Página Inicial Outros Notícias Fraude de R$ 90 mi em vistos para os EUA

Fraude de R$ 90 mi em vistos para os EUA

Onze pessoas foram presas em quatro Estados – São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina – suspeitas de participar de uma quadrilha internacional que fraudava o sistema de concessão de vistos de trabalho para os Estados Unidos. Segundo informações do consulado americano em São Paulo, a estimativa é que o grupo tenha arrecadado R$ 90 milhões em sete anos, um dos maiores casos de fraude de vistos da história dos EUA.Pelo menos 4,5 mil brasileiros foram vítimas do esquema que prometia colocação no mercado de trabalho americano mediante o pagamento de até US$ 15 mil. Os detidos são acusados de formação de quadrilha e estelionato. Segundo informações do consulado americano em São Paulo, existem indícios de lavagem de dinheiro.

Em Mato Grosso, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão. Nos EUA, foram realizadas buscas por provas. O crime também foi detectado em países como Rússia, República Dominicana, Filipinas, Romênia e Emirados Árabes, mas a fraude nesses países não foi alvo desta investigação.

A apuração começou em 2003, quando o setor anti-fraude do Consulado dos EUA em São Paulo detectou irregularidades. Em 2008, o consulado acionou o Ministério Público (MP), que passou a coordenar a investigação. No mesmo ano foi criada uma força-tarefa composta pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Ministério Público, Poder Judiciário, Consulado dos EUA, Receita Federal e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo.

O MP formulou pedido de infiltração de agente, de quebras de sigilo bancário e fiscal, de interceptações telefônicas e de cooperação jurídica internacional e processou essas informações através de análises bancárias. A SSP designou um investigador para trabalhar como agente infiltrado e disponibilizou policiais civis para efetuar as prisões decretadas pela Justiça.

Por: Terra

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta