Página Inicial Estudar Como encarar a volta depois de uma longa estadia no Canadá?

Como encarar a volta depois de uma longa estadia no Canadá?

Como encarar a volta depois de uma longa estadia no Canadá?

Esse é um tema complicado e delicado, pois existem basicamente 2 tipos de pessoas que ficam muito tempo fora. Os que fazem por opção e os que se propõem a fazer um curso de longa duração (por exemplo), mas que na verdade ficar o tempo todo foi difícil por problemas de adaptação.

Sim, tem gente que dá graças a Deus em voltar para o aconchego da família, a dormir na própria cama, rever os amigos, etc. Mesmo tendo ficado tanto tempo fora, aquela fase passou e agora finalmente está de volta. Mas eu arrisco a dizer que esse é o caso de uma minoria. A grande maioria, que faz planos de ficar um tempo prolongado, gosta e acaba tendo que voltar por motivos de força maior, ou até mesmo para tentar a vida novamente no Brasil, essas pessoas costumam enfrentar um grande choque cultural, ainda maior do que o choque cultural que tiveram quando foram para o Canadá. Isso acontece, muitas vezes, devido à capacidade de adaptação das pessoas, um dos fatores que os permitiu ficar tanto tempo fora. Justamente essa adaptabilidade pode se voltar contra essas pessoas no momento de voltar, pois, como diz o velho ditado, coisa boa à gente acostuma fácil. Pois é, o Canadá oferece tantas coisas boas que fica difícil readaptar ao Brasil, principalmente em termos de segurança, educação e respeito, coisas que são ainda mais percebidas quando tratamos de assuntos como impostos, dinheiro público, código de defesa ao consumidor e respeito mutuo entre as pessoas.

A meu ver (e senti isso na pele), esses foram os principais fatores que dificultaram a minha adaptação de volta ao Brasil, depois de quase 4 anos morando no Canadá.

Outro fator que muitas vezes pode acontecer é surpreender o viajante, é perceber que ficar muito tempo fora pode ter significado uma grande mudança no comportamento das pessoas mais próximas, pois, por mais que seja possível acompanhar os acontecimentos do dia-a-dia pela internet, as pessoas continuam com suas vidas e, muitas vezes, se acostumam a viver sem ter a presença de quem foi viajar e, tanto para o viajante quanto para quem ficou, é preciso um tempo para voltar a acostumar com a ideia de estar por perto. Claro que isso não é regra e não acontece com todos, mas acho interessante colocar isso, pois pode acontecer, assim como já vi acontecer.

Existem outros fatores que podem ocorrer, dependendo de como o viajante deixou sua situação no Brasil. Para aqueles que encerraram suas contas, não deixaram rastros e foram viver a vida em outro país, o retorno significa ter que começar TUDO de novo, incluindo crédito pessoal, histórico de conta em banco (muitas vezes solicitado para comprar ou alugar um imóvel, etc.).

Portanto, vai ai uma dica, para os que planejam passar muito tempo fora, mas que não tem certeza se vão voltar um dia certifique-se de deixar algo no Brasil que vá garantir um histórico de crédito pessoal, para não ter surpresas indevidas ao regressar.

COMPARTILHAR

30 COMENTÁRIOS

  1. Muito interessante as suas colocações. Realmente é um grande choque cultural quando uma pessoa que depois de morar 2 anos ou mais no Canadá e ter que voltar para um país como o Brasil. Eu senti e ainda sinto muito. E espero em breve retornar ao Canada e voltar a compartilhar uma cultura e uma qualidade de vida de primeiro mundo e onde o respeito a sociedade e os direitos institucionais são valorizados, inclusive a vida. Infelizmente os governantes brasileiros não sabem o que é isso e tampouco estão envolvidos em algum tipo de responsabilidade com a segurança pública, saúde pública, educação, respeito e com a dignidade. Estou querendo retornar ao Canada e estou aceitando propostas de trabalho na minha área de atuação ou afins através de contatos. Obrigado. Grand e abraço.

  2. oi wagner andrade, entendo muito bem o que disse com respeito a volta para o brasil depois de viver fora. estive 15 anos fora (USA), e nao aguento o brasil, gostaria de saber como é o canada de uma pessoa que ja viveu lá e qual a maneira mais rapida para poder viajar.
    obrigado pela atenção,
    abraço

    • Olá Warley, tudo bem?
      Existem no mínimo 3 formas de vc ir para o Canada, são elas:
      1- estudos
      2- trabalho
      3- imigrar
      As opções 2 e 3 são mais complexas, mas não impossíveis. Se quiser saber mais informações, me procure, posso tentar te ajudar. Abrs

      • Ola Rafael tudo bem, então eu estou a procura de trabalho no Canada, para aprofundar meus conhecimentos, sou tecnico em eletronica, tenho experiencia em iphone, e outras marcas de celular,e tambem pretendo estudar, se puder me dar algumas dicas ou saber de alguma oportunidade por favor me contate ok, um abraço, meu contato Whatsapp, (11) 98288-813, obrigada

  3. Ola
    pea que só hoje conheci seu site. Eu morei 8 anos em Londres, volei por força maior – não consegui renovar meu visto e minha readaptação foi muito ruim. Hoje já estou de volta há 4 anos, e ainda não consegui me recolocar no mercado de trabalho, já pensei em voltar, mas hoje prefiro ficar aqui perto da familia. Todo dinheiro que ajuntei la me ajudaram a me manter aqui estes 4 anos e agora já ta chegando ao fim, caso saiba de algo aqui no Brasil ou fora por favor me fale. Boa sorte a todos que voltam! abraço

  4. Ola Rafael, li sua matéria e achei interessante no que diz de readaptação a nossa terra, como vc diz é mais fácil se acostumar com coisas boas do que ao contrário. Então eu queria te perguntar em relação ao mercado de trabalho, eu sou engenheiro de saneamento e meio ambiente, vou para o Canada em novembro passar 1 mês estudando, será que consigo contatos em relação a minha área profissional por lá para tentar algo depois?
    Abraço

    • Olá Fábio, tudo bem?
      Sem querer te desanimar, mas acho difícil (não impossível) mas bastante complicado, em 1 mês vc mal terá tempo de conhecer pessoas influentes ou empresas que possam te oferecer alguma coisa ou se interessar por vc (sem menosprezar) é que o mercado de trabalho lá é tão competitivo quanto aqui. Se aqui no Brasil já é dificil conseguir um contato bom para trabalho em 1 mês (considerando que vc cresceu aqui e possui uma rede de amigos muito maior do que lá) imagine lá como isso vai ser dificil pra vc. Sem considerar que, o mundo de estudantes internacionais não é tão mesclado com o dos canadenses (a não ser que vc faça amizades com canadenses em baladas ou na rua, etc) mas isso é uma coisa que depende muito de vc e da sua capacidade de se comunicar. Enfim, com 1 mês eu não iria com muitas esperanças de conseguir algo (sendo bastante realista).
      Espero ter ajudado e não ter desmotivado muito hehe
      Abrs

  5. Olá, sou morador de Bauru interior de São Paulo, recentemente estou me formando em tecnologia mecatrônica pela FATEC faculdade de tecnologia, gostaria de saber se há grandes oportunidades na minha área no Canada, tratando se de empregos, lembrando que o grande motivo de querer sair do Brasil é por causa da violência e grandes fatores que influenciam, pois esta cada dia pior criar um filho neste pais onde tudo se paga, se possível gostaria de uma ajuda sua.

    • Olá Carlos, tudo bem?
      O mercado de trabalho lá é tão concorrido quanto aqui. Acho que antes mesmo de vc pensar em trabalhar, seria interessante pensar na adaptação e em quais fatores estão envolvidos na adaptação.
      Eu começaria pensando na capacidade de comunicação, ou seja, como vai o seu inglês ou francês?
      Outra coisa importante é ter em mente que é muito dificil vc simplesmente chegar em um país novo e já conseguir um trabalho na sua área. Tudo tem um tempo, e esse tempo é onde vc vai criar amizades, fazer conexões, etc. Podemos falar mais sobre as possibilidades se quiser. Me procure por email. rafael@nexusintercambio.com.br
      Ah! Por sinal, tem um aluno meu ai de Bauru que está estudando College lá em Vancouver agora =)
      Aguardo seu contato
      Abrs

  6. Acabei de lhe enviar um email, preciso d eum contato em Quebec ou alguma regiao que fale o frances, gostaria de ir par alà mais nao acho ninguem que possa ajudar … obrigada

  7. Boa tarde amigo, sou um profissional da área de TI(tecnologia da informação) sou pós-graduado na área e tenho certificação internacional na minha área também e mais de 4(quatro) anos de experiência, inglês intermediário,sou casado e tenho uma filha pequena, qual é a minha possibilidade real de sucesso no Canadá levando com conta esse meu histórico?

    • Olá Cleison,
      Levando em conta seu CV vc teria muita chance de sucesso, mas infelizmente neste momento sua profissão não se encontra na lista das profissões em demanda para imigração.
      Portanto, as únicas formas disponíveis para vc ir para o Canadá seriam ou uma oportunidade real de trabalho ou ir a estudos e depois ir traçando o caminho por lá.
      Conte comigo caso queira tirar mais dúvidas.
      Abrs

    • Olá Aline, tudo bem?
      Acesse o site da Nexus Intercâmbio (www.nexusintercambio.com.br) e vá na página de vistos. Ali vc vai encontrar alguns links que são os primeiros passos a se tomar para saber se tem o perfil exigido pelo governo canadense ou não.
      Eu sei que TI não está na lista de profissões em demanda, mas pode ser que fotografo tenha como colocar em uma das profissões relacionadas a artes. é preciso dar uma olhada na lista lá.
      Qualquer coisa entre em contato comigo.
      Abrs

    • Aline,

      A área de TI é uma das áreas com mais demanda no Canadá. Se seu marido for programador então… essa estatística praticamente dobra. Eu sou fotógrafo, mas não trabalho com isso por aqui, resolvi entra justamente na área de TI e voltei a estudar. Pra ele não será muito problema arrumar emprego por aqui, basta ajeitar o currículo e claro, ter o idioma em dia. Pois nessa área são as duas únicas coisas que reprovam o candidato.

      Achei alguns trampos de fotografia mas que pediam sempre possuir um carro. Outros eram em jornais e estes pediam além do equipamento próprio, ter um carro e também escrever as matérias, para tanto, vc precisava ser diplomado em jornalismo também. Sem contar o idioma.

    • E outra coisa… não caia nessa conversa de agência de intercâmbio. Quer imigrar? Vcs mesmo podem realizar todo o processo de imigração sem problema algum e sem pagar mais nada a ninguém. Vim pra cá dessa maneira e nao conheço NINGUÉM que tenha pago outrém para fazê-lo.

  8. Eu não fui para o Canada, fui para a Australia onde fiquei 4 anos e depois tive que voltar. É como voce disse, fica dificl readaptar ao Brasil, por causa da criminalidade, da corrupção, da falta da educacão. Me senti expulso do paraiso.

    • informações? Tenho dúvidas sobre agências, peguei alguns orçamentos e os valores variam muito entre eles, porém os mais altos são fora da minha condição e os mais baixos fico com dúvida da seriedade da agência e qualidade da escola! Resumindo, gostaria de estudar e trabalhar, pois só estudar durante os 6 meses seria pesado pra mim. Isso é possível no Canadá? Preciso tirar visto de estudante e trabalho? Qual o nível de inglês é necessário? Abraços.

  9. Concordo plenamente com o que você disse.
    Eu moro no Canadá há 27 (logo 28) anos,e me senti um turista quando vim para o Brasil visitar a minha familia,por exemplo. Você deixou bem claro,para os interessados,o que eles devem ter em mente quando forem para o Canadá.

  10. Gostei da matéria, mas gostaria de dicas sobre a readaptação na volta ao Brasil. Meu amigo retornou ao Brasil após morar 1 ano no Canadá, e o que ele mais tem reclamado é que as pessoas daqui pensam diferente, não há respeito na forma de tratamento entre as pessoas, há insegurança, o valor alto de tudo (restaurantes, supermercado, bares, etc), entre outros. Ele não tem vontade de sair, sempre fica em casa estudando, sai às vezes pra fazer passeios curtos e coisas que não gastam muito. Ele realmente não se sente à vontade mais aqui, tenho medo até dele entrar em depressão. O que você sugere pra começar essa readaptação?

Deixe uma resposta