Página Inicial Outros Notícias Legal na Terra do Tio Sam

Legal na Terra do Tio Sam

A maioria dos pedidos de visto junto ao Consulado Geral Americano em Toronto abrange as categorias de estudante, turismo, trabalho ou familiar, colocando o Brasil na lista dos 10 países que mais solicitam  vistos para os Estados Unidos.

Mas a recomendação dos especialistas é a de sempre tentar obter o visto antes de sair do Brasil para cá, pois os oficiais brasileiros têm como avaliar melhor o perfil e os documentos dos candidatos  dentro do seu próprio ambiente e idioma. Além disso, devido à grande demanda por vistos diariamente, o tempo de espera do candidato pode ser prolongado. “Aqui no Canadá, é preciso provar com eficácia que a viagem aos Estados Unidos terá uma duração limitada e que a pessoa está realmente voltando para o Canadá, não pretendendo se estabelecer nos EUA.

Às vezes é um pouco difícil para os novos imigrantes provar estes laços residenciais, profissionais e emocionais no Canadá em tão pouco tempo”, aconselha Claudia Baker, Vice-Consul.

Segundo Peggy Petrovich, Visa Chief no Consulado Geral Americano, atualmente, a primeira fase do processo de aplicação para vistos americanos envolve a inscrição online, seguida do preenchimento de formulários e pagamento de taxas ($131, pagos no Scotiabank). É preciso esperar cerca de seis semanas em média para conseguir uma entrevista pessoal, quando se consegue análise dos documentos e uma breve conversa com o oficial de imigração, para explicar o motivo da viagem.

Nesta análise, entram em cena critérios como situação econômica, emprego, moradia, enfim todo o perfil do aplicante. No caso de estudantes, é preciso contar ainda com uma carta emitida pela instituição de ensino americana, comprovando que o candidato já está matriculado em escola nos EUA.
“Mesmo que haja algum fator negativo que possa influenciar na emissão do visto, é preciso informar. Porque, de um jeito ou de outro temos acesso a todas as informações acerca dos candidatos e os oficiais tendem a olhar com mais consideração para aqueles que optaram pela honestidade nas informações declaradas”, adverte Petrovich.

Ao chegar no endereço do Consulado para ser entrevistado, é preciso tomar algumas precauções para garantir a entrada na instituição – que desde os atentados terroristas de 11/9  passou a contar com esquema redobrado de segurança. Nenhum aparelho eletrônico é permitido (celular, câmeras, Ipods, dentre outros).  Mas crianças abaixo de 14 anos ou pessoas acima de 80 não precisam se dirigir ao Consulado, tendo seu pedido avaliado virtualmente.

Um dado surpreendente é que mesmo com o visto em mãos, não há “garantia absoluta” de entrada na terra do Tio Sam. Se o oficial de fronteira avaliar que a pessoa apresenta algum motivo suspeito para não prosseguir viagem, ele tem autoridade para impedir a entrada.

Os vistos geralmente têm duração de cinco a 10 anos (com maior tempo para os permanentes residentes no Canadá). Uma vez que a pessoa se torna cidadã canadense, é possível viajar apenas com passaporte ou outro documento de identificação. A média de pedidos recusados chega a casa dos 11% entre o público brasileiro, dentro de uma taxa geral de 7% referente aos aplicantes de todas as nacionalidades que residem no Canadá.
US Consulate General. Endereço: 360, University Ave.

Fone: 1-900-451-2778 ou 1-888-840-0032.

Por: Ingrid Coifman

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta