Página Inicial Vistos Como tirar visto para a Espanha

Como tirar visto para a Espanha

Visto de Estudante para Espanha

Continuando a série de reportagens sobre Sevilha, hoje falarei sobre algo que vale para quem quer estudar em QUALQUER cidade da Espanha: visto. Se você está acostumado a viajar, sabe que o passaporte brasileiro não ajuda em nada no processo. Pedem o triplo de documentos, referências, justificativas e tornam a espera quatro vezes mais longa. Para a Espanha não é diferente.

Quando viajei, em 2007, a crise nas relações bilaterais entre Brasil e Espanha estava no auge. Centenas de pessoas (muitas delas estudantes, já com o visto no passaporte) eram barradas ao chegar a Madrid, sem chance de apelo ou, no mínimo, uma explicação sensata. O contrário também acontecia; como vingança, a imigração brasileira passou a barrar a entrada dos espanhóis. A coisa ia de mal a pior, por isso tive que redobrar a atenção e os cuidados para efetuar este (aparentemente) simples processo (juntar documentos – entregar – esperar – buscar).

Como sou de Santa Catarina, fui obrigada a dar entrada no pedido no Consulado Geral da Espanha em Porto Alegre. O responsável por isso, na época, era um tal de Fernando – o cara mais enrolado, estressado, bagunçado e chato da face da Terra (parece-me que ele continua lá…). Ao telefone, ele já era a personificação da antipatia, mas só conhecendo pessoalmente para sacar a figura. Agravante: ele é não é o único. Pessoal que presta esse tipo de serviço costuma ser assim mesmo, talvez seja até uma regra de conduta, sei lá.

Bem, você tem duas opções quando viaja para o exterior: tira o visto no seu próprio país ou ganha o visto na imigração na hora que chega ao destino – tudo depende do propósito da viagem e das relações diplomáticas que este país tem com o Brasil. Como estava indo estudar em uma universidade espanhola, tinha que ter o visto de estudante – que, teoricamente, é retirado aqui no Brasil.

Digo teoricamente, pois, quando finalmente (1 mês depois) me devolveram meu querido passaporte, com aquela página linda, estampada, carimbada, selada e timbrada pelo cônsul espanhol, veio a surpresa: visto válido para três meses. Pensei “POR QUE DIABOS FAZER TODO AQUELE PROCESSO DESGASTANTE E CARO PARA GANHAR PERMISSÃO DE TRÊS MESES, SE SEMPRE QUE CHEGUEI A UM PAÍS GANHEI, AUTOMATICAMENTE, 90 DIAS DE VISITA???” (Sim, foi com toda essa indignação, pois, com exceção de Estados Unidos e Austrália, nunca precisei pedir permissão para permanência de até três meses).

O que eu (e todos os outros intercambistas) tivemos que fazer foi ir até a Polícia de Imigração da Espanha e tirar o visto LÁ. Explico: logo na primeira semana você deve ir a Plaza de España, no centro da cidade, no setor chamado “Extranjeria”. A fila para ser atendida é absurda – não sei se o sistema melhorou de lá pra cá, se alguém souber me corrija nos comentários. Cheguei lá às 5h 30min, consegui pegar uma senha às 7h 30min e fui atendida perto do meio-dia. Ai de você se esquecer algum documento, vai ter que enfrentar a fila novamente em outra ocasião… Não lembro exatamente de tudo o que tinha que levar, mas incluía 2 fotos 3×4 iguais e recentes, carta de aceitação da universidade espanhola e atestado de matrícula, passaporte com o “pré-visto” que tirou no Brasil e mais alguma coisa que eu não recordo… Tinha que pagar uma taxa também, mas era um valorzinho simbólico.

O legal do processo todo é que você ganha uma ID espanhola (como essa da foto), válida para o período do contrato de matrícula. Tendo ela em mãos, não é necessário andar com cópia do passaporte pra lá e pra cá dentro do país (uma coisa a menos para se preocupar…).

Visto de Estudante EspanhaVale lembrar que o visto de estudante não dá o direito de você trabalhar na Espanha. Há quem coloque a conta em risco pegando empregos informais, mas a penalidade, além da deportação, pode ser até a proibição da entrada no país durante um tempo determinado. Sem contar que o registro fica no seu passaporte e, querendo ir para qualquer outro país, a burocracia vai ser ainda maior. O bacana é procurar algum estágio/emprego legalizado através da universidade, no próprio SACU. Para todos os detalhes sobre o visto visite http://tinyurl.com/26klwcc

Contato do Consulado Geral da Espanha em Porto Alegre:

Cónsul General: D. Francisco Javier Collar Zabaleta.
Dirección: Avenida de Carlos Gomes nº 222. Conjunto 301
90480-000 PORTO ALEGRE. E-mails: cog.portoalegre@maec.es fernando.eisenberg@mae.es

Na próxima semana darei dicas sobre o seguro de saúde internacional (exigido para a retirada do visto) e sobre onde ficar assim que chegar a Sevilha (estâncias curtas). Até lá!

COMPARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

    • É, Renato, os espanhois estão longe de ser um exemplo de simpatia… Mas claro, nunca podemos generalizar. Conheci muita gente bacana nascida lá, alguns que se tornaram meus melhores amigos até hoje. Quem passa pouco tempo no país realmente sai com a impressão de que todo mundo é grosso, mal-educado e barraqueiro hehehe Ainda vou falar sobre isso aqui nos posts sobre Sevilha!

    • Renato:
      a ver vc esta falando de uma coisa que nao tem nada que ver, a educaçao no brasil è baixo ,o peor,e qualquer carreira ai nao vale em outros paises ,apenas se è mas baixo..Um estudo na españa,e na europa è bem visto, e bem feito eu estudei odonologia,ganho super bem, e se eu for ao brasil pode que ganhe o doblo, mas se eu tivese estudado ai, aqui nao valeria de muito,porque o nivel è bastante imcomparavèl..saludos

  1. Se tem um país que eu passo longe é a Espanha. Bando de arrogantes que se acham donos do mundo, muito mais do que qualquer país da Europa, você será tratado como um latino de merda. Não recomendo. Prefira países e cidades mais povoadas, onde existam dezenas de culturas inseridas, como Londres por exemplo. Apesar disso, bom post! Obrigado.

    • Oi, Felipe! Obrigada pelo elogio ao post.
      Como respondi para o Renato, nunca podemos generalizar. Em Sevilha, onde morei, as pessoas são mais bairristas, fechadas, grosseiras e conservadoras do que em qualquer outro lugar da Espanha. Contudo, foi a cidade que me proporcionou algumas das melhores amizades da vida!

      Tudo é uma questão de flexibilidade e adaptação. Com o tempo, aprendemos a tratá-los de tal forma que eles passam a ver a gente de igual para igual.

      Senti uma diferença enorme ao ficar em Madrid, Barcelona e Valência… Como vc disse, lugares mais povoados e com mais culturas inseridas tendem a ser melhor (no sentido de fazer as pessoas se sentirem em casa). Entretando, volto a destacar que tudo depende do jogo de cintura de cada um…

  2. Gabi,

    eu escrevo a coluna ¡Espanha Me Mata! aqui no sair do Brasil e no meu blog coloquei umas correçoes sobre o processo que você descreve no seu texto. Dá uma olhadinha.
    Bjos.

  3. Oi,
    Sou brasileiro e moro na Espanha há 12 anos e se Deus quizer estou indo embora para a França antes do final desse ano 2010. Eu moro no noroeste da Espanha e na verdade o espanhol em si é um gênero de pessoa que sempre têm uma resposta para qualquer comentário que você fará, com um NAO de frente já. Eles se crêm os melhores, comparando com Europa, etc. Eu digo que o que queima a Espanha, é o povo. Pois o país vale a pena conhecer.
    Um abraço à todos.

    • se nao gosta da españa,o que fica fazendo 12 anos na espña,povinho mas sem cultura e personalidade, adoro españa,amo españa, è o melhor pais da euroa,ganha em pessoa e lugaes, e quem nao gosta simpresmente n visita eu em cada ideia..odio brasileiros

      • Ola boa noite eh muito dificil ir para rspanha, pois tenho muita vontade de sair do brasil, quero muito tenho objetivo, de um dia sentir outros ares, gilson delmondes, de anapolis/go,meu contacto eh 55=6282426387/92009687.grato.

  4. Meu grande objetivo se possivel era morar em espanha,ja estive em Huelva,ESPANHA a um ano e meio e fui muito feliz.enfim tinha encontrado o pais que tinha todas as caracteristicas que tanto parecia comigo, mas comedo da imigração fui obrigada a abandonar espanha por motivo por falta de docomentação.hoje estou em brasil mas volto a repetir espanha esta sempre em meu coração tenho muitas saudades….

  5. Olá Gabriela…Tudo bem ?? Tenho 15 anos, sou de Balneário Camboriú, álias vc deve conhecer, pois verifiquei que vc estudou em itajai. Tenho possibilidade de ir p/ Barcelona para jogar futebol. Tenho uma amiga que mora lá…tenho muitas dúvidas com relação ao visto. Poderia dar uma dica…. já que vc tem uma vasta experiência.
    abração !! msn: gu-bergmann@hotmail.com e facebook: gustavo Bergmann

Deixe uma resposta