Página Inicial Destino Américas Turismo no Canadá

Turismo no Canadá

No estado central de Alberta, Saskatchewan e Manitoba são conhecidas como as regiões da savana. Manitoba tem uma enorme variedade de paisagens com dezenas de rios, lagos, planícies e pântanos. Sua capital é Winnipeg, uma cidade situada entre os rios Red e Assibibone. Ainda tem muitas construções da época dos varejistas de peles, como o engenho de Old Grant, a casa de Seven Oaks e Ross e a única porta remanescente da Fortaleza de Upper Garry, construída em 1863 pela Companhia de Hudson Bay.

Winnipeg possui uma vida cultural agitada uma oferta constante de apresentações de dança, teatro, bale, orquestras sinfônicas e óperas. Da capital de Manitoba pode-se fazer diferentes excursões para conhecer a riqueza natural da região. É possível conhecer o lago Winnipeg, a região de Steibach, com suas ruas e construções de origem menonita, e o parque municipal de Sparuce Woods, com suas impressionantes dunas e planícies cobertas de grama. Regina é a capital de Saskatchewan, cujo centro é um imenso parque que cerca um lago artificial onde fica a fonte de Trafalgar, trazida de Londres em 1939.
Outra cidade importante da região de Saskatoon (às margens do rio Saskatchewan). A região se estende por inúmeros rios sinuosos cobertos por sete pontes. A cidade pode ser explorada através de cruzeiros pelos rios. Alberta é uma extensa região agrícola também rica em petróleo e gasolina. A maior atração é a Rocky Mountains, uma cordilheira que separa os estados de Alberta e Bitish Columbia. Essa cordilheira é dividida em quatro partes: o Parque Nacional de Banff, os lagos Waterton e Jasper e a região de Kananaskis.

No Parque Nacional Banff, o mais antigo do Canadá, há fontes de água termais; próximo a cidade de Banff há um resort com Fontes de Águas Termais e um bonde que vai até o topo da montanha Sulphur, um lugar panorâmico bom para observar a paisagem local. O Parque Nacional de Jasper abrange a maior parte do norte das Rocky Mountains. É menos visitado pelos turistas, mas excursões podem ser organizadas saindo da cidade de Jasper para conhecer o lago Beauvert, o monte Robson, o pico mais alto das Rockies, e o vale Maligen. Calgary é a cidade mais Americana do Canadá. De antigo só tem o parque Heritage, pois atualmente é repleto de arranha-céus e centros financeiros, que surgiram com a operação dos poços de petróleo descobertos em 1947.

  • Comida e Bebida

Geralmente, a culinária canadense mistura a base nativa com a influência de diversas comunidades de colonizadores que chegaram a essa terra com o passar dos séculos. Só em Toronto então misturadas mais de 60 comunidades, apesar de a chinesa e italiana serem a de maior presença em relação a gastronomia. No estado de Terranova, o bacalhau e a torta de barbatana são os pratos mais populares, enquanto no litoral atlântico pode-se experimentar excelentes peixes e frutos do mar.
A cidade de Quebec é famosa por sua influência francesa na culinária e muitos dos restaurantes servem o mais famoso prato de frango gaulês com um toque americano. Por outro lado, na região das savanas são típicas as excelentes carnes, enquanto na British Columbia o salmão é protagonista absoluto. Nos territórios do norte deve-se provar o bacalhau grelhado e a truta do Ártico.
A cerveja canadense é de boa qualidade. Há diferentes marcas e tipos, colo as ale pilsner e as do tipo alemão. O vinho é produzido nas regiões de Ontário e British Columbia e tem uma qualidade aceitável.

  • Museus do Canadá

Vancouver
Museu de Vancouver
Centro Espacial H.R. MacMillan
Galeria de Arte de Vancouver
Jardim Botânico de Van Dusen
Montreal
Museu de Belas Artes de Montreal
Museu Redpath
Museu Point de Calliere
Museu de Arte Contemporânea de Montreal
Centro de Arquitetura Canadense
Quebec
Museu de Quebec
Museu Naval de Quebec
Centro Fóssil do Lago Temiscamingue
Museu do Chocolate

Vida Noturna

Todas as capitais provincianas possuem casas noturnas, danceterias e área de jantar e pista de dança nos restaurantes. Ottawa, Toronto, Montreal, Winnipeg e Vancouver são os centros culturais para bale, opera e música clássica, com performances de orquestras e intérpretes internacionais. A oferta diminui nas cidades mais remotas.

Bar
Restaurantes
Para Dançar

  • Esportes

Um dos grandes atrativos do Canadá sem dúvida, é a possibilidade de praticar esportes ao ar livre em seus grandes espaços abertos. Pescar em algum dos inúmeros lagos e rios que cobrem a superfície, caminhar, caiaque, cavalgar, rafting, esquiar e muitos outros esportes.
Os melhores lugares para praticar esportes são os parques nacionais, dos quais há 41 em todo o território, além de outros parques estaduais. Cada um desses parques tem um centro de informações para ajudar o visitante com dados sobre os lugares onde praticar esportes, informações sobre o clima e autorizações para acampar e pescar. Para os interessados em fazer trilha, a maioria dos parques, assim como os estaduais, possuem caminhos consideráveis.
Os fãs de caiaque e canoagem ficarão deslumbrados pela quantidade e variedade de ofertas para os que gostam de deslizar ou de águas turbulentas. Em relação a esportes de inverno, é possível praticar alpinismo, esqui e hockey no gelo, o mais comum dos esportes canadenses.

  • Compras

As opções de compras no Canadá dependem da região que você visita. Em Calgary, Banff, Jasper ou Edmonton há interessantes lojas de pele, Madeira e artesanato local em pedra.
Em Vancouver, a melhor coisa é visitar o bairro de Glastown para comprar roupas, quadros e esculturas (há inúmeras galerias de arte) e artesanato local, apesar de serem muitas vezes caros. Em Victoria, e também em British Columbia, podem-se adquirir vários artigos importantes, além de produtos locais como cobertores de lã da Baía de Hudson.
Em Manitoba há uma enorme quantidade de produtos elaborados pelas especialidades nativas relacionadas a bebida e comida. A região de Newfoundland é famosa pelas jóias, produtos elaborados com pele de foca e casacos de Grenfell, enquanto a Navo Escócia é conhecida pelo seu artesanato. Para comprar antiguidades é aconselhável passear pelos mercados de rua organizados aos domingos em Burlington e Hamilton, na cidade de Toronto. Na Ilha Prince Edward há trabalhos de couro belíssimos, as estátuas de madeira, cerâmica e artigos de vestuário feitos à mão.
A colcha de retalhos e os desenhos e estátuas dos inuit nativos são típicos da cidade de Quebec, enquanto em Montreal deve-se visitar os centros comerciais que ficam nas ruas subterrâneas que cruzam a cidade, no entanto grande parte do comércio se concentra na rua Ste. Catherine. E por fim, em Yukon há incríveis trabalhos feitos com pelo de alce, jóias feitas à mão elaboradas com pepitas de ouro pelos artesãos locais.

  • Festivais

Entre as comemorações canadenses mais tradicionais está o Dia da Marmota, celebrado no começo de setembro, época em que um desses adoráveis pequenos mamíferos, conhecidos como Wiarton Willie, prevê quanto tempo durará o inverno. Outra festa típica, compartilhada com os americanos, é o Dia de Ação de Graças, quando se reúnem com suas famílias para compartilhar fartos banquetes de peru, abóbora e cidra de maçã.
Em 11 de novembro, os canadenses comemoram o Dia da Memória, onde celebram seus mortos e aqueles que serviram o país durante a Guerra. Outro dia clássico de festividade é o Natal e o Ano Novo.

  • Clima

No Canadá, o verão é quente, com temperatura média de 25ºC e chuvas moderadas. A nevoa marítima é persistente na costa leste. A transição de inverno para verão ocorre rapidamente em meados de abril, com a temperatura média de 18ºC em Toronto. Os invernos são úmidos e frios, com temperatura média entre 7ºC em Vancouver e -1ºC em Toronto. Em volta dos Grandes Lagos há fortes nevascas e ao leste das Rocky Mountains o vento conhecido como “chinuk” pode aumentar a temperatura para 22ºC.

  • Transporte

Aeroportos
O Canadá possui 13 aeroportos internacionais nas seguintes cidades: Calgary, Edmonton, Gander, Halifax, Hamilton, Montreal-Dorval, Montreal-Mirabel, Ottawa, St. John’s, Saskatoon, Toronto, Vancouver e Winnipeg. Outras muitas cidades tem aeroportos para vôos domésticos.

Companhia Aérea
As companhias principais são a Air Canada e a Canadian-Airlines International. Fazem vôos domésticos e internacionais para América e Europa, principalmente. Também muitas outras companhias aéreas oferecem vôos domésticos: Air Nova e Air Atlantic na costa leste, Time Air e Air BC na costa oeste e Air Alliance, Air Ontario e West-Jet nas regiões centrais do país. Somando, há 75 empresas aéreas locais que ligam as regiões locais.

Carros
A maioria das carteiras de motorista européia é válida no Canadá, porém é aconselhável obter a carteira internacional. O limite de velocidade das estradas é de 100 a 110km/h, dependendo do estado.
A Transcanadá liga a costa do Atlântico com a costa do Pacífico; cruza o país pelo sul e une as cidades de Ottawa, Montreal, Quebec, Winnipeg, Regina e Vancouver. Nas regiões ao norte a rede de estradas é menor e há regiões que não tem sequer pavimentação.

Aluguel: Além do grande número de empresas internacionais, existe uma multidão de agencias nacionais, regionais ou locais que oferecem bons preços e boas condições. É necessário levar em consideração que as tarifas para locação de veículos pode ser bem diferente entre uma agencia e outra.

Ônibus
Há várias companhias de transporte de passageiros via estrada. Duas das mais importantes são a Greyhound Lines of Canada Ltda e a Colonial Voyageur Bus Lines. É bem econômico e um meio de transporte recomendável para conhecer os lugares mais recônditos do país.

Trem
Devido a enorme extensão do país, o trem é o meio de transporte mais rápido e econômico. Como acontece com as rodovias, existe uma linha de ferrovias que cruza o país de leste a oeste, ligando as duas costas. A viagem inteira dura 69 horas e é possível ser feita em partes.
Há inúmeras conexões de trem entre o Canadá e os Estados Unidos. A mais importante é a que une Quebec e Windsor em Ontário.

Transporte Fluvial
Canadá possui cinco portos principais, tanto marinhos quanto fluviais, entre eles destacam-se os de Vancouver, Montreal, Quebec e St. John’s (Terranova). O principal canal é o rio St. Lawrence, que liga o Atlântico com os Grandes Lagos. Passeios podem ser feitos em barcos em várias partes. Para chegar a Ilha Prince Edward na costa leste, é necessário tomar uma balsa em Caribu (Nova Escócia) ou em Tormentini (New Brunswick).

  • Transporte Urbano

Metrô: há várias cidades que possuem linhas de metrô, entre elas, Toronto, Vancouver e Montreal. Em outras cidades há as linhas de trens urbanos, como em Calgary. Na maioria dos casos, o metrô tem conexão com o três e linhas de ônibus e bondes.

Táxi: são uma boa alternativa para se locomover em grandes cidades, no entanto não são muito baratos. Há taxímetros e tarifas fixas. Na maioria dos lugares podem ser solicitados por telefone, algo indispensável no inverno, em que não é aconselhável esperar por um na rua.

Ônibus: as cidades canadenses possuem uma grande linha de ônibus e bondes. Possuem conexão com as estações de trem e com o trem metropolitano, assim como com as linhas de metrô, no caso das cidades que as têm. Há inúmeras possibilidades de adquirir carteirinhas de desconto para uso de transporte público.

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. pelo amor de deus, me ajudem
    tenho uma coisa a fazer
    tenho que saber todas as festas tradicionais que existem aí no canadá, me ajudem, mandem um e-mail pra mim mais rapido possivel!!!por favor
    prometo que ajudarei vocês como eu puder!!!

  2. ESTOU PROCURANDO EMPREGO EM FORT CONTRA INDIOS SOU VOLUNTARIO MINHA PROFISSÇAO E SOLDADOR 24 ANOS DE EPERIENCIA
    MAIS CURSOS EM INSTITUIÇÃO DE NOME SENAI DE SOLDAGENS
    SOU MEIO INDIO DO BRASIL MAS NÃO SOU ABORIGENE DO CANADA EU GOSTAR DE MONTANHAS DE URSOS E DE NATUREZA PESCAR É MEU PREDILETO.
    SE ESTIVVER ALGUMA EMPRESA DAI CONTRATANDO PODE SER EM QUALQUER PARTE DO CANADA PODEM COMUNICAR MEU EMAIL:sajunhanapere@yahoo.com.br
    e lhes mandarei meu cv com imenso prazer delivery notification please
    Olavo Pereira.

Deixe uma resposta