Página Inicial Destino Américas Julho é sinônimo de férias…e dos Parques de Orlando

Julho é sinônimo de férias…e dos Parques de Orlando

Todos nós sabemos que Orlando é o destino preferido dos brasileiros que vão ao exterior pela primeira (ou milésima!) vez, seja em busca de diversão nos parques da região ou para dos preços super convidativos dos shoppings e outlets.

Como julho é mês de férias, nas próximas semanas vou contar pra vocês um pouco sobre os parques mais famosos do mundo, onde a diversão é nossa grande companheira. Vou começar com os parques da Universal: Universal Studios e Islands of Adventure.

Esses dois parques estão situados numa mesma área. Ao sair do estacionamento, a gente dá de cara com o City Walk, uma espécie de praça de alimentação comum a esses parques, com vários restaurantes, tais como Starbucks, Nascar Café, Bubba Gump e uma série de lanchonetes, além de lojas como a Billabong e a Universal Store. No fim da City Walk, podemos ver um enorme Hard Rock Café. Ao final dessa praça, ficam as entradas dos parques: à esquerda o Islands of Adventure e à direita o Universal Studios.

Universal Studios:

A intenção desse parque é juntar os segredos de um estúdio de cinema e a diversão de um parque temático, trazendo para o público toda a emoção dos filmes através de suas atrações. Então, além de se divertir nos brinquedos, também é possível ver como os filmes são feitos e, se tiver sorte, assistir a uma produção sendo realizada ao vivo. Cada  parte do parque faz parte de um cenário. É muito interessante andar por ruas famosas como a 5ª Avenida de Nova York estando em Orlando.

 No entanto, tivemos a impressão que o parque está um pouco obsoleto, principalmente quando comparado ao seu vizinho, o Islands of Adventure. Mas nem por isso, nosso passeio deixou de ser fantástico.

Durante nossa permanência em Orlando, foi noticiado que a Universal iria investir alguns milhões de dólares na modernização do seu parque na Flórida. Então, para os próximos anos, certamente teremos novidades.

Aqui estão algumas das atrações que fomos:

  • Terminator 2: 3-D: Battle Across Time: trata-se de um filme em 3D, incluindo bonecos animados, atores e efeitos especiais. Tudo começa numa antessala do teatro principal onde você assistirá um vídeo sobre os produtos de uma empresa denominada “Cyberdyne Systems”. A apresentação é interrompida pela atriz que interpreta o papel de Linda Hamilton no filme e informa ao público sobre a necessidade de destruir a “Cyberdyne” imediatamente, pois a humanidade corre perigo. Assim, após essa introdução, você é conduzido a um enorme teatro, já munido dos óculos 3D, onde assistirá ao filme propriamente dito. O grande atrativo dessa atração é o cinema 3D, tão comum nos dias de hoje em qualquer cidade do mundo. A atração perdeu o seu encanto.
  • Revenge of the Mummy: atração baseada no filme “A Múmia”. É uma montanha-russa no escuro, muito sofisticada e muito rápida, onde você será conduzido a uma aventura no antigo Egito. Enquanto aguardamos na fila, vamos passeando pelos cenários de filmagem do filme quando – de repente – a fantasia se torna realidade. Os efeitos visuais são impressionantes, com bonecos animados, catacumbas egípcias e a própria Múmia com movimentos extremamente reais. Um dos pontos altos da montanha-russa é quando nos encontramos numa sala fechada e o teto pega fogo, literalmente. Atração imperdível. Fomos duas vezes.
  • Twister – Ride it Out: atração baseada no filme Twister, onde a intenção é levar os visitantes para dentro do filme. Durante o pré-show, a gente assiste a vários vídeos sobre furacões, depois entramos em uma área muito bem decorada que como se fosse uma moradia antiga destruída por um furação e finalmente somos levados até um teatro onde podemos experimentar os terríveis efeitos causados por um furacão. Os efeitos especiais apresentados chegam a ser infantis e muito obsoletos.
  • Hollywood Rip Ride Rockit: uma moderníssima montanha-russa que oferece uma experiência única aos visitantes. Cada assento conta com alto falantes individuais que permitem que você ouça a música escolhida, sem qualquer interferência do som reproduzidos nos demais assentos. Os gêneros são: Classic Rock/Metal, Rap/Hip-Hop, Club/Electronica, Pop/Disco ou Country. O percurso dessa fantástica montanha-russa inclui três manobras que jamais foram feitas anteriormente: um “loop” em que o visitante não fica de cabeça para baixo, uma parte na qual os trilhos formam uma clave de sol, e uma terceira manobra com curvas espiraladas. Sem falar na subida, logo de cara, em 90º.

  • Shrek 4-D: mistura um filme de animação em 3D com efeitos especiais que transportam os visitantes para dentro de um aventura com todos os personagens de Shrek. Essa atração sofre do mesmo problema do Terminator: está ultrapassada. Indicada para os fãs do monstro.
  • Jaws: atração clássica da Universal Orlando baseada no filme “Tubarão” de Steven Spielberg onde os visitantes do parque são convidados a subirem em um bote para um passeio pelas águas onde se esconde o personagem principal da atração. Você vai levar vários sustos, pois nunca se sabe de onde o tubarão pode aparecer. São utilizados muitos efeitos especiais, inúmeras explosões, tiros e algum suspense. O desempenho dos funcionários também precisa ser enaltecido, pois boa parte da emoção do passeio depende de sua interpretação. Vale a pena por ser um clássico.
  • E.T. Adventure: a atração é baseada no famoso filme de Steven Spielberg: E.T. – 0 extraterrestre. A gente entra por um corredor onde é preciso informar o seu nome a um funcionário. Depois, passamos por um dos cenários do filme – uma floresta muito bem ambientada. Por fim, subimos num carrinho no formato de bicicletas (incluindo o E.T. na cestinha) que nos leva por inúmeras cenas do filme. A surpresa fica no final da atração,  quando estamos próximos da área de desembarque, podemos ouvir o E.T. despedindo-se e pronunciando nosso nome (que informamos no início da atração). Apesar de não ser uma atração nova, não deixe de visitar.
  • Men in Black Alien Attack: aqui os visitantes de Universal Studios são convidados a participarem de uma aventura interativa na qual deverão exterminar alienígenas. Durante o passeio, você é conduzido em veículo estranho equipado com pistolas lasers que devem ser utilizadas para acertar os extraterrestres escondidos pelos cenários. Bom pra quem gosta de vídeo-game.
  • The Simpsons Ride: a estória começa com uma visita dos Simpsons ao parque Krustyland. Logo durante o pré-show, podemos observar que tratar-se de um parque muito mal feito pelo Krusty – o palhaço. O simulador é um veículo com capacidade para 8 pessoas que nos conduz ao longo de várias situações emocionantes, como numa montanha-russa que começa a se desfazer e o veiculo vai caindo até parar nas mãos de Maggie, um bebê que tenta colocá-lo na boca. Risada e diversão garantida. Um dos nossos favoritos, com certeza.

Islands of Adventure

O Islands of Adventure segue na mesma linha do Universal, mas agora, ao invés de filmes, está mais focado dos personagens de desenhos como Bety Boop, Pica Pau, Popeye e personagens de quadrinhos tais como Homem-aranha e os X- Men, dentre outros.

Por ser mais novo, suas atrações são bem mais interessantes. Todas as atrações do parque são excelentes, até mesmo a área infantil é uma delícia.

Sem dúvida alguma, esse foi nosso parque preferido.

  • The Incredible Hulk Coaster: a entrada da Hulk é como um laboratório de pesquisas. Há televisores com cenas do desenho do personagem que vai nos contando uma história de como tudo começou. Uma ambientação perfeita para a aventura que se segue. Você nem nota o tempo passar, quando finalmente, se depara com o carrinho da montanha-russa. Logo após a saída, ainda em velocidade reduzida e num ambiente escuro, ouve-se um chamado “Are you ready?”. Depois, uma contagem regressiva “three…..two……one” e o carrinho é lançado a uma velocidade incrível à luz do sol. Em seguida, vem uma sequência eletrizante de loops, voltas sobre o próprio eixo, subidas e descidas emocionantes. O percurso é curto, mas a sensação provocada pelas manobras radicais é inesquecível.

  • The Amazing Adventures of Spider-Man: é um simulador que nos leva para dentro de uma aventura junto com o Homem-Aranha e alguns vilões da série. Na entrada, a gente passa por alguns ambientes clássicos do desenho (ou filme) como a casa do Peter Parker e a redação do jornal. Fique atento aos detalhes, são impressionantes!!! Por causa dos efeitos 3D, você tem a nítida impressão que os vilões saltam da tela para dentro do seu carrinho, bem à sua frente. O carrinho é bastante sofisticado e sacode bastante para dar aos visitantes a sensação de que estão, de fato, interagindo com os personagens. Confesso que gritei muito e saí de lá meio assustada com tanto personagem feio (os vilões). Mas foi um barato!!!
  • Popeye & Bluto’s Bilge-Rat Barge: um bote gigante com cadeiras “de madeira” que flutua num rio, onde Popeye tem que salvar a pobre Olívia do malvado Brutus. Ao longo do caminho estão distribuídos alguns canhões d’água que servem para que os visitantes que estão em terra acertem aqueles que participam da atração. A gente sai encharcado, mas é muito gostoso.
  • Dudley Do-Right’s Ripsaw Falls: um passeio a bordo de um barquinho passando por vários cenários dos desenhos animados encerrando o seu passeio numa grande queda e, ao final,  passamos por dentro de um túnel. Muito legal!!
  • Harry Potter and the Forbidden Journey: É uma atração que associa um enredo envolvente a recursos tecnológicos inovadores, possibilitando uma experiência indescritível aos visitantes. É como se estivéssemos dentro do filme, passando por cenários conhecidos como as masmorras, o salão Comunal, a sala da Grifinória, a entrada da sala do Prof. Dumbledore, entre outros. Hermione é quem nos prepara para essa aventura, lançando sobre nossas cabeças um feitiço. E aí vem a parte mais emocionante do brinquedo: um simulador, onde a gente joga quabribol, escapa de dragões e dementadores, passeia pelos arredores do castelo e entra em uma gruta cheia de aranhas. Ao ser resgatado por Harry Potter, somos ovacionados por todos os demais alunos. Uma emoção e tanto.
  • Flight of the Hippogriff: montanha-russa leve e muito gostosinha, feita para os menores. Mas o interessante, é que ela está localizada na área de Hosgmeade, a famosa vila dos livros/filmes da série. Possui várias lojas como a Dedosdemel e Olivaras, além de carrinhos que vendem o refrescante Suco de Abóbora e a Cerveja Amanteigada. A riqueza dos detalhes desse cantinho do parque é impressionante e não deixa nada a desejar aos fãs mais atentos.

Há algumas outras atrações no parque, algumas voltadas para as crianças menores, como a Seuss Landing; e outras para os adultos, como Lost Continent. No entanto, devido ao forte calor que fez no dia em que visitamos este parque, minha cunhada e minha enteada sentiram-se mal e tivemos que voltar para hotel. Mas, mesmo em momentos complicados, podemos aprender alguma coisa e nesse dia constatamos que a hidratação em Orlando é fundamental para que se consiga aproveitar tudo o que os parques têm a oferecer.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta