Página Inicial Emprego Djs brasileiros em Londres

Djs brasileiros em Londres

As porta para os djs brasileiros ficaram abertas. Em Londres não é diferente. Com a cultura brasileira em alta, e por consequência a nossa música, muitos djs brasileiros tem encontrado em Londres uma ótima oportunidade de divulgar o seu trabalho, e por que não, ganhar algumas libras. Londres possui um número infinito de pubs e clubs dos mais variados tipos e estilos, desde o mais “posh” (chique) até o mais underground, como as “free parties” (festas gratuitas) por exemplo. Londres é a terra das oportunidades, basta você correr atrás.

Se você sempre sonhou em ser dj, aqui você pode se dar bem.

Atualmente exitem diversos djs brasileiros morando em Londres entre eles, o dj S.P.Y, que toca soul full drumn bass, o dj Briza, que toca techno, e eu, a dj Vivi, que toco brazilian beats. Além de outros djs que tem noites fixas em Londres como o dj Marky, que toca frequentemente no club The End, em uma das noites mais quentes da cidade. Londres tem público para todos os estilos e o cachê de um dj varia muito, podendo chegar até à £400 para um dj que já tenha um bom público aqui. Mas se você se está vindo para Londres para começar a tocar se prepare para também tocar de graça, já que no início você precisa divulgar o seu trabalho e também começar a tornar o seu nome conhecido pela galera que mora aqui.

O Dj S.P.Y começou a sua carreira ainda em São Paulo em meados de 1990 tocando Rap e Hip Hop em festinhas de garagem e escolas do bairro. Em meados de 1992, ele mudou de estilo e passou a tocar acid house passando pelo Hardcore e chegando em 1994 ao Drum & Bass, estilo que mantém até hoje. Em 1997, ganhou o concurso de Dj na Apple Club em São Paulo. Apesar do sucesso, Dj S.P.Y reconhe as dificuldades em ser dj no Brasil: “Nunca tive muitas oportunidades no Brasil… por ser um mercado muito disputado e pouco valorizado” . Atualmente S.P.Y é dj residente no Lock17 Bar em Camden, um dos bairros mais descolados de Londres e lá mantém a noite “HotBeatz”, que acontece todas as quintas. Além disso, ele já tocou em clubes brasileiros e festas de universidades até em uma das noites mais tradicionais da linha do Drum n Bass Londrino como a HOSPITALITY, festa promovida pela Hospital Records. Apesar de ter começado a produzir músicas a menos de 8 meses atrás, S.P.Y já faz parte da historia da musica brasileira por ser o primeiro dj brazuca a ter uma musica lancada pelo Metalheadz, que ‘e um dos maiores selos de dnb do mundo. Atualmente ele trabalha com diversos parceiros entre eles o dj Tisso e o rapper MV Bill, com o qual produziu o remix da música “soldado do morro”. Para ele o Brasil não está na moda: “…a verdade é que o Brasil não está na moda. Acredito que fomos descobertos…e isso não é uma coisa passageira….Agora estamos recebendo um valor maior por sermos estrangeiros e apresentarmos um trabalho diferenciado…”

No caso do dj Briza, a história foi bem diferente. Ele não era dj no Brasil e veio para a inglaterra para estudar inglês mas já tinha a idéia de ser dj um dia. Ainda no Brasil aprendeu a mixar com discos emprestados por amigos e chegando em Londres, outro amigo o levou para uma das Free Parties que acontecem quase todo fim de semana. Depois disso, começou a frequentar as festas, conhecer os djs e a galera que organiza as festas. “Um dia um amigo meu me disse que eu tinha que começar a tocar e me deu alguns discos, comecei a comprar alguns também, e ir para as festas com os discos pra tentar uma vaga no Line Up da festa.” Ele conseguiu e desde então já tocou em soundsystems irados como o Every1Sound, FUQ, GoodFellas, Headfuk, Malfaiteurs,Manik, Restless Natives e Tribe of Munt. Atualmente, ele toca frequentemente nas free parties e eventualmente em night clubs e com certeza chama muita a atenção por seu estilo: “Acho que nós brasileiros temos mais swing, balanço, ritmo,entende? Os gringos são meio durões, acho que porque a gente cresce ouvindo samba, bossanova, temos uma influência musical muito rica, e isso eu tenho certeza que nos ajuda muito!”

No meu caso, eu comecei como brincadeira já que trabalhava como produtora de cinema e tv e já havia tocado em algumas festas no sul, inclusive no Skol Spirit e nas famosas festas da Casa de Cinema de Porto Alegre. Mas nada profissional, apenas como diversão. Quando eu decidi vir para Londres, minha irmã me deu o toque que eu podia desenvolver este meu lado aqui, já que aqui tinha muita gente que gostava de música brasileira. No meu segundo dia em Londres toquei numa “squatt party” (festas em casas abandonadas) e comecei a tocar nos “chillouts” das free parties. Apesar de tocar de graça foi lá que fiz muitos contatos. Hoje, sou dj residente do club guanabara e já toquei como “warm up” em pubs, clubs etc. Baseado nas entrevistas e nas experiências que tive, vou passar para vocês algumas dicas:

1- Ter contatos com djs ou pessoas que trabalhem com produção de festas, pode te ajudar muito no início.
2- Tente ter algum diferencial como dj brasileiro, djs tocando música “gringa” aqui tem um em cada esquina. Não que você vá ter que tocar forro para se dar bem, mas ajuda se você tiver uma batida diferente.
3- Já venha com o seu cd mixado para distribuir para os produtores de festas, um release em inglês também é indispensável.
4- Compre o seu próprio equipamento para você poder treinar em casa. (dica do dj Briza)
5- Caso você queria aprender a tocar, existem inúmeros cursos para djs desde iniciante ate a produção musical. Os cursos variam muito, existem cursos de apenas duas horas até seis meses, com preços que variam de £200 até £1800. Em Londres tem a Subbass que oferece aulas com apenas 4 alunos por turma e tem 5 diferentes cursos, do básico ao avançado (http://www.subbassdj.com/). E em Manchester tem uma das melhores escolas para dj do mundo que é a technics dj academy que oferece cursos de mixagem, producao, Scratching (Basico & avancado) tecnologia digital e mixagem de cd. (dica dj S.P.Y) (http://www.dj-academy.com/index.html).

Por: Oi Londres

Contato djs entrevistados:
Dj S.P.Y( djspyderc@hotmail.com)
Dj Briza (smfjr@hotmail.com)
Djane Vivi ( vivireis@hotmail.com)

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. ola …sou de sp catanduva ….tenhu 17 anos e to começando agora ……queria saber assim ,…
    queria muito ir para londres para me aperfeiçoar ainda mais se tiver alguem que queria …..me ajudar ….bom é isso .

  2. Olá, muito legal saber um pouco sobre diferentes experiências. Sou jornalista e estou pensando em me arriscar um pouco nessa área, como um hobby, e uma alternativa para ganhar dinheiro. Penso em ir para Londres para estudar inglês e fazer um curso de DJ. Você acha uma boa idéia?!

    Abraço!

Deixe uma resposta