Página Inicial Europa Espanha Intercâmbio na Espanha, dicas importantes

Intercâmbio na Espanha, dicas importantes

Intercâmbio na Espanha

Quer fazer um intercâmbio na Espanha? Veja como vivenciar uma experiência diferente e cultural.

Diante de uma crise econômica rigorosa que o Brasil está vivendo, muitos brasileiros estão buscando oportunidades de emprego e só quem consegue são aqueles mais bem qualificados. Pensando nisso muitos jovens, e outros nem tão jovens assim, iniciaram um grande movimento em busca de intercâmbios culturais em países no exterior com o objetivo de ganhar novos conhecimentos, experiências e assim chamar a atenção dos futuros empregadores.

E um dos países mais procurados por brasileiros é a Espanha, pois lá os intercambistas podem aprimorar o segundo idioma mais falado no mundo, o espanhol. Nos últimos anos a procura por intercâmbios para a Espanha disparou e hoje já são mais de seis milhões de brasileiros estudando por lá.

O aumento desse movimento certamente passa pelas facilidades proporcionadas pelos acordos firmados entre as universidades brasileiras e espanholas e pelos programas de intercâmbio.

Muitas instituições de ensino oferecem bolsas de estudos para esse período de capacitação no exterior, e muitos projetos incluem cursos de espanhol e cultura espanhola ou cursos em nível de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado.

E com as despesas pagas e auxílio financeiro para os custos do dia-a-dia na Espanha, essa pode ser a oportunidade dos sonhos para qualquer pessoa.

Universidades

Intercâmbio na Espanha

A qualidade do ensino é outro ponto importante que pesa para quem decide fazer um intercâmbio na Espanha, que possui excelentes universidades, algumas com muitos séculos de história.

De acordo com pesquisas divulgadas no ano de 2016, as melhores universidades da Espanha são:

Universidade de Barcelona

Fundada em 1450, oferece mais de 70 cursos de graduação, 320 de pós-graduação e 45 cursos de doutorado, além de muitas linhas de pesquisa. Isso tudo faz dessa a universidade a mais conceituada da Espanha. Possui diversos campus nos arredores da cidade.

Universidade Autônoma de Barcelona

Essa é uma universidade pública que também possui muito prestígio no país. São 87 opções de cursos de graduação, 300 cursos de mestrado, além dos cursos de pós-graduação e especializações. Muitos estrangeiros optam por essa instituição.

Universidade Autônoma de Madri

Criada em 1968, essa é a universidade pública mais importante de Madri, capital da Espanha. Oferece 44 cursos de graduação, 100 cursos de pós-graduação e mestrado e 24 doutorados. Essa universidade foi pioneira em trabalhos de ação solidária e cooperação.

Universidade Complutense de Madri

Essa universidade foi fundada em 1499 e cresceu muito desde então. Hoje oferece 80 cursos de graduação, 200 mestrados e pós-graduação e 45 cursos de doutorado. As premiações de alunos que passaram por esta universidade são importante sendo 7 prêmios Nobel, 18 prêmios Príncipe de Astúrias e 7 prêmios Miguel de Cervantes.

Universidade de Navarra

Outra importante universidade que conta com 70 cursos de graduação, 43 cursos de pós-graduação e 24 doutorados.

Em geral as universidades da Espanha oferecem a possibilidade de graduação em duas formações, ou seja, é possível estudar em dois cursos de nível superior ao mesmo tempo, desde que ambos sejam da mesma área de atuação.

Como ir para a Espanha

Intercâmbio na Espanha

Você pode escolher entre duas alternativas para fazer um intercâmbio na Espanha, a primeira é por conta própria e a segunda é utilizando os serviços de uma agência de viagens especializada em intercâmbios.

Na opção em que você irá resolver tudo sozinho, inclui colocar a mão na massa e buscar preços, comparar cidades, custo de vida, os cursos e universidades, e por fim enfrentar toda a papelada de inscrição no curso e pedido de autorização de visto de estudo, que permitirá que você resida no país pelo período do curso. Certamente você ficará mais por dentro de todas as facilidades e dificuldades do país e sentirá que participou mais da preparação do seu intercâmbio.

Mas se você quer evitar burocracia a melhor solução é encontrar uma boa agência de viagens que tenha experiência em intercâmbios. E essa escolha é muito pessoal, pois a melhor agência será aquela que se adequará ao perfil de intercâmbio que você deseja fazer. Existem intercâmbios de várias durações, com cursos e propósitos diferentes e você deverá escolher o melhor para você.

Custo de vida

Certamente morar na Europa pode ser bem caro, mas isso depende do país em que você escolhe viver. A Espanha é um dos países mais baratos para se morar na Europa, perdendo apenas para Portugal. É possível encontrar alugueis relativamente baratos em cidades menores e as despesas com alimentação, transporte e diversão também são mais em conta. As cidades de Madri e Barcelona normalmente são mais caras do que outras cidades menores, lembre-se disso.

Qualidade de vida

Intercâmbio na Espanha

Apesar de serem bastante trabalhadores, os espanhóis buscam manter uma boa qualidade de vida e equilibram bem a vida tranquila com o trabalho. Algumas cidades, por exemplo, levam muito a sério a hora da “Siesta” e as ruas ficam desertas nesse horário. Nas férias de verão também são encontrados muitos estabelecimentos fechados para as férias.

A Espanha é um país especialmente cultural, com muitos parques, museus, monumentos e patrimônios da humanidade, e é impossível não ser contagiado com todos os exemplos de arte e influência literária.

Algumas cidades oferecem vida noturna intensa, culinária do mundo todo e belíssimas praias com águas claras e transparentes. Em outras, você encontra montanhas nevadas, grandes centros urbanos. É um país para agradar qualquer gosto.

Dicas para economizar:

Intercâmbio na Espanha

  • Aproveite os cursos de espanhol que as universidades públicas oferecem durante o verão e o inverno, pois assim poderá economizar um pouco no curso específico do idioma.
  • Evite se matricular nos cursos de verão, pois sempre são mais caros.
  • Na Europa tudo é muito perto ou rápido de chegar com as viagens de trem ou avião (algumas tem custos bem baixos), então procure por cidades menores que oferecem menor custo de vida e você pode aproveitar a economia para conhecer o país.
  • Normalmente a moradia é a parte que consome mais o seu curto dinheiro de intercambista então é uma ótima ideia procurar por apartamentos compartilhados com outros estudantes.

E aí, gostou de conhecer um pouco mais sobre a Espanha e a chance de fazer intercâmbio nesse belo país? Conte para a gente o que você achou!

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta