Página Inicial Estudar Estudar na Dinamarca? Por onde começar…

Estudar na Dinamarca? Por onde começar…

No meu blog pessoal eu recebo de vez em sempre perguntas relacionadas a vistos de estudantes na Dinamarca. Infelizmente por aqui não existe aquele tradicional visto de estudante como conhecemos de outros países (o que faz sentido, afinal, quem quer aprender dinamarquês)?

Mas vou tentar detalhar o assunto.

Hoje vou comentar sobre:

  1. Como conseguir uma vaga em faculdades na Dinamarca?
  2. Scholarship?
  3. Estudar em inglês ou em dinamarquês?
  4. Reconhecimento de diploma, histórico escolar e afins.

Na próxima semana comentarei sobre os tipos de visto de estudante, como dar entrada e vou postar um monte de sites com dicas e mais informações sobre estudar na Dinamarca.

Para começar ….

As universidades e faculdades aqui SÓ SÃO de graça para europeus. Ou seja, qualquer pessoa que tenha passaporte europeu tem direito a estudar na Dinamarca de graça – bacharelado e alguns cursos de mestrado/doutorado. Para todos os outros mortais da face da terra, custa os rins da família inteira. Em media, 16 mil euros por ano. Isso mesmo 16 mil euros! Um absurdo.

Tem aqueles que conseguem bolsas de estudo, os scholarships. São bolsas de estudos oferecidas pelo governo dinamarquês para alguns estudantes. As bolsa além de oferecer os estudos de graça, ainda contam com uma ajuda de custo no mesmo valor que os dinamarqueses recebem mensalmente para estudar. Sim, aqui a gente recebe pra estudar, algo em torno de 1500 reais depois dos impostos SÓ para estudar. Mas não vá achando que é suficiente, porque infelizmente não é.

Scholarship?

Esse programa de bolsa de estudos do governo é oferecido uma vez por ano e a data limite de inscrição é dia 15 de março.

Como proceder? Durante o processo de seleção para a universidade/faculdade, a pessoa que gostaria de receber a bolsa, escreve também uma carta de motivação – onde comenta sobre o porquê de querer estudar na Dinamarca, quais os planos de futuro, porque o curso, porque Dinamarca e por ai vai.

Dai então envia essa papelada toda. Vai por mim, no final das contas é muita coisa a ser enviada.

A resposta a pessoa receberá por e-mail mais ou menos uns 3 meses depois.

Como conseguir uma vaga em faculdades na Dinamarca?

Aqui não tem vestibular. O processo seletivo é feito enviando  documentos como histórico escolar, carta de motivação, Curriculum Vitae para a faculdade que você quer estudar. O coordenador do curso vai ler a sua inscrição, e de acordo com o nível do curso, os seus resultados durante o ensino médio e suas experiencias profissionais vão decidir se você poderá estudar ou não. Isso mesmo, tudo muito subjetivo!

Caso suas qualificações e notas não sejam suficientes, a pessoa tem a opção de estudar mais para se qualificar para o curso. Mas não é promessa de se conseguir o curso no ano seguinte. É só mesmo para aumentar as chances de se conseguir uma vaga.

Estudar em inglês ou em dinamarquês?

A maioria dos cursos aqui é em dinamarquês. Mas tem um bom numero em inglês. Veja aqui a lista de cursos oferecidos na Dinamarca em inglês: Programmes in english

Para conseguir estudar aqui em inglês é necessário ter um desses diplomas que reconhecem seu nível de inglês, como Cambridge, tofel, essas coisas. Mas para saber qual o nível exigido de inglês pelo curso, o melhor é mesmo entrar em contato com a instituição de ensino que pretende estudar.

Quanto a estudar em dinamarquês, veja aqui o nível exigido pelos cursos e faculdades: På dansk

Dansk
English

 

 

 

 

 

 

 

 

Reconhecimento de diploma, histórico escolar e afins

Na Dinamarca os estudantes ficam 12 anos na escola (ensino fundamental e médio), no Brasil são 11 (na minha época pelo menos era). Por isso é necessário – na maioria das vezes – que o estrangeiro tenha estudado um ano extra pra conseguir uma vaga nas faculdades daqui. Pode ser por exemplo, ter feito um ano de faculdade.

Os documentos precisam ser traduzidos em um dos seguintes idiomas: inglês, dinamarquês, alemão, norueguês, sueco.
Depois disso, é só enviar os documentos para uma agência responsável por validar diplomas estrangeiros na Dinamarca: Danish Agency for International Education e esperar uns 3 meses e é de graça.

Vou ficando por aqui hoje, na próxima semana escrevo sobre como dar entrada ao processo de visto.

COMPARTILHAR

28 COMENTÁRIOS

  1. Saudações Ludimila!
    Cerca de 3 anos mantenho contato com “conhecido’ por um site de relacionamentos que me inscrevi,trocamos fotos,filmagens em tempo real,mostrando a casa ,os filhos,ficamos muito tempo no msn e tal…
    Bom,sou formada em inglês como seg. língua estrangeira, fiz intercãmbio em Londres.
    Tentei entrar em contato com alguns brasileiros que vivem aí mas ,sem sucesso de feedback…Meu real interesse é conhecê-lo, fazer um curso Danish e tentar área logística.
    O local é GIVE…olhando no mapa é muito longe da cidade,parece ser fazenda…
    Sinceramente,estou decidida em tentar,poderia me convidar ao seu blog?
    Agradeço a iniciativa de postá-lo,pois, assim pode ajudar e muito…
    THNX A MILION…STELLA.

  2. Oi Stella, tudo bom por ai?
    Entao, Give é uma cidade minuscula. A unica coisa que tem é um hospital (por coincidencia, foi aonde eu operei) e mais nada. Nao deve ter nem 5000 habitantes direito.

    Olha, pelo que parece vc tem filhos né? Eu pensaria 325 vezes antes de embarcar nessa bricandeira. Aqui nao existe visto de estudante de idiomas, e pra vc vir pra ca com seus filhos (eu parto do principio que vc nunca deixaria seus filhos pra tras por causa de um homem desconhecido) sairia muito muito muitooo caro. Voce tem que provar que tem condicoes de se sustentar por um ano, seu curso tem de estar numa tal lista positiva e bla bla bla.

    Nao quero parecer negativa, mas infelizmente as coisas nao sao faceis por aqui.

    Ate mais
    Ludi

  3. Ola Ludmila !
    Eu fiz intercâmbio pelo Rotary Club e morei um ano na Dinamarca. Foi maravilhoso e gostaria de voltar para lá agora para fazer a graduação em engenharia. Como faço para me candidatar a uma bolsa de estudos ? Existe algum programa via Embaixada da Dinamarca no Brasil ?

    • Oi Gabriela,
      Eu nao conheco programa algum via embaixada da dinamarca no Brasil nao.

      Só mesmo as bolsas que o governo dinamarques oferece uma vez ao ano – que eu ja mencionei nesse post mesmo.

      Boa sorte com os planos.

      Ate mais
      Ludimila

  4. ola ludmila! vc disse que 1500 reais nao sao suficientes para passar um mes aí? nao ha como economizar um pouco para tentar viver com isso? quanto seria a media de alguem que gasta pouco ai?
    grato!

  5. ola Ludimila Lima.

    venho por meio desta pedir informações para minha filha que é
    jogadora de Futebol de Campo Profissional, onde a mesma hoje está com 19 Anos de Idade , a mesma gostaria muito de estudar fora do Brasil e jogar por um Clube Profissional.

    Pois aqui no Brasil os Clubes nao se comprometem como prometem na pratica, ela já jogou em diversos Clubes aqui no Brasil.

    será que você poderia informar um caminho para ela.

    consigo dar entrada na cidadania Europeia, meus avos são de
    Portugal.

    Agradeço sua atenção.
    Antonio Carvalho.

  6. Boa tarde Ludimila, espero que se encontre de boa saude com a graca de Deus.vi a sua desertacao a cerca de como continuar com os estudos na Dinamarca e gostei da dica e continue assim boasinha fofa, so podia ser um Anjo como voce a ter tanta paciencia natureza missionaria, gostei muito e muito mesmo continue assim.mas n percebi bem uma coisa. sera que para jovens doutros cantos do mundo, por exemplo de Mozambique tambem seguem mesma dica? quais as datas e o mes do ano em que se remete esses documentos? qual o endereco para onde as passoas devem enviar por favor Ludi Fofinha? porque ca em Mozambique fiz Medio em Sistemas Eletricos Industriais pelo Instituto Industrial da Beira em Sofala-Mozambique aqui na Africa Austral Geograficamente e oque me aconselha Ludi? porqe eu gostaria de tentar a sorte para de me candidatar ao programa Schoarships no ramo de Eng.redes de computador, ou em Eng.de Geradores de emergencia ou em Eng.electrica.sera que sera possivel pelumenos meus documentos chegarem nas maos duma das instituicoes de Engenharias para tentar a sorte atravez da sua ajuda em conseder os enderecos das univercidades na Dinamarca? por favor ajude-me neste sentido Ludi.Ate que se soubesse o contacto do seu cell ligaria directamente para si porque nao tenho tanta oportunidade de uso de net, se puder so deia me um call me e que logo ligo para a satisfacao, o meu numero e 258824050063 ou 258848728690.por favor ajude me.sucessos na sua vida quotidiana.Abraco e cordeiais saudacoes.disculpe pelas assentuacoes porque nao tenho dominio no computador.

  7. Olá Ludimila!
    Adorei encontrar o seu Blog!
    Estava procurando pela internet, depoimentos de jovens sobre a Dinamarca, pois estamos programando uma viagem de intercâmbio Ensino Médio para minha filha em 2014 nos decidimos pela Dinamarca.
    Apesar do entusiasmo e da motivação com tudo o que esta experiência representa, ela ainda está em dúvida sobre ficar um semestre ou um ano inteiro.
    Assim, se possível, gostaria de compartilhar como foi sua experiência de estudo neste país, pois pelo que entendi, você foi bem jovem para aí e deve ter feito o Ensino Médio também, não é?
    Bem… se você puder compartilhar um pouco do que conhece sobre o Ensino Médio aí, ficaremos super gratas e felizes!
    Sucesso!
    Abraços,
    Denise.

  8. Ola Ludimila. Tenho cidadania dinamarquesa pois meu pai é dinamarques. Nasci na Dinamarca porem toda minha criação se deu no Brasil. Estou terminando curso de engenharia quimica aqui no Brasil. Tenho interesse em aprender dinamarques e fazer um pós graduação no país. Gostaria de saber se você tem alguma dica para mim. E quanto seria o gasto medio de um estudante Sei que o salário de estudante não é suficiente. em quanto preciso complementar a renda para não passar por apertos?

    Parabéns pelo artigo

    Abraços

  9. Olá Ludimila,

    Parabéns! sou engenheiro civil e estou querendo fazer PhD em Life Cycle Assessment ai na Dinamarca (copenhagen). Logo, gostaria saber de informações sobre a cidade: moradia (mais barata), alimentação, saúde entre outros. kkkk. Qual engenharia, vc estuda? aguardo retorno (saviodoo@gmail.com)abraço e mais sucesso.

  10. Olá Ludmila, parabéns pelas informações.
    Você poderia informar se seria vantajoso, bem visto pelo mercado brasileiro no caso, fazer engenharia na Dinamarca? Pela sua experiência de vida na Dinna vc acredita que isso poderia ser interessante? Valeu!!!

    • Boa noite Ludimila,
      Sou mineira, arquiteta e tenho muita vontade de conhecer e estudar em Copenhague.
      Pelo que pesquisei o visto de estudante permite trabalhar 15 horas semanais. Este visto contempla o curso de Dinamarquês (Não tenho a menor ideia a respeito da língua.
      Há trabalho para iniciantes na língua?
      Poderia me adicionar para ler seu blog? meu email é stephanie.campolina@gmail.com.

      Obrigada!

  11. SAUDAÇÕES MINEIRAS LUDMILA.

    GOSTARIA SE POSSIVEL , ME INFORMAR SE A DTU,(UNVERSIDADE TECNOLÓGICA DINAMARCA ) OFERECE CURSOS GRATUITOS ?
    ESTOU INTERESSADO EM UM DOS SEUS CURSOS.

    WILLIAM ALONSO CARVALHO.

  12. Olá. Termino a graduação ano que vem e pretendo me casar com um dinamarquês. Sabe dizer se eu sendo casada com Dinamarquês tenho direito a bolsa de mestrado e doutorado? Ou sendo casada não faz diferença? Quero me mudar pra lá, mas quero continuar meus estudos. Tô na dúvida se faço o mestrado e doutorado no Brasil ou me caso e faço lá.

    Abraços

  13. Bom dia lud,

    Estou indo para Dinamarca em uma semana, e sou formado em engenharia ambiental, trabalhei com biotecnologia (produção de vacina de uma bactéria) e energia sustentável (com BIOGAS de um aterro sanitário), tenho nacionalidade espanhola e estou indo para copenhague começar um curso de inglês de 2 meses a princípio. Espero conseguir uma vaga em alguma faculdade ou mestrado, porém preciso e vou estudar intensivamente inglês nos primeiros meses. Estou meio confuso pois reservei 2 dias primeiros em um hostel para poder encontrar uma república de estudantes para ficar, e começar as buscas pela bolsa ao mesmo tempo que estudando inglês e procurando um emprego pequeno no começo.

    Gostaria muito do seu apoio com informações e dicas, espero que você esteja se saindo muito bem por aí.

    Aguardo seu contato. Um abraço!

    Diego

  14. Ludimila , se possível gostaria que vc me ajudasse. Meus filhos são filhos de dinamarquês, meu marido mora aqui a muitos anos . Ano passado fui fazer o passaporte das crianças. Meus filhos são cidadãos dinamarquês até os 21 anos. Gostaria q meu filho fizesse faculdade na dinamarca , mas não sei se ele pode por ter passaporte e ser cidadão até os 21 ou se tem q fazer alguma coisa diferente. Vc pode me informar. Ele tem 16 tá no segundo ano do ensino médio. Entraria na faculdade com 18 e como na dinamarca fiquei sabendo que tem cursos de 3 anos ele se gostaria antes dos 21. Daí já ganharia o passaporte permanente por ter morado e saber falarealmente o idioma.

  15. ola boa noite sou eu a paula gostaria de saber se os estudantes cabo verdianos tem acesso para estudadar na vossa univercidade sem problemas .porque tenho a minha filha que ja terminou o ensino secundario estamos aprocura da univercidade no exterior para que ela possa cursar medicina ?

  16. Bom dia Ludmilla, tenho grande interesse de fazer graduação em direito na Dinamarca, gostaria de saber as formas de ingresso, e se o curso é bem receptivo no país!! Aguardo contato

  17. Hi Ludi!
    Só agora é que vi este teu post sobre estudar na dinamarca!
    Hoje, em 2016, ainda é assim que se procedem as candidaturas? Até mesmo para a faculdade de Medicina?

    Se souberes informações e puderes me ajudsr, ficaria extremamente grata.

    Desde já, obrigada e tudo de bom!
    Joanne Lira ?

  18. Olá Ludmila!
    Sou Dentista , Especialista em Implantodontia e próteses sobre Implantes,e Especialista em Prótese, com Ênfase em Prótese sobre implantes. Atualmente estou cursando Especialização em Ortodontia. Tenho muito interesse em sair do Brasil,e trabalhar, na Dinamarca como Dentista e atuando nas minhas Especializações. Meu problema,é que não sei Inglês. Você pode me orientar,se, caso eu peça a equivalência de diploma e Especializações, eu poderia ter aulas de inglês/ dinamarquês,e poder trabalhar. Como estou no primeiro ano da Especialização em Ortodontia, talvez eu possa tentar uma bolsa para Mestrado em Ortodontia,ou Especialização em Ortodontia.
    Aguarda ansiosa por sua resposta.
    Se quiser me aconselhar,qual país eu obteria êxito, fique à vontade. Gosto da idéia de estudar na Inglaterra, Bélgica,França. Sou muito disciplinada,e morando no país,e fazendo o curso de inglês/ Dinamarquês/ Francês ( que já começarei aqui). Penso na possibilidade de trabalhar em uma clínica por 6 meses,e depois ter meu próprio Consultório,que abriria vagas / empregos.
    Os países que mais me agradam é Dinamarca, Inglaterra, Bélgica. Não tenho intenção de pagar pra continuar os estudos. Preciso trabalhar. Termino meu pacientes em Março/ Abril 2018, e já terei meu consultório vendido .
    Por gentileza faça todas as sugestões que puder, que serei eternamente grata.
    Meu e-mail é : dracbatista@gmail.com
    Obrigada
    Cristiane Batista
    Ah! Sou solteira sem filhos.

  19. Oi Ludmila!
    Poderia me instruir sobre como proceder em relação a transferência de faculdade? Primeiro se há a possibilidade? Curso enfermagem no Ceará e estou no 8º semestre e gostaria de saber se existe a possibilidade de aproveitamento do curso? Ou terei que começar do zero?
    E-mail: sergiany2901@hotmail.com

Deixe uma resposta