Página Inicial Destino Américas Bogotá – Um guia prático para conhecer a grande Bogotá

Bogotá – Um guia prático para conhecer a grande Bogotá

Bogotá - Um guia prático para conhecer a grande Bogotá
Foto: Gabriela Sant' Anna

Hoje vamos falar sobre Bogotá elaboramos especialmente para você um guia prático para conhecer a grande Bogotá.

A Colômbia está entre os países mais visitados pelos brasileiros. Um dos motivos para isso fica por conta da cultura e do próprio povo colombiano, que por uma série de razões, lembra e muito o povo brasileiro.

Se o seu próximo destino é a Colômbia, muito provavelmente sua primeira parada será em Bogotá, capital da Colômbia. Seja numa escala longa ou como destino final, Bogotá merece tem muitos atrativos interessantes que farão você se apaixonar pela cidade. É a maior cidade colombiana, com mais de 8 milhões de habitantes, por ser a capital você encontrará de tudo em Bogotá. É um grande centro urbano como São Paulo, Rio de Janeiro e outras grandes metrópoles.

O passado sangrento pintado pelo narcotráfico já é história na Colômbia e não faz mais parte da atualidade. O tráfico de drogas não acabou, é claro, mas o clima nas ruas de Bogotá não é mais de insegurança.

Se você está pensando em visitar a Colômbia, além de Bogotá, provavelmente incluirá em seu roteiro destinos de praia como Cartagena e San Andres. Não se engane, ao escolher as roupas, também prepare um casaco. Bogotá está bem no centro da Colômbia, a 2.640 metros do nível do mar e apresenta temperatura média anual em torno de 15ºC. O mês mais quente, por exemplo, é o mês de fevereiro, com temperatura média em torno de 20ºC.

Malas feitas, é hora de preparar o seu roteiro. Mesmo que você tenha pouco tempo, os principais pontos turísticos da capital colombiana podem ser conhecidos em quatro ou cinco dias facilmente.

Qual é a moeda colombiana?

Bogotá - Um guia prático para conhecer a grande BogotáNão se assuste com a casa de milhares da moeda colombiana. 1 real equivale a aproximadamente 921,05 COPs (em 01 de julho de 2017). O peso colombiano não é uma moeda fácil de encontrar no Brasil. Quando encontrada, o câmbio na maioria das vezes não é vantajoso. O ideal é levar dólares e o cartão do seu banco para sacar dinheiro caso não leve o suficiente.

Como chegar em Bogotá?

Bogotá - Um guia prático para conhecer a grande Bogotá

Bogotá recebe voos diretos do Brasil pela Avianca, Copa e Latam Airlines. O valor das passagens gira em torno de R$700 a R$1.300 incluindo taxas. O aeroporto internacional é o El Dorado Luis Carlos Galán Sarmiento e é bem confortável e recheado de lojas.

Se você já está em alguma cidade colombiana como Cali, Medelin, Cartagena ou Santa Marta, pode optar pelos voos da companhia aérea low-cost Viva Colombia ou pegar um ônibus para Bogotá. As três principais companhias colombianas de transporte de ônibus para viagens de longa duração são a Expresso Bolivariano, Expresso Brasilia e Rápido Ochoa. Ainda assim, acredito que os voos da Viva Colombia são a melhor opção e muitas vezes o valor não é tão mais alto que os do ônibus. Uma viagem de Cartagena a Bogotá, por exemplo, custa cerca de 60.000 COPs (R$65).

Saindo do Aeroporto de Bogotá

Existem várias opções para sair do aeroporto El Dorado. O centro de Bogotá fica localizado a 15 km do aeroporto, que é conectado a cidade pela avenida de mesmo nome que o aeroporto.

A maneira mais prática e confortável é por táxi. No terminal 2 do aeroporto você encontrará o guichê de táxis oficiais autorizados. Neste guichê você deverá informar seu destino final. Até o centro de Bogotá a tarifa gira em torno de 25.000COPs (cerca de R$27).

Já se você é do time dos econômicos que não medem esforços para utilizar o transporte público local, fique tranquilo, você tem duas opções de ônibus para deixar o aeroporto: convencional ou expresso.

Saindo pela entrada principal do aeroporto você avistará o ponto de ônibus convencional. As hospedagens geralmente ficam localizadas na Candelária, mas atenção, se quiser ir para este bairro você deve pegar o ônibus na direção “Germania” para chegar na Candelária. O valor do bilhete de ônibus é de 1.500COPs (aproximadamente R$1,60).

O ônibus expresso pertence ao sistema de transporte Transmilenio, que é uma malha de ônibus que integra a cidade de Bogotá com uma via expressa exclusiva para este ônibus. Para chegar ao centro você deverá descer na estação Portal El Dorado e de lá fazer baldeação para seu destino final. O valor do ticket Transmilenio é de 2.000COPs (cerca de R$2,10).

Onde ficar em Bogotá?

Bogotá - Um guia prático para conhecer a grande BogotáEscolher o bairro ideal para se hospedar depende também do seu objetivo na viagem. Quer ficar perto dos pontos turísticos? Prefere um bairro mais sossegado longe da badalação? Essas são algumas perguntas que devem ser feitas antes da decisão final.

Em Bogotá isso não é diferente. A cidade possui basicamente duas áreas onde ficam os principais hotéis, pousadas e hostels: a Candelária, onde ficam as principais atrações e também a parte histórica de Bogotá, e a Zona Norte – Chapinero, que é a parte mais moderna de Bogotá, com muitos bares, baladas e cafés.

Dicas de hospedagem na Candelária

A vantagem de ficar na Candelária é que a região, por ser próxima das principais atrações, tem também a maior oferta de hostels. Os mais bem avaliados no Booking são: Fernweh Photography Hostel, Bo Go Hostel, Local Hostel, Casa Bellavista Hostel e Zohar Hostel.

Dicas de hospedagem em Chapinero

Chapinero é para quem quer curtir a vida noturna de Bogotá. A região também apresenta uma boa quantidade de hospedagens. Algumas das melhores avaliações vão para o Aurora Hostel, Top Tours Accomodations, 12:12 Hostels e Republica Hostel Bogotá.

Onde Comer em Bogotá?

A culinária colombiana tem a herança andina e caribenha. Com sabores marcantes e ao mesmo tempo refrescante, os pratos típicos colombianos são regados a coco, bananas e frutos do mar.

Além da culinária típica, Bogotá é bem servida de diversas cozinhas: francesa, mexicana, italiana, entre outras. Opções não faltam e para todos os bolsos.

La Puerta Falsa: é o restaurante mais antigo de Bogotá. Só por isso já vale a visita. A culinária é bem típica. São mais de 200 anos de história que “La Puerta Falsa” tem para contar. Peça de entrada o ajiaco (sopa de batata com galinha e milho bem típica da cidade).

El Bandido Bistro: culinária francesa muito disputada. É preciso reservar para jantar no El Bandido.

Crepes & Waffles: Bom, bonito e barato nunca se encaixou tão perfeitamente. Apesar de ser uma franquia, o Crepes & Waffles é muito bom no que faz, tanto com crepes típicos, como tradicionais. Além de tudo os preços são atraentes. Você pode fazer um bom almoço por 15.000COPs.

Doña Elvira: Mais comida tímida. Desta vez a culinária é criolla. Fundado em 1934 na região de Chapinero, os pratos da casa variam em torno de 25.000COPs.

Andrés Carne de Res: Quem busca comer uma carne de ótima qualidade e ainda um pouco de badalação, não pode deixar de vir ao Andres. É considerado um dos 50 melhores restaurantes de toda a América Latina.

Juan Valdez: Não há apenas um endereço do Juan Valdez, mas vários. O Juan Valdez é uma franquia de cafeterias da Colômbia, que é conhecida por ter o melhor café do mundo.

Comer na rua: Experimente a comida de rua: patacones, chips de banana e as imperdíveis Arepas, uma espécie de panqueca de milho que é muito consumida em toda Colômbia.

O que você não pode deixar de ver em Bogotá?

Bogotá - Um guia prático para conhecer a grande Bogotá
Foto: Gabriela Sant’ Anna

Cerro de Monserrate: Trata-se de uma das montanhas mais altas de Bogotá, com uma vista imperdível da cidade. O cerro faz parte da Cordilheira Oriental que integra a Cordilheira dos Andes. Para chegar lá basta pegar o Transmilenio até a estação Museo del Oro. Da estação você pode pegar um táxi ou caminhar não mais 20 minutos até a entrada da estação para subir o Cerro. A partir daqui você deve escolher se vai subir de teleférico ou de funicular.

O valor para subir o Cerro de dia de ambas formas é 19.000COPs (R$20), de noite 20.000COPs (R$21).

Bogotá - Um guia prático para conhecer a grande Bogotá
Foto: Gabriela Sant’ Anna

Museu Botero: Depois de visitar o Cerro Monserrate, pela proximidade minha dica é aproveitar as ruas do Bairro da Candelária. Lá você passará por diversos museus, entre eles, o imperdível Museu Botero. O museu conta com mais de 180 obras do pintor colombiano Fernando Botero, que ficou mundialmente conhecido pelos personagens com formas bem rotundas de suas obras.
A entrada não tem custo.

Bogotá - Um guia prático para conhecer a grande Bogotá
Foto: Gabriela Sant’ Anna

Catedral de Sal de Zipaquirá: A Catedral de Sal não está propriamente localizada em Bogotá, mas a 50km de lá e merece sua visita. É bem fácil chegar lá: você vai pegar o Transmilenio até o Portal Norte e de lá pegar um ônibus para Zipaquirá. Os ônibus saem regularmente de 10 em 10 minutos e a passagem custa 4.800 COPs. A Catedral fica a cerca de 200 metros abaixo da terra onde antes eram as minas de sal da região.
O valor de entrada é 50.000COPs (R$54).

Curta a noite no Theatron: O Theatron é a maior balada da América Latina. São 13 ambientes que tocam estilos musicais para todos os gostos. Endereço: Calle 58 #10-32, Bogotá

Anotou as dicas? Agora é ficar de olho nas passagens aéreas e se jogar no contagiante ritmo colombiano de muitas cores e contrastes.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta