Bolsa de estudo no Canadá

Jovens recém-formados, em sua maioria, decepcionados com a falta de oportunidades de emprego no país engrossam as estatísticas dos brasileiros que migram para o exterior em busca de melhor qualidade de vida e realização profissional. Ocorre que, fora do país, são poucos os que conseguem atuar em sua área de formação por conta do perfil das vagas destinadas aos estrangeiros, quase sempre restritas a serviços como: baby-sitter, garçom, barman, etc.

Há, porém, uma novidade para quem pretende alçar voos mais altos fora do Brasil


sem abandonar a carreira escolhida ainda em terras brasileiras. O Canadá é um dos países que oferece aos estrangeiros a chance de encontrar oportunidades de emprego em sua área de formação, além de oferecer a qualidade de vida de um país que tem um dos menores índices de criminalidade do mundo.

A província do Quebec, por exemplo, é um dos destinos promissores para estrangeiros que querem fazer a vida no Canadá. Segundo a agente de imigração do Escritório de Imigração de Quebec

em Buenos Aires, Soraia Tandel, graças a uma economia que cresce mais do que a população local e, portanto, à falta de mão-de-obra qualificada, há uma política para buscar profissionais estrangeiros a fim de garantir a continuidade de seu crescimento. Mas não é só a necessidade de bons profissionais que faz com que Quebec venha abrindo suas portas para os estrangeiros. Segundo Soraia, há uma valorização muito forte da multiculturalidade na região. Os canadenses que vivem em Quebec não só a consideram importante, como viabilizam o acesso de outras culturas à província.Quem pode ir?O perfil desejado dos candidatos estrangeiros são profissionais que falem francês ou demonstrem interesse em aprender a língua oficial

em Quebec. Para quem ainda não fala francês fluente, o governo oferece um curso de mil horas do idioma. O objetivo é viabilizar a ida do candidato ao país, além de garantir condições para que ele exerça sua profissão com qualidade.Jovens até 35 anos de idade têm mais chance de conquistar uma colocação em Quebec, especialmente se apresentarem experiência profissional prévia em sua área de formação. “Jovens que exerceram sua profissão no Brasil e migram para o Quebec têm ótimas chances de conquistar uma colocação profissional na área”, diz.A contratação dos estrangeiros é feita assim que eles chegam ao país. Ainda desempregados, os candidatos chegam a Quebec e lá mesmo recebem orientações do ministério da imigração sobre onde buscar emprego de acordo com seu perfil profissional. O processo, no entanto, tende a ser rápido. “O ministério é quem dá toda a assistência na área de Recursos Humanos. A ajuda vai desde a criação do currículo e a carta de apresentação até seu envio para a disputa de uma vaga”, explica a agente de imigração.

Segundo Soraia, Quebec oferece boas oportunidades de trabalho para todas as áreas do conhecimento, tendo um número maior de ofertas para dentistas, engenheiros, matemáticos, químicos e assistentes sociais, esta última, área pouco promissora no Brasil. Para se ter uma ideia, um dentista pode ganhar cerca de US$ 100 mil dólares por ano, já os profissionais de Engenharia chegam a receber US$ 55 mil dólares por ano.

Quem tem medo da adaptação pode ficar tranquilo, embora estar em um país diferente gere uma série de inseguranças, Soraia destaca que o povo canadense da província de Quebec é muito receptivo, especialmente com brasileiros. “Os brasileiros têm fama de serem trabalhadores, além de muito simpáticos, por isso são muito queridos em Quebec”, ressalta.

O frio pode atrapalhar um pouco os brasileiros recém-chegados. No inverno, as temperaturas podem chegar a – 20Cº. No entanto, tanto as casas, escritórios como estações e trens de metrô e até mesmo os ônibus possuem calefação para garantir um clima mais ameno do que nas ruas de Quebec. “A cidade é completamente preparada para o frio, ninguém precisa se assustar achando que não vai conseguir se adaptar ao clima”, lembra Soraia. Ainda assim, a agente de imigração que é brasileira e migrou para o Canadá por meio do programa de imigração de Quebec, conta que os dias são bem ensolarados e qualquer brasileiro pode se dar muito bem por lá. “Eu sou a prova viva de que dá certo”, brinca.

É importante destacar que, após três anos no Canadá, o profissional pode requerer cidadania do país. Não é preciso abdicar dos direitos de cidadão brasileiro, somente entrar com pedido para obter dupla cidadania. “É outra vantagem de vir trabalhar no país”, reforça a agente de imigração.

Quem ficou interessado pode obter mais informações sobre trabalho no Canadá conferindo as palestras a serem realizadas no Brasil pelo escritório de imigração de Quebec. No final do mês de agosto e começo do mês de setembro, ocorrerão diversas palestras nas principais capitais brasileiras, entre elas: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte. Para participar o candidato deve acessar o site do Escritório de Imigração de Quebec

em Buenos Aires www.imigracao-quebec.ca e efetuar sua inscrição.Oportunidades de estudo no Canadá. Quem pretende investir em um intercâmbio e ou mesmo em uma graduação no Canadá também pode se preparar e conferir boas oportunidades na Educanadá, feira de intercâmbio que será realizada em diferentes capitais do Brasil entre os dias 15 e 22 de setembro. A feira trará especialistas no sistema educacional canadense, além de representações das principais escolas, universidades e centro de ensino de idiomas do Canadá para contar como é a vida de um estudante naquele país.

A polícia federal e o consulado canadense também participarão do evento auxiliando o público com informações sobre como migrar legalmente para o país. Além disso, agências de intercâmbio terão stands a sua disposição para auxiliá-lo com informações sobre matrícula e acomodação no Canadá. Para saber mais sobre a feira acesse o site www.educanada.com.br. A entrada é franca.

Vale lembrar que se você mantiver vínculo com alguma universidade brasileira, tanto na graduação como na pós-graduação, vale procurar o departamento de relações internacionais de sua instituição e verificar se há algum convênio com alguma instituição de Ensino Superior canadense. Muitas instituições mantêm acordos para graduação sanduíche, em que o estudante começa a estudar aqui e pode concluir parte de seus estudos no exterior. Além disso, há convênios dos departamentos de pós-graduação das universidades brasileiras que propiciam a oportunidade de realizar estudos em outros países.

Bolsas de estudo no Canadá

Agências de fomento à pesquisa como CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) oferecem bolsas de estudo para estudantes ligados a programas de pós-graduação que estejam interessados em obter uma experiência internacional. Vale consultar os calendários sobre cada uma das modalidades de bolsas disponíveis e descobrir se alguma delas se enquadra no seu perfil e contempla estudos em instituições de Ensino Superior canadenses.

O governo do Canadá também oferece programas de bolsas para estrangeiros. Todo ano, são contemplados de dez a quinze candidatos pelos programas. Este ano, as inscrições já estão abertas e seguem até o dia 16 de novembro de 2007 (sendo essa a data limite para o envio, comprovada pelo carimbo dos Correios).

Vale lembrar que, independente do programa escolhido, os candidatos interessados devem ter proficiência em inglês ou francês. Todo o dossiê deverá ser apresentado em francês ou inglês – e deverá ser enviado à Embaixada do Canadá em Brasília aos cuidados de:

Luiz Miguel da Rocha
Academic Relations Officer
Canadian Embassy
Caixa Postal 341
70359-970 Brasilia D.F.
Tel.: (61) 3424-5400, ext. 3265
Fax: (61) 3424-5490
E-mail: luiz-miguel.rocha@international.gc.ca

Ao todo, há três tipos de auxílios, dos quais brasileiros interessados em estudar e desenvolver pesquisas naquele país podem participar. Das oportunidades, duas delas são destinados a docentes – sendo uma destas também para pesquisadores – e outra para doutorandos.

  • Bolsas para docentes

A proposta do programa Faculty Enrichment/Bourses de Complément de Spécialisation é oferecer oportunidade de visita ao Canadá por período máximo de quatro semanas a docentes de instituições de ensino superior brasileiras interessados em desenvolver cursos com conteúdo canadense. Esta visita de estudos, dirigida à área de interesse do docente, visa proporcionar oportunidade de aprofundamento de contatos com docentes e universidades canadenses e efetiva coleta de subsídios e bibliografia necessários ao desenvolvimento de cursos já existentes, ou em fase de organização, e que portem pelo menos 50% de conteúdo canadense.

Podem se inscrever professores de universidades brasileiras públicas ou privadas que sejam credenciadas pelo MEC (Ministério da Educação) e que estejam interessados em desenvolver cursos com conteúdo canadense. A duração máxima da visita é de quatro semanas. Entre os pré-requisitos é necessário: ter um vínculo formal com uma instituição de ensino superior brasileira; estar dando aulas ou preparando novo curso com pelo menos 50% da temática relativa a conteúdos relacionados ao Canadá; ter seu projeto endossado pela universidade na qual é docente; e ter proficiência em inglês ou francês.

  • Bolsas para docentes e pesquisadores

O objetivo do programa Faculty Research Program/Bourses de Recherche Brésil é oferecer oportunidade de visita ao Canadá, por período máximo de quatro semanas, a docentes e pesquisadores de universidades brasileiras que possuam ao menos mestrado e estejam interessados em realizar pesquisa sobre o Canadá, ou sobre aspectos das relações bilaterais com o Brasil. A visita tem como finalidade aumentar o conhecimento sobre o Canadá por meio da publicação de artigos e trabalhos em editoras brasileiras e estrangeiras (em alguns casos, o programa pode viabilizar recursos para pesquisas realizadas no Brasil).

Podem solicitar a bolsa professores e pesquisadores de instituições de ensino superior públicas ou privadas, credenciadas pelo MEC (Ministério da Educação), que estejam interessados em realizar pesquisas sobre o Canadá. A duração máxima da visita é de quatro semanas. Entre os pré-requisitos é necessário: ter um vínculo formal com uma instituição de ensino superior brasileira; possuir no mínimo mestrado; e ter proficiência em inglês ou francês.

  • Bolsas para doutorandos

A proposta básica do programa Governor General Award/Bourse du Gouverneue Général é oferecer oportunidade de visita a doutorandos de universidades brasileiras, por período máximo de oito meses, para desenvolvimento de pesquisa de tese no Canadá. A tese proposta deve estar vinculada à temática canadense e o candidato deve responsabilizar-se pela identificação de um orientador no país de destino.

Podem solicitar a bolsa doutorandos brasileiros (ou estrangeiros com residência legal no Brasil) cuja tese já tenha sido aprovada e que já tenham começado sua pesquisa em alguma instituição de ensino superior brasileira reconhecida. As bolsas servirão para o desenvolvimento de pesquisa no Canadá como complementação do doutorado que está sendo realizado no Brasil que aborda temáticas relativas àquele país da América do Norte. Entre os pré-requisitos é necessário: ser doutorando em uma instituição de ensino superior brasileira credenciada pelo MEC e ter proficiência em inglês ou francês.

Informações detalhadas sobre cada um dos programas de bolsa, bem como os formulários de inscrição encontram-se disponíveis no site da Embaixada do Canadá no Brasil www.brasil.gc.ca .

SERVIÇO

Imigração em Quebec

Para participar do processo de inscrição para imigração em Quebec o candidato deve acessar o site do Escritório de Imigração de Quebec

em Buenos Aires www.imigracao-quebec.ca, obter mais informações e efetuar sua inscrição.Estudos no Canadá

Para saber mais sobre a feira acesse o site www.educanada.com.br.

Bolsas no Canadá

Para obter mais informações ou esclarecer dúvidas, favor contatar:
Assessoria para Assuntos de Educação e Diplomacia Pública
Embaixada do Canadá
E-mail: academic.bsb@international.gc.ca ou academique.bsb@international.gc.ca
Tel. (61) 3424-5400 R: 3265 ou 3261

Informações detalhadas sobre cada um dos programas de bolsa, bem como os formulários de inscrição encontram-se disponíveis no site da Embaixada do Canadá no Brasil www.brasil.gc.ca .

Categoria: Estudar

Tags: , , , ,

Matérias relacionadas:



Esta matéria foi escrita por:

- que escreveu 616 artigos para o Sair do Brasil.

Olá, Sou fundadora do site Sair do Brasil!, administradora por formação e apaixonada por vários Países os quais procuro passar informações aqui no "Sair" . Espero que gostem de minhas publicações!

45 Respostas para “Bolsa de estudo no Canadá”

  1. Olá Chamo-me Rogério Alberto Sampaio e Melo, aluno de 11ª classe sou de familia pobre não tenho meios para estudar fiz a 11ª desde 2001/2002.

    neste momento quero uma bolsa de lingua francês, Espanhol e Inglês para poder pelo meno um formação linguistico, a fim de poder trabalhar numa empresa privada do meu pais, sou orfão de pai e mãe tenho cinco(5) irmãos zinhos para sustentar.

  2. sofia mario assura disse:

    Sou Moçambicana, licenciada em Psicologia. Gostaria de fazer mestrado em qualquer area E não tenho meios para tal. Com isso procuro BOLSA de ESTUDO. E em caso de ser possível, eu estou preparado em fazer nas seguintes líguas: português (falo e escrevo), inglês (falo e escrevo) e francês (entendo e falo razoavelmente). Na questão de lugar pode ser em Moçambique ou em qualquer país onde se fala estas línguas que mensionei. Tambêm não tenho problema de aprender novas línguas, sou flexive nisto, desde de que seja no lugar onde se fala a língua.

  3. eves disse:

    Olá Tatiane. valiosas dicas as suas. estou buscando informações sobre o canadá a respeito de estudo e trabalho, mas não encontro quem me informe direito. acho q preciso de alguém com experiência. todas as informações que me dão são muito genéricas…tem bolsa de mestrado na área de direito também? é difícil encontrar emprego? minha ideia era fazer mestrado e trabalhar ao mesmo tempo. any hope for me?

  4. ROSANE disse:

    olá! meu nome é rosane sou de família pobre e morro e vontade de studar medicina fora do país pois no meu pais é muito dificil entra em uma faculdade de medicina será que eu tenho alguma chance

  5. ROSANE disse:

    GOSTARI DE SABER SE TEM COMO EU ESTUDAR FORA DO PAÍS SEM GASTAR NADA DO MEU BOLSO SE TEM COMO A UNIVERSIDADE PAGA TUDO

  6. ola gente, eu sou sergio de 22 anos de idade,sou mocambicano e nasci duma familia completamente pobre.por tanto,sou unico da familia com nivel medio feito e encontro-me neste momento sentado por falta de condicoes financeiras para pargar a propina na faculdade.os meus cursos favoritos sao:advocacia,engenharia electronica,turismo, jornalismo e ingles.sera que existe alguem que pede me ajudar pr favor?, caso exista, o meu email e:luis.sergio13@yahoo.com. Aguardo a vossa resposta atentamente

  7. karina disse:

    Queria saber quem sai do brasil pode estudar la fazendo pos-graduacao;

  8. Athenas Vrona disse:

    Tenho 25 anos,recém formada em Serviço Social, pós-graduando em educação ambietal prcuro uma oportunidade para mestrado em direito ambiental .

  9. Gilvaneide disse:

    gostria mto de estudar no Canadá nao por futilidade mas por necessidade.Se alguem puder me ajudar eu agradço mto em nome de Jesus

    • Tatiane Dias disse:

      Olá Gilvaneide, tudo bem?

      Dá uma olhadinha nesse nosso outro site, lá temos informações só sobre o Canadá – Canadá Brasileiro

  10. JUCILEI ALVES disse:

    sou graduado em ciências contábeis pela Univesidade Federal do Espirito Santo
    e gostaria de saber como é o processo de seleção para mestrado no Canadá ?

  11. MARINEIA disse:

    Sou Administradora Financeira recém-formada, mais sem experiência ainda na área, pois ainda não tive oportunidade. Lhe pergunto quais oportunidades que terei quando for para o Canadá com curriculum constando só estágios que exerci nas empresas fazendo serviços administrativos,terei alguma chance de arrumar emprego no país?

  12. Alan Paulo disse:

    Boa noite, estou iniciando na faculdade de logística, e gostaria de saber sobre oportunidades tanto da área de logística quanto da área de Administração no Canadá.
    Obrigado.

  13. fernando salum disse:

    sou fernando salum faço a faculdade no brasil mas nao tenho ajuda de ninguem para sustentar os meus estudos por isso preciso de uma pessoa de boa vontade para me ajudar nem se for num emprego para que eu possa pagar os meus estudos.queria tambem estudar na canada se aver uma pessoa que pode me ajudar pelo amor de deus que faça isso para mim porque hoje em dia um jovem no mundo sem formaçao ele nao e nada por isso que pesso ajuda para toda pessoal de boa vontade que me ajude.

  14. agnes disse:

    Ola, estou cursando Psicologia no Uniceub em Brasilia, gosteria muito se possivel fazer meu mestrado e doutorado no canada. ou ate mesmo terminar o curso la, ha essa possibilidade?? como bolsista claro,nao tenho condiçoes de me manter la, tabm sou bolsista no Ceub pela Sedest.No decorrer do curso vou investir em um bom curso de Frances. quais as chances de conseguir em 2013 uma bolsa de estudos p mestrado e pos no canada?

  15. Claque Maunde disse:

    Meu nome ‘e Claque Jone Maunde sou licenciado em biologia,ramo de ecologia e gestao de recursos naturais e gostaria se saber se existe uma possibilidade de bolsas de estudos para mestrados na area de pescas ou agricultura para mocambicanos??
    se houver por favor estou muito interessado….
    Claquemaunde@yahoo.com.br

  16. joao claudio lopes moutha disse:

    eu sou joao claudio,eu sou guineense e queria estudar no Canada + como k eu faço, ja finalisei, queria saber si ja existiu uma cooperaçao entre Canada e Guine- Bissau,porq nox precisamos de concorrer para bolsa.

  17. tcherno Madju Djalo disse:

    sou um jovem Guineense de 22 anos de idade quero estudar mais nao tem meio para continuar estudar se a uma pessoa de boa vontade que quero me ajudar estou disposto a estudar em qualquer pais do mundo

  18. Celsa disse:

    eu sou celsa, formada em agronomia, sou Mocambicana e gostaria de ganhar uma bolsa para aperfeissoar o meu ingles, ajudem me!
    obrigada

  19. Zeralda Quade disse:

    Sou Guinnense tenho 27 anos de idade sou licenciada em Contabilidade e quero Fazer Frances e Ingles par poder conseguir um bom Emprego.

    Espero ter ajudado.

  20. nilson junior disse:

    gostaria de sair do brasil para fazer engenharia de mecatronica eu sei q o ensino do exterior é melhor da qui do brasil queria uma oportunidade de estudar e trabalhar fora do brasil aguardado reposta

  21. maria gleide disse:

    Olá, sou professora universitária, tenho mestrado em educacão, e estou interesada em fazer doutorado nesta aérea e gostaria de obter uma bolsa de estudo em toranto-canada. Sou casada, tenho 46 e uma filha.
    Alguém tem dicas, caminhos para conseguir ist?
    Deus o abencoe!
    gleide

    • tatidias disse:

      Aos interessados em participar de algum dos programas, é preciso saber que o conteúdo das propostas apresentadas deve ser relacionado ao Canadá, e ao se inscrever no programa o candidato já deve ter algum tipo de contato com as universidades canadenses, de forma que saiba o que deve ser feito assim que se encontre no país.

      A oferta de bolsas de estudos é oferecida pelo Governo do Canadá em três modalidades: docentes, docentes e pesquisadores e doutorandos. Para todas as bolsas, os candidatos deverão ter proficiência em inglês ou francês. nformações detalhadas e contato com os organizadores de cada oportunidade estão no endereço CEC http://www.studycanada.ca/brazil/index.htm é possível obter informações sobre o país, as questões financeiras (que incluem tabelas de custos), informações sobre vistos e serviços ao estudante.

      Espero ter ajudado, feliz 2009

  22. boa tarde sou Angolana residente en marrocos.
    sou licenciada en enfermagen e procuro uma bolsa para fazer mestrado para min pouco importa seje un pais lusofono ou francofono porque falo frances.

  23. sou moçambicana recém formada na área de ensino de francês pela universidade Eduardo Mondlane gostaria de ganhar uma bolsa a canada como faço por favor fala francês e português. muito obrigada aguardo informação no meu email

  24. Anderson Thiago disse:

    sou la mamma do Anderson gostaria muito que meu filho fosse beneficiado com uma bolsa de estudo , pois ele sonha em ser um engenheiro e eu nao tenho possibilidade de pagar este estudo.obrigada

  25. Wilson Pedro Te disse:

    Amados sou Wilson Pedro Te, sou da Guine-Bissau mas atualmente estou aqui no Benin. Quero estudar no Canada atraves de uma bolsa de estudo. Desejo formar em sociologia para trabalhar com os povos que vive na zona rural do meu pais. Preciso de ajuda de voces para tal fim.

    Deus abencoe voce e espero receber alguma coisa de voces.

    Deus abencoe voces

    Wilson Pedro Te
    00229 96 00 34 46

  26. Ines da Ressurreicao Pereira disse:

    Ola eu sou ines Pereira Mocambicana gostava de saber como se faz para ganhar uma bolsa de estudos para canada na area em que estou direito-primeiro ano?????

  27. Meu nome é raquel tenho 22 dois anos e o meu sonho e trablhar e estudar nos estados unidos,qualquer lugar fora do brasil! acho que tenho mais chances no mercado de trabalho posso ter mais desivoltura me dar bem com relação a empregos no brasil. obrigada pela oportunidade!

  28. silma disse:

    Olá, gostaria muito de trabalhar e estudar em Quebec, fazer frances e trabalhar p/ pagar o curso. Tenho 43 anos,sou casada e quero muito sair do Brasil.
    Obrigada, Silma.

  29. gostaria de receber todas as informação e os beneficio de estar em quebec para poder estudar e trabalhar para a minha vida , tenho 23 anos de idade..
    quais são os requizitos pra eu poder la estar sou um jovem formado em Mat/fisica e trabalho no sector electrico como Guarda fio, electricista de rede de media e alta tensão.

    quem quizer me ajudra pode contactar-me pelo fone: 00244-924872288. sou Angolano e residente em Angola.
    e-mail: nkov_luis@hotmail.com

  30. Isabella Almeida disse:

    Olá,

    Sou formada em Turismo e faço pós-graduação em Turismo e Meio Ambiente. Gostaria de ir para o Canadá fazer um mestrado na área. Há possibilidade de bolsas e qual seria o valor estimado do investimento?

    Desde já agradeço a atenção.

  31. gracy disse:

    oi,serei bachareu em turismo dezembro do ano ke vem,kero muito ir para o Canada estudar,me especializar…
    como posso conseguir uma bolsa de estudos ?
    moro no amazonas.
    obrigada pela atençao
    ;-)

  32. Fabio disse:

    Tenho 35 anos formado em Administração de Empresas e Pós Graduado em Comércio Exterior, tenho esposa e duas filhas, gostaria de informações a respeito de como posso ir para o Canadá para trabalhar e estudar com minha família.
    Ha um ano estou morando nos EUA com status de estudante (F1).
    Grato pela atenção

  33. Leonardo Villa disse:

    Olá, estou no 2 ano colegial e tenho 16 anos (1 ano de aula de francês e 3 anos de aula de inglês) minhas intenções são de viajar ao Canada assim que completar 18 anos, e la gostaria de fazer uma faculdade de design grafico, publicidade ou outra nessa área. Tenho condições de pagar a passagem e me manter por alguns dias, apos isso devo arranjar um estagio ou algo assim para me sustentar. Gostaria de saber se existem bolsas para o meu caso. e se nao existirem a quem devo recorrer.

    Muito obrigado

  34. Madalena Silva disse:

    Sou professora e tenho interesse em estudar inglês fora do Brasil, bem como adquirir conhecimentos de uma nova cultura, como poderia me candidatar a uma bolsa. Confesso que iniciaria do zero, mas tenho muita força de vontade e sei que logo poderia me adaptar a uma nova cultura.
    Grata pela atenção aguardo resposta.
    Atensciosamente,

    Madalena Silva

  35. Bom dia,
    Sou Mocambicano, continente africano, formado: Pos graduacao em Administracao Financas e Negocios,Doutorado em Ciencias Religiosas e Filosofia, desejaria de chegar ao canada, como posso viajar?
    Obrigado

  36. Ana Paula de Melo disse:

    Boa tarde!!!
    Me formo em Turismo no final desse ano e estou trabalhando em uma área do Turismo, denominada geoturismo que visa a valorização, conservação dos patrimônios geológicos…
    Sei que no Canadá existem várias linhas de pesquisa sobre o assunto e alguns geoparques com apoio da Unesco…
    gostaria de Saber se tem algum mestrado p essa área e se existe bolsa?
    Obrigada

  37. Jacir Alves Porto Junior disse:

    olá, eu me formo no fim do ano em tursmo e gostaria de saber quais as chances para eu fazer um especialização na area do turismo de aventura/eco turismo no canadá, com alguma especie de bolsa de estudos.

  38. Carolina Willemann Fagundes disse:

    Gostaria saber quais as chances de migrar para o Canadá, meu marido é Mestrando na ärea de Ciencias da Computação e eu sou advogada. Tmeos uma filha de 10 anos.
    O que precisamos para ir? Pq o nosso sonho é ir morar no Canadá, definitivamente.
    Abraço
    Carolina

  39. rejane callejon disse:

    boa tarde ,meu nome é Rejane sou aluna do 3° ano de Serviço Social da cidade de Santos -SP,tenho 28 anos e formarei com 29 anos,gostaria de saber se existe algum programa de investimento/bolsa para a minha profissionalização por exmplo em Quebec? quais seriam os requisitos necessários?
    grata pelas informações
    Rejane Callejon

  40. Tatiane Dias disse:

    Olá Valeria Germann tudo bem?
    Bom chances quando se tem um capital financeiro para investir sempre são maiores, quando menciono investimento não só falo de ter mais facilidades em dar entrada no processo e sim em poder custear-se por um tempo, em poder fazer um bom curso, se qualificar para obter a vaga desejada. Muito tem se falado sobre o Canadá, e não é a toa a migração para lá tem sido tratada com mais facilidade, mais muito cuidado, existem pessoas que aproveitam a onda para explorar e acabar tirando seu dinheiro. Bom vou dar inicio ao seu processo de imigração, preparar seus documentos, os dos seus filhos enquanto isso vale apena você investir um pouco do seu tempo enquanto aguarda a conclusão do processo em um bom curso de idiomas e enviar alguns curriculuns para alguns bancos de vagas, tem um que indico http://www.tiosamjobs.com, cadastra seu curriculum gratuitamente dentre outros recursos e recomendo pois sei a procedencia da empresa. E sei que estão com oportunidades no Canadá també. Outros que você pode estar pesquisando pela internet mais cuidado ok. Verifique sempre a procedencia.
    Você leva muito mais vantagem se já sair daqui empregada. Quanto a dar certo tudo depende de quanto você deseja, se quer realmente, se prepare, invista em você e no seu desejo que dá certo sim.
    Mas o que gosto muito de frisar é dá certo para aqueles que agem de forma certa, indo legalmente, capacitado, com um bom curriculum. Agora tudo depende do quanto a pessoa quer, e tenha em mente que isso é um processo e que não irá amanhã, que terá de se preparar alguns meses antes de consolidar seu desejo. Normalmente quem dá entrada no inicio do ano, está devidamente qualificado tem um bom contato com empresas, tem chances de ir até o final do ano.
    Se tiver alguma dúvida mais estou a disposição

    Atenciosamente
    Tatiane Dias

  41. Valeria Germann disse:

    Olá..
    quais sao as chances e eu conceguir ir para Quebec?? Tenho 32 anos formada em Educação Física e trabalho na área a 14 anos..tenho dois filhos com idades de uma e cinco anos. tenho disponibilidades de recursos financeiros para o começo. a pretençao é estudar e trabalhar?! como poderia dar certo?

  42. Belle Borges disse:

    À procura de uma bolsa para mestrado em administração e áreas correlatas em terras canadenes.

  43. Aline Stocco disse:

    Dentista recém formada
    gostaria de uma oportunidade.

Trackbacks/Pingbacks


Deixe uma Resposta

Fique atualizado

Fique atualizado via e-mail. Cadastre-se!
Twitter - Sair do Brasil Facebook - Sair do Brasil Google+ Sair do Brasil Feed - Sair do Brasil