

O salário varia de US$ 400 a US$ 3.000 – sem contar com as gorjetas que, por vezes, podem ser bem altas. A jornada de trabalho, em média, é de 6 dias na semana, com 8 horas diárias.

Segundo Toledo, além das oportunidades de Dubai, há ainda mercados na Nova Zelândia para trabalho agrário e, em Angola, nos setores de construção civil e enfermagem.

Nova Zelândia – “É preciso apenas boa saúde e vontade de trabalhar. Não precisa saber nada de inglês nem ter experiência”, afirma Toledo. Isso porque o trabalho se resume à colheita de kiwi, já que o país é o maior produtor dessa fruta. Segundo Toledo, há um convênio com o governo do país para liberar 300 vistos de trabalho por ano e pessoas de até 50 anos podem concorrer. “Há chances de aprender inglês na marra e, ainda, conhecer a cultura de pessoas de vários países que também trabalham lá”, diz o diretor.

Perspectiva para o futuro – Para o diretor Marcelo Toledo, os Emirados Árabes e Angola são as grandes apostas do futuro. “Até 2020, cerca de 400 mil empregos serão gerados por lá”, acredita ele.

Em Angola a situação é peculiar, de acordo com Toledo. “Fala-se português, mas é um país recém-saído da guerra que precisa se reconstruir. Por isso, precisa de pessoas para trabalhar na construção civil, desde engenheiros até carpinteiros, e também de médicos e enfermeiros”, diz. Marcelo embarca, em breve, para uma feira de captação, na qual pretende incluir Angola como novo destino de empregos para brasileiros oferecido em sua agência.

Por: Thais Sant’Ana

Matéria com finalidade publicitária

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. OLÁ PESSOAL, ESTOU A PROCURA DE UMA OPORTUNIDADE CERTA FORA DO PAÍS PRINCIPALMENTE ANGOLA, JÁ MOREIDOIS ANOS EM LONDRES. TOMARA QUE ESTA PÁGINA CONSIGA AJUDAR ATODOS QUE PROCURAM OPORTUNIDADES FORA DO BRASIL.

  2. Sou brasileira, solteira, tenho 19 anos.
    Gostaria de receber contato a respeito de emprego nos hotéis de Dubai.
    Cursei atendimento ao cliente e vendas no Senac, sou técnica em administração pela etec Armando Bayeux, já trabalhei como secretária na área de representações comerciais, e atualemtne, sou vendedora numa famosa rede do varejo há 1 ano.
    Falo inglês e entendo alguns outros idiomas, como espanhol e francês.

    Grata, aguardo contato.

  3. Sou brasileira, solteira, tenho 19 anos.
    Gostaria de receber contato a respeito de emprego nos hotéis de Dubai.
    Cursei atendimento ao cliente e vendas no Senac, sou técnica em administração pela etec Armando Bayeux, já trabalhei como secretária na área de representações comerciais, e atualemtne, sou vendedora numa famosa rede do varejo há 1 ano.
    Falo inglês e entendo alguns outros idiomas, como espanhol e francês.
    Grata, aguardo contato.

  4. Prezados senhores,Sei que as exigências são muitas,preciso saber falar ingês ,mas não falo.Sou estudante de Administração,curso o 7 semestre no momento.Sou lider nata,estou entre os primeiros da sala,sei trabalhar em equipe,além de outras vantagens.Preciso dessa alavancagem no meu futuro e no meu curriculum para meu sucesso,por gentileza,caso não encontrem pessoal suficente para preencher as vagas,analisem com carinho minha disponibilidade de quere vencer.Adoraria trabalhar no exterior,esse é meu maior sonho.Agradeço de antemão.Cássia

  5. gostaria de saber o contato da agencia de MARCELO TOLEDO ,GOSTARIA DE VOLTAR PRA ANGOLA MAIS NÃO TENHO CONTATOS POR LA MINHA PROFIÇAÕ SOUI CHEFE DE COZINHA PROCURO TRABALHO EM HOTEIS POUSADAS E COZINHAS INDUSTRIAIS E RESIDENCIA DE EXTRANGEIROS E ESTALEIROS DE CONS TRUTORAS.OBRIGADO.

  6. Gostaria de saber se as compahias aéreas angolanas estão contratando brasileiros. Pois sou formado em Comissário de bordo e tenho curso de agente de aroporto e sei muito bem como é trabalhar em equipe. tenho inglês básico e espanhol intermediário

  7. olá gostaria de mais informações sobre empregos em Angola, já trabalhei como pintor, e sobre a Nova Zelandia, tenho inglês intermediario, como posso entrar em contato com o Toledo?

  8. Olá, sou técnico de enfermagem e gostaria muito de saber mais sobre vagas em Angola, conforme matéria que acabei de ler. Aguardo contato. Sou reallmente capacitado e tenho vasta experiência na minha área.
    Muito obrigada pella atenção ao meu apelo.

  9. Ola, gostaria de obter mais informações sobre o trabalho em Nova Zelandia.
    Gostaria de saber o contato da pessoa responsavel, Marcelo Toledo, é de meu interesse ir para a Nova Zelandia.
    No aguardo.

  10. As coisas na Nova Zelandia não está nada fácil para os brasileiros. Tenho uns conhecidos que estao lá e nao conseguem trabalho. Já estão cogitando em retornar ao Brasil pois o dinheiro está acabando e emprego que é bom nada. Esse emprego no meio da roça colhendo kiwi, pelo que eu li relatos de brasileiros, não é nada facil….trabalho super desgantaste. Creio que Dubai, por estar crescendo em ritmo acelerado, é a melhor opção! Canada, Australia e NZ já tiveram as suas epocas.

  11. OLÁ.. ALGUÉM SABE ME INFORMAR ALGUUM CONTATO, E-MAIL DA AGÊNCIA DE MARCELO TOLEDO OU ALGUMA QUE OFEREÇA OPORTUNIDADES DE EMPREGOS NA ANGOLA? SOU METALURGICO,MOTORISTA CARTA D. FARTA EXPERIENCIA NO GERAL.

  12. Sou casado e tenho um filho de 1 ano e 8 meses,gostariamos de trabalhar na nova zelandia falamos ingles pois ja moramos nos USA.
    trabalhei como pintor e auxiliar de carpinteiro.
    quem puder nos ajudar me escreva

  13. Oi, Não sei nada de inglês só cunprimentos.
    Como faço para trabalhar na Nova Zelândia
    tenho muita vontade para trabalhar.

    Gostaria de ter retorno

  14. SE O POVO BRASILERIO FOSSE MAIS UNIDO, LUTARIA POR UM BRASIL, SEM FOME, SEM INJUSTIÇA, SEM MEDO DE REIVINDICAR, SEM EDUCAÇÃO. BRASIL MOSTRA A SUA CARA. ABRAM A CABEÇA E DEIXA DE TANTA IGNORÂNCIA. BRASILEIRO SÓ VALORIZARÁ O BRASIL, QUANDO 90% DESTE EMIGRAR E VÊ ESTA ILUSÃO/AMARGA. COLOQUEM OS PÉS NO CHÃO!!!!

  15. INFELIZMENTE A GRANDE MAIORIA SÃO IGNORANTES E ANALFABETOS OU QUEREM CONTINUAR SENDO. VEJO A ARGENTINA COM 3% DO PAÍS QUE SÃO ANALFABETOS. E O POVO BRASILEIRO, ONDE FICA, OU NÃO QUER FICAR OU CHEGAR A LUGAR NENHUM?

    • Andrea, boa noite
      tenho lido artigos sobre morar fora do brasil, o que tem aumentando meu desejo de realizar. Li sobre a vida no Oriente Médio e fiquei animada com as oportunidades que estão oferecendo. Como faço para obter maiores informações? Poderíamos nos comunicar por e-mail? segue meu msn: rebecca_sf@hotmail.com

      Grata,
      Rebeca

    • Cara Andrea, sou agente em escolta armada em Minas Gerais (Brasil) e tenho muita vontade de aprimorar meu inglês (básico) e outros idiomas. Favor me remeter se possível mais informações sobre trabalhos diversos.
      Saúde e Paz
      Grande Abraço

  16. ROGERIO BRAHIM DIAS HASSEN
    Rua: Tamarana, 1208. Campo Grande – RJ. Cep: 23.060-220
    TEL:(21) 3313-9637 / 8687-9367. E-mail: hassen_cq@hotmail.com
    Solteiro. Naturalidade: Rio de Janeiro –RJ. Nacionalidade: Brasileiro
    Nascimento: 18 de Julho de 1970.
    Função

    -Encarregado de Solda.
    Formação e Cursos Complementares

    -Ensino médio completo.
    – Leitura de desenho e Isométrico. (REDUC).
    -Técnicas básicas em ensaios não destrutivos. (SENAI).
    -Inspetor Visual e Dimensional de Soldas Nível II. (SENAI).
    -Inspetor de Solda Nível I. (FBTS).
    Algumas Atividades Extras

    -Leitura e Interpretação de Desenhos. IEIS. Toda rotina de documentação.
    -Relatórios e Coordenação de Equipe. Diálogo diário de segurança.
    -Acompanhamento de soldagem e Processos de soldagem.
    -Inspeção Visual e Dimensional, Partícula Magnética e Liquido Penetrante.
    Experiências Profissionais

    -Enesa Engenharia S/A : Encarregado de Solda .
    Obra: Cia Siderúrgica do Atlântico. (CSA) de: 24/11/ 2008 a 20/11 / 2009.

    -Tec end Inspeções: Inspetor de Visual de Soldagem.
    Obra: fase 3 gasoduto Ceg de:08/ 2007 a 11 / 2008.

    -Sebras Montagem Naval: Auxiliar de Qualidade.
    Obra: Plataforma. P 51 de:03/ 2005 a 08 / 2006.
    OBS: Nesta exerci a tarefa de encarregado de solda.

    -Bras-fels : Auxiliar Qualidade.
    Obra: Plataforma. P 48 de:12/ 2003 a 08 / 20004.

    -SBCQ. Soc. Brás. De Controle de Qualidade. Auxiliar de Qualidade.
    Obra: Refinaria de Duque de Caxias (REDUC). Parada da Unidade 1210/1250 de: 04/1990 a 06 / 1993.

    -OBS: Sou Inspetor de Visual de Soldagem: (EV. N2. S) Qualificado pela ASNT.
    E em fase de Qualificação Pela ABENDE- SNQC. 5800 (EV.N2.S).

    – Excelente desempenho nas áreas de construção naval, petroquímica e gasoduto.

  17. Ola, moro na Nova Zelandia e venho tendo experiencia de todo tipo. quando cheguei eu nao podia trabalhar pois eu tinha visto de estudante e estava focado nos estudos, estudava 8hs por dia, depois estudava mais em casa, concentrado em falar ingles fluente,durante 6 meses. logo depois apliquei para um visto TRSE para trabalho em fazendas, por sorte pude trabalhar como empilhador de caixa numa Packhouse de maça(onde empacota frutas p/exportação), trabalho puxado levantano caixas de 28kg media de 3000cxs por pessoa por dia.. daí fiquei por 3 meses sobre muita pressao depois fui pro campo fazer a poda das arvores num inverno intenso, media de 0° a -10° .. chuva, neve e vento tudo junto, fiquei por pouco tempo pois esse visto durava pouco tempo, logo na sequencia veio o pico alto da recessão global, onde tudo ficou dificil aki na Nova zelandia, 2 anos atras se conseguia trabalho em fazendas e tb se conseguia o Work Permit com facilidade. Hoje em dia, se conseguir vai ser por uma forte indicação (famoso QI). Nas fazendas de frutas pode se ganhar algum bom dinheiro sim, media de 600 a 700 NZDollar por semana(há quem diga mais :S), mas o trabalho é muito puxado,(pra quem trabalha com fazenda sabe do que eu to falando) MAS VALE A PENA! porem esse ano de 2010 a colheita nao ta nada boa pra lugar algum, principalmente colheita de maças e damasco na ilha sul, problemas com o clima prejudicou os frutos e causando uma perda grande. o que significa q as fazendas estão pagando menos na colheita. Mas se você é jovem cabo de sair da escola e quer vir pra NZ viajar e desfrutar as belezas do país , vale mais a pena ainda, mas pra quem quer imigrar no momento vai custar muito caro!!

    final de 2009 o visto TRSE(valido para toda NZ por 4 meses para trabalhos em wineculture and agriculture) mudou para o visto SSE (valido para +_ 20 companhias em toda a NZ (sendo 15 no sul da ilha sul na região central de Otago), por 6 meses para trabalhos em wineculture and agriculture. nesse mesmo final de 2009 a imigração mudou tambem o tempo de trabalho para aplicar para residencia no país, o que era de 3 anos passou para 5 anos de trabalho.

    ou seja meus caros amigos que buscam uma experiencia ou qualidade de vida no exterior. Nova Zelandia é tudo muito bunito, o povo muito amigavel mesmo.. mas as leis vêm mudando muito rapido dificultando uma imigração. Mas se você tem um contato aqui muito bom que possa te facilitar sua estada, aproveita porque vale a pena!!!

    Passei por uma faze muito dificil na epoca da famosa recessao principalmente nos periodos de agosto à outubro de 2009, mas graças a Deus e nosso Senhor, com indicação de Kiwis(neozelandez) consegui um bom trabalho em uma fazenda de damasco,nectarina e cereja.. onde fiz de tudo desde a colheita a dirigir trator e supervisionar os trabalhadores. e com isso fiz um cursinho aqui tirei uma liscensa ali e hoje atraves de mais uma indicação feita por Kiwi, hoje estou trabalhando em uma outra packhouse de fruta organica para exportação, onde faço de tudo também…hehehehehe… dirijo empilhadera, supervisono trabalhadores, recebo e organizo todo material, recebo os frutos encaminho para o empacotamento, encaminho para a exportação e assim por diante.. o que quero dizer que Nova Zelandia é assim.. onde se você faz de tudo um pouco, pode ser uma vantagem.

    em paralelo, aos fins de semana estava tendo participação como guia assistente de canyoning, tendo experiencia com um publico de varios países adiquirindo experiencia com um publico bem diversificado de diferentes idades!!

    hoje estou planejando de ir pra europa e arredores, estou procurando trabalho por la, pois gostaria de trabalhar serio e poder investir por la pois tenho longos e bons planos por la, venho trabalhano com fé em Deus pra que tudo flua e de certo.

    vi as informaçoes sobre Dubai e arredores, e fiquei muito interessado se alguem puder me informar e ajudar mostrando o caminho certo, serei muito grato, de qualquer forma estou aberto para qualquer tipo de trabalho na Europa e vizinhos. pois estou subindo!!!

    Bem, desejo muita paz e Luz para todos os que estao viajando no estrangeiro e para os que querem ir sempre tenham fé em si mesmo e nunca desistam de seus sonhos, porque dificil é pra todo lado, cabe a nós mesmo enxergarmos a realidade e adaptar e ver por onde que dá para sobressair, afinal brasileiro sempre dá um jeitinho pra tudo!! ;D

    Forte Abraço e fiquem com Deus seja qualquer que seja seu Deus!!!

    • Olá Igor como vai , adorei ler seu comentário, por que estou querendo mudar minha vida e estou com plano de ir para Nova Zelândia, gostaria de saber como faria para ter contato com você, ou lugares para obtenção de maiores informações desse país. Tenho experiências em fazenda e sei bem como é puxado o serviço de mão-de-obra, não me importando em ser trabalhador rural. Desde já agradeço, fique com Deus.

    • Olá Igor,
      Gostei muito do seu depoimento, porém você poderá obter melhores oportunidades enviando seu currículo para o seguinte e-mail info@brazilsbestrc.com para mais informações Ligue:
      – Brasil: 11-7320-8417 com Sra. Maria
      – USA: 1-706-831-5823 com Andrea
      – Emirados Arabes: 971-55-915-4624 com Paula
      Abraços!

  18. Gostaria muito de conseguir uma destas vagas para trabalhar na NZ, pois um dos meus ideais é conhecer este País, pelo seu povo, e por poder fazer um diferencial inserindo neste país um pouco do nosso.
    Sou uma pessoa dinâmica,que tem muita disposição e vontade de crescer,e mostrar a qualidade do meu trabalho, sou muito organizado,prestativo,humano e não brinco em serviço.
    Sou motorista categoria “AD”, e dirijo carros pequenos e grandes, também tenho experiência em trabalhos burocráticos, honesto, responsável, e realmente quero vencer na vida trabalhando, acredito que realmente posso ser útil em qualquer área de trabalho. Não sei falar inglês mais aprendo tudo com muita facilidade, a única coisa que me falta é uma oportunidade, e espero que agora seja a hora disto acontecer, tenho 44 anos, mais com uma disposição de uma pessoa de 30, espero que possam concretizar este sonho, e eu não os decepcionarei, agradeço pela atençao, um abraço, Fábio.

  19. Post Nota 1000! Tenho muita vontade de trabalhar no exterior. Trabalho na área de sistemas de informação (desenvolvimento web, precisamente – 2 anos de experiência). Gostaria de mais informações sobre essa área na Nova Zelândia ou no Oriente Médio. Vlww!!!

  20. ola a todos , moro em barcelona e pretendo ir pra nova zelandia . aqui ja deu o que tinha que dar. meu tel. e 0034 666979879 me liguem. boa sorte a todos

    ola a todos .
    muito bom esse espaço para quem pretende arrumar emprego no exterior , porem falta informaçoes e contactos .
    eu moro em barcelona e pretendo ir para nova zelandia, aqui ja deu o que tinha que dar.
    se alguem puder me dar alguma informaçao meu numero e 0034666979879, ou se eu puder ajudar em algo podem me chamar
    ok.
    boa sorte a todos
    jpaulolima13@hotmail.com

  21. ola pessoal,fiquei muito enteresado em saber mais sobre vagas de empregos em dubai tenho parentes que vivem na europa ,e eles querem que eu vá trabalhar em madri mas sei que a crise mundial afetou muito a espanha.tenho 28 anos estou deixando o setor publico onde trabalhei na area da saúde por nove anos como agente de endemias e controles de vetores,e gostaria de saber se tenho possibilidades de se encaichar em alguma das vagas em dubai ou nova zelandia. desde ja meu muito obrigado!!!!!!

  22. Boa noite.
    Sou inspetor de qualidade formado em tecnico em mecanica.
    Gostaria de saber se vaga de emprego na aria trabolho.
    Com inspecao de fabricacao, equipamentos, materiais,
    estrutura metalica, spool, manuntencao e recuperacao
    de materiais, retrabalhos e diligenciamento de contratos.
    Mais estou disponivel para novas arias se ouver as oportunidades.

    Att. George

Deixe uma resposta