Página Inicial Dicas Dicas de Viagem (geral)

Dicas de Viagem (geral)

Olá amigos todos nós ficamos meio confusos na hora de viajar, o que levar, qual o peso da mala, etc… por isso elaborei aqui algumas dicas que podem ser muito úteis para os que estão de viagem marcada vale apena conferir algumas informações antes de embarcar.

Desejo a todos uma Boa viagem!

  • Copiando os documentos

Tire uma ou duas cópias legíveis da sua passagem aérea. Faça o mesmo com sua identidade, a carteira de motorista, o seguro dos cheques de viagem e o passaporte, principalmente as páginas do visto, da foto e dos dados pessoais. Deixe os originais sempre em lugar seguro. As cópias podem ser guardadas em lugares diferentes: uma na mala, outra na carteira/pochete ou na bagagem de mão. Em caso de extravio, perda ou roubo você terá os originais e evitará complicações. Anote também o número de seus cartões de crédito.

No hotel, deixe os originais no cofre, junto a outros objetos de valor. Ao sair, leve apenas as cópias dos documentos, principalmente do passaporte, que é o mais importante.

  • As malas!

Sempre consulte um site de meteorologia para se informar como anda o clima do lugar para onde você está viajando. Caso seu destino seja para um país em clima quente, programe fazer suas malas com roupas leves, como bermudões, shorts, camisetas, sandálias e boné. Porém, o que não pode faltar é o velho e confortável tênis. Você vai precisar muito dele. No entanto, quem não abre mão da elegância ou prevê um programinha mais sofisticado, deve levar uma peça ou outra em microfibra. Sapato social, carregue só um par e de preferência preto, que combina com qualquer traje; leve o mínimo necessário. Lá você poderá encontrar o que precisa e o que nem imagina precisar. Essa é uma boa desculpa para fazer compras! Nesse caso, ponha dentro de uma das malas outra vazia para trazê-la cheia. Você tem direito a despachar um número definido de volumes, com determinado limite de peso, sem contar a bagagem de mão.

Sempre consulte a companhia aérea sobre o limite de peso das bagagens, muitos quilos em excesso podem custar caro. Sugestão: pese suas malas antes de ir ao aeroporto, quando estas estiverem mais pesadas que o permitido pela companhia aérea, leve o que puder principalmente aquelas coisa menos volumosas e pesadas na bagagem de mão que jamais é pesada. Tudo que possa ser acomodado nos bagageiros que ficam acima das poltronas é passível de ser aceito como bagagem de mão. Pequenas malas de rodinhas e puxadores podem ser bagagens de mão. Nunca faça o check-in acompanhado de sua bagagem de mão se esta é consideravelmente volumosa, apenas mostre aquelas malas que serão registradas, caso contrário eles te criarão problemas.

Coloque na alça de cada mala uma etiqueta com seu nome. Em geral, escreve-se o último sobrenome e depois o resto do nome. Há também o recurso de amarrar fitas coloridas nas alças ou marcá-las com adesivos chamativos, a fim de reconhecê-las de imediato. Porém, o mais importante é identificá-las (por fora e por dentro) com seu nome completo, telefone e endereço do país onde reside. Depois, feche todas com cadeados. Mantenha a chave com você e a cópia com outra pessoa da família.

  • Passagens

Se você viaja sozinho ou com a família, procure uma companhia aérea que tenha tradição e idoneidade. Muitas operam com voos diretos e diários para seu destino. Depois de feita a reserva, confirme o voo com 72 horas antes de embarcar.

  • Escolha o lugar certo

Se você é fumante ou não, escolha o assento adequado no momento em que comprar a passagem ou na hora de despachar as malas no aeroporto. Leve em conta também a proximidade do banheiro. Estando perto dele, você evita filas, mas é obrigado a conviver com o abre-fecha das portas e as luzes constantes.

  • Cardápio especial

A maioria das companhias aéreas oferece cardápios alternativos durante o voo. Geralmente pode-se optar pelo vegetariano, macrobiótico, para diabéticos e para criançada. Caso você se interesse, informe a companhia aérea no ato da sua reserva e encomende o prato de sua preferência até 24 horas antes do embarque.

  • Meu Rico Dinheirinho

Evite levar grandes somas em dinheiro vivo. Dê preferência aos cheques de viagem. Lembre-se também que a maioria dos hotéis, lojas, mercados, casa de espetáculos, hospitais e prestadoras de serviços trabalha com cartão de crédito internacional. Se você ainda não possui, requisite-o no banco em que possui conta. Mas é bom carregar alguns trocados. Eles serão muito úteis para gorjetas e pequenas despesas.

As compras feitas com cartão de crédito internacional serão cobradas no Brasil, na data normal de vencimento, levando-se em conta o dólar ou euro turismo do dia. Se ocorrer a perda ou roubo dos cartões, notifique imediatamente suas companhias, nas agências localizadas na cidade onde você estiver. Eles serão cancelados e você receberá um novo cartão para uso imediato. No caso da perda ou roubo dos cheques de viagem, eles só serão reembolsados se você estiver com o seguro em mãos.

No entanto, se você insiste em levar dinheiro vivo, logo que chegar em seu hotel/acomodação deposite-o no cofre ou deixe-os trancados em sua mala com seus documentos originais e outros objetos de valor, e retire apenas o que precisar para o dia-a-dia.

  • Chegando lá…

CARTÃO DE EMBARQUE – É distribuído no avião. Preencha-o antes de desembarcar. No aeroporto, ele será exigido por um funcionário do Serviço de Imigração, que lhe fará algumas perguntas como: profissão, objetivo da viagem, endereço e tempo de permanência no país (dependendo do país). Esses funcionários geralmente falam inglês e espanhol. Depois de tudo confirmado, eles carimbam seu passaporte e você vai para a alfândega.

  • Mala Extraviada

As companhias aéreas preveem uma indenização de apenas 20 dólares por quilo. Como em geral você pode levar até 32 quilos em cada mala, o ressarcimento não será suficiente. Se for o caso, faça um seguro extra no ato do check-in. Basta declarar o conteúdo da mala e estimar o valor do seguro ou adquira o Seguro BIL. Contudo, alguns objetos não são segurados, tais como joias e cheques de viagem. Portanto, se a sua mala não aparecer na esteira, procure imediatamente o guichê da companhia aérea e faça a reclamação. 80% das bagagens extraviadas são recuperadas.

  • De olho no relógio

Americanos e europeus não costumam tolerar atrasos. Para eles, isso é falta de respeito com os compromissos, mesmo que seja para diversão. Portanto, não atrase. Respeite os horários combinados. Saiba que é comum, no exterior, horários que nós chamaríamos de “quebrados” (por exemplo: 2 horas e 15 minutos ou 7 horas e 40 minutos). Nos EUA você também não verá indicações do tipo: 18 horas ou 23 horas. O usual são siglas P.M. “pós meio dia” , e A.M. para “antes meio dia”.

  • Outros Toques

– Se você viaja com a família, o ideal é ter roupas de todos em cada mala. Assim, caso alguma se extravie, ninguém será prejudicado. Se estiver sozinho, garanta-se com roupas adicionais na bagagem de mão. Outra dica é levar uma maleta que estará sempre com você, contendo uma muda de roupa completa.

– Nada de levar lençóis ou toalhas de banho. Sua acomodação se encarregará de fornecê-los. Mas, se você vai acampar, aí é diferente!

Atenção: Você não pode levar (nem precisa!) nenhum tipo de comida para outro país, como enlatados, por exemplo. É proibido por lei.

– Se pretende viajar com algum equipamento eletrônico (uma filmadora, por exemplo) coloque-o na bagagem de mão. É fundamental declará-lo na Receita Federal, antes do embarque. Procure o local de atendimento no aeroporto. O funcionário lhe dará um formulário onde você deve especificar marca, número, modelo e outras informações adicionais, como prova de que saiu do país com o equipamento. Atualmente, o formulário é válido por dois anos. Guarde esse documento junto aos demais, em lugar seguro.

– Se você ainda não domina a língua, não se esqueça de incluir um bom dicionário de bolso na bagagem. Será muito útil.

– Procure levar os remédios que você acha necessários. Saiba que na maioria dos países estrangeiros, qualquer medicamento só é vendido mediante receita médica.

– É sempre útil ter a mais recente prescrição do oftalmologista em mãos ou óculos sobressalentes.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta