Página Inicial Dicas Sinais e avisos em aeroportos

Sinais e avisos em aeroportos

Você já deve ter se sentido completamente perdido num aeroporto no exterior. Cansado e nervoso, procurando pelo local para retirar sua bagagem,  o serviço de imigração e saída de passageiros ou simplesmente tentando decifrar simples sinais de aviso dentro de uma aeronave. Preparamos para você um pequeno glossário de termos utilizados nos aeroportos.

Termos da linguagem:

Air pass: passe aéreo
Aircraft: aeronave / avião
Back seat: encosto da poltrona
Bagagge claim: local para retirar ou reclamar a perda de bagagem
Baggage claim form: formulário para reclamação da perda de bagagem
Boarding pass: cartão de embarque recebido após o check-in
Boarding point: local de embarque
Cancelled flight: vôo cancelado
Check-in: Apresentação para embarque no balcão da cia aérea
Connection: conexão / troca de avião
Crew: tripulação de bordo
Customs: alfândega
Delay: atraso
Departure gate: portão de embarque
Duty free shop/tax free: loja de aeroporto sem taxas e impostos
Emergency exit: saída de emergência
E-ticket counter: balcão para retirada de passagens adquiridas pela internet
Exit: saída
Finger: passagem que liga a sala de embarque e desembarque do aeroporto ao avião
Gift shop: loja de presentes
Ground staff: pessoal de terra / funcionários do local
Immigration: imigração
Life vest: colete salva-vidas
Metal detector: detector de metais
Nonstop flight: vôo sem escala ou conexão
One way ticket: passagem só de da ou só de volta
Overbooked: vôo lotado
Porter: carregador de bagagem
Roundtrip ticket: passagem de ida e volta
Seat: poltrona / assento
Seat belt: cinto de segurança
Stand by/waiting: list lista de espera
Stop over: escala / parada do avião para embarque e desembarque de passageiros
Ticketing counter: balcão para compra ou alteração de passagens
To land: aterrissar
To take: off decolar
Visa: visto

Mini Dicionário de termos utilizados em Turismo:

Veja aqui as expressões mais usadas no turismo, assim em sua viagem você vai entender tudo, mesmo quando os profissionais da área estiverem conversando.

All inclusive – Tudo incluído. Hotel que inclui na diária as bebidas, refeições ( café da manhã, almoço, jantar e refeições intermediárias) e entretenimento.
All suites – Hotel que só tem suítes (ou seja, quartos em que há sempre uma sala anexa).

Bell boy – Mensageiro de hotel.

Ballroom – Salão de baile, festas, eventos, congressos.

Block off – Bloqueio de determinado número de assentos, em voos regulares, para uso exclusivo.

Bloqueio / Allotment – Número de assentos, em Cia Aérea ou apartamentos, em hotéis, reservados, para utilização por parte da operadora, desde que reportados dentro de um prazo determinado antecipadamente, de comum acordo entre estas empresas.

By night – É o passeio noturno, que geralmente inclui ingresso a casas de shows ou visita a pontos turísticos.

Carry on – Bagagem de mão permitida a bordo de aviões, com peso máximo de cinco quilos por passageiro. A soma do comprimento, altura e largura tem limite de 115 centímetros.

Charter / fretamento – Voo realizado em uma aeronave fretada, com tarifas mais econômicas que as praticadas no mercado e com regras pré-estabelecidas quanto a duração, data de saída/regresso e destino, entre outras.

Citytour / sightseeing – Passeio turístico por uma cidade, geralmente a bordo de ônibus/micro-ônibus, com guia local.

Code-sharing – É o voo compartilhado, entre duas ou mais companhias aéreas. Pelo acordo, passageiros que adquiriram passagem aérea de uma determinada empresa, podem embarcar no voo de outra. Uma Companhia cede assentos para a outra conveniada acomodar seus passageiros.

Collect call – Ligações telefônicas a cobrar no local de destino. Existe um serviço da Embratel chamado Brasil Direto, com atendimento em português.

Conciergerie – No hotel, a conciergerie, normalmente está localizada ao lado da recepção e presta serviços de informações sobre assuntos diversos (passeios, gastronomia, transporte, etc), que não se refiram a hospedagem.

Dataporta – Instalação oferecida nos apartamentos dos hotéis com entrada para laptop.

Day use – É a utilização parcial de uma diária hoteleira. É muito utilizado em hotéis próximos a aeroportos para passageiros em trânsito (aguardando conexões entre voos).

Dead line / prazo final – Prazo para reconfirmação e/ou pagamento de serviços contratados.

Early check-in – Entrada de hóspede ao hotel em horário anterior ao regular, 12h (é o de praxe, mas existem exceções). É uma tolerância que pode ou não ser concedida, quando há disponibilidade, sem cobrança de ônus ao hóspede.

FAP / pensão completa / full-board – Diária de hotel que inclui três refeições (café da manhã, almoço e jantar – normalmente sem bebidas)

Fitness-center / health club – Na hotelaria, é um complexo que pode agrupar vários serviços: sala de ginástica, sauna, massagem, piscina, salão de beleza.

Forfait – É o serviço que chamamos em nosso site de “viagem sob medida”, um roteiro de viagem feito para atender a necessidade específica do passageiro. 0 sinônimo é “taylor made” ou feito sob medida.

Fretamento / charter – Voo realizado em uma aeronave fretada, com tarifas mais econômicas que as praticadas no mercado e com regras pré-estabelecidas quanto a duração, data de saída/regresso e destino, entre outras.

Full fare – Tarifa publicada, sem descontos. Na hotelaria, é a “balcão” (aquela afixada na recepção). Na Cia. Aérea, é a tarifa “cheia”.

Honky-tonk – Salão de música country, ou western bar, comum no Texas e no Colorado.

Jet-lag – Desajuste do relógio biológico ocasionado pela troca de fuso horário.

Gym – Ginásio, ou workout room, que é a sala de malhação.

King-size bed – Cama de casal do tamanho de três camas de solteiro. 0 padrão americano é 2m por 2m.

Late check-out – Saída do hóspede do apartamento após o horário padrão, 12h (é o de praxe, mas existem excessões). É uma tolerância que pode ou não ser concedida, quando há disponibilidade, sem cobrança de ônus ao hóspede.

Lift – Teleférico, meio de elevação. As chairlifts são cadeirinhas individuais que levam esquiadores ao topo das montanhas.

Lista de espera / wait list – Diz-se daquela solicitação de serviço (reserva de viagem, bilhete aéreo, etc) pendente de confirmação.

Lodging house, youth hostel – Albergue.

Lounge – No exterior, é o que chamamos de sala vip nos aeroportos brasileiros. Nos hotéis, pode ser sala de estar e bar.

MAP / Meia-pensão / half-board – Diária de hotel que inclui duas refeições (café da manhã e almoço ou jantar – normalmente sem bebidas).

No show – É o não comparecimento do passageiro, no dia e horário marcado, para utilização de um serviço adquirido (mais usado para embarque em Cias Aéreas e hospedagem).

Outlet – Porta de fábrica. Lojas que vendem a “preço de fábrica”. Também são chamadas de factory outlet e outlet mall.

Overbooking – Comercialização de bilhetes aéreos ou apartamentos em número acima dos disponíveis para ocupação.

Pax – Abreviatura usada para designar “passageiros”.

Pensão completa / FAP / full-board – Diária de hotel que inclui três refeições (café da manhã, almoço e jantar – normalmente sem bebidas).

Queen-size bed – Cama de casal pequena (de viúvo). 0 padrão americano é 2m por 1,20m.

Person to person – A ligação telefônica só é efetuada se atender a pessoa solicitada.

Pitch – 0 espaço entre as poltronas de um avião.

Preservative – Conservante de geleias e enlatados.

Receptivo – É a agência credenciada pela empresa operadora da viagem, para receber os passageiros nos destinos e realizar os passeios incluídos na programação.

Rooming list – Relação de nomes de passageiros, divididos de acordo com os hotéis e acomodações a serem utilizados.

Ski-in / out – Diz-se de hotel de montanha onde o hóspede pode sair/chegar esquiando. Trilha de esqui que liga o hotel diretamente às pistas regulares.

Stand by – Situação do passageiro que aguarda resposta sobre algum serviço solicitado (confirmação de passagem aérea, viagem, hotel, trem, etc.).

Traslado / transfer – É o transporte terrestre de um passageiro. Pode ser “in / out”, quando tratar-se do traslado de chegada / saída de um passageiro, em determinada cidade ( transporte do Aeroporto até o hotel e vice-versa).

Up-grade – Serviço oferecido como “cortesia” , por hotéis, navios, Cias. Aéreas, onde o passageiro usufrui de um serviço superior ao que foi adquirido.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta