Página Inicial Destino Américas Fim de férias – algumas dicas de Orlando

Fim de férias – algumas dicas de Orlando

Nos posts anteriores falei um pouco sobre Orlando e seus parques. Espero ter conseguido compartilhar com vocês um pouco da impressão que tivemos ao visitar esse lugar incrível. Orlando é um daqueles lugares pra onde a gente vai quando quer fugir do dia-a-dia. Tudo é tão mágico, tão perfeito que não há aborrecimentos com absolutamente nada. Lá aprendemos um novo significado para a palavra FÉRIAS!

Nesse último post gostaria de pontuar algumas de nossas impressões:

  • Melhor dica: alugar carro com GPS. Pior dica: I-rider Troller, uma linha de ônibus que percorre toda a Internetional Drive e a maioria dos parques. Os ônibus são enfeitados com carinhas sorridentes e os pontos são decorados. Nós nem chegamos a utilizar os seus serviços pois logo percebemos que seria complicado conciliar o interesse de 5 pessoas com os horários do i-troller. É uma boa opção para grupos menores ou para quem não tem a possibilidade de alugar o carro.
  • Melhor restaurante: Red Lobster – pratos deliciosos, bons preços, camarões e lagostas com temperos na medida certa, bem ao nosso gosto. Pior restaurante: TGI Fridays – não tem nenhum apelo. A comida é simples, o atendimento dentro do esperado; perdeu o encanto e a popularidade de anos atrás. Sobre comida, vale a pena ressaltar que os temperos utilizados na América são, basicamente, sal e pimenta do reino. Então, todo prato é um pouco picante. Para aqueles que, como eu, não gostam de pimenta, há poucas opções. Mas, sempre vale a pena perguntar ao garçon se o prato é picante (Is this spice?, foi uma das frases que mais usei), pois sempre há alguma receita que combina melhor com o nosso paladar.

  • Melhor lugar pra compras: Florida Mall – pode não ter os preços de um outlet, mas tem inúmeras lojas e ar condicionado (fundamental para o calor de Orlando). Pior lugar para as compras: as lojas do Island of Adventure – não tem provador.

  • Melhor parque: Island of Adventure – todas as atrações são incríveis, super-modernas e com grandes e agradáveis surpresas. Pior parque: Universal Studios – pior parque é um termo pesado, mas está tão ultrapassado que foi uma grande decepção.

  • Melhor atração: The incredible Hulk (Island Of Adventure). Manobras indescritíveis!! Pior atração: Nárnia (Hollywood Studios) – muito sem graça. Fica-se dez minutos dentro de uma sala que parece uma espécie de templo, enquanto passa um filme nas paredes. Após a exibição do filme, as portas de saída se abrem. Isso dá uma sensação de frustração enorme.

  • Melhor simulador: Harry Potter and the Forbidden Journey (Island of Adventure). O passeio por dentro do Castelo de Hogwarts, os detalhes e as manobras são perfeitas!!! Pior simulador: Mission – Space (EPCOT)

Além disso, gostaria de pontuar também algumas situações que vivenciamos em Orlando, pois apesar de ter buscado inúmeras informações na internet e com os amigos, cometemos alguns erros e também tivemos gratas surpresas. São elas:

  •  Aluguel de carro: Tínhamos a ilusão de poder andar por Orlando como se anda em NY (táxi, metrô, ônibus, a pé). Impossível!!! O carro é fundamental. Na saída do aeroporto de Orlando, existem inúmeros guichês de locadoras de carros com infintas ofertas. Então pesquise muito antes. Várias companhias aéreas possuem descontos para quem faz a “compra casada” (passagem/hotel + aluguel de carro). Sites como o Decolar ou Expedia oferecem descontos para quem aluga o carro através de seus links. Além disso, temos uma infinidade de cartões de crédito que oferecem inúmeros benefícios para seus associados. Atualmente, está passando um comercial da VISA PLATINUM oferecendo seguro para carro alugado, desde que esse aluguel seja pago com o cartão. Então, procure e analise todas as ofertas.
  • Outlets: Orlando tem inúmeros outlets, dos mais variados tamanhos, com todas as lojas que nós, os brasileiros, adoramos. Nós priorizamos o Orlando Premium da Vineland Ave, que tem 150 (maravilhosas) lojas. Também fomos no Orlando Premium da International Drive, com 220 lojas. E têm muitos outros, a maioria das marcas mais famosas tem lojas em todos eles e boa parte das mercadorias também são as mesmas. Escolha um outlet para chamar de seu, e boas compras.
  • Shopping: em Orlando, dois grandes shoppings se destacam: o Millenia at Mall e o Florida Mall. Gostamos igualmente dos dois. O Millenia é um shopping mais alta classe, embora com menos lojas que o Florida Mall. É um charme, muito elegante e muito bem decorado. O Florida Mall pode não ter a mesma beleza que o Millenia, nem os preços do Outlet, mas adoramos esse shopping. Cabe destacar que no Florida Mall fica atualmente a Apple Store de Orlando.
  • Wal-mart: nos EUA, a rede de supermercados Wal-mart é um verdadeiro achado. Lá podemos encontrar um pouco de tudo, desde roupas até artigos para casa, de comida  a brinquedos. Sem falar que os preços chegam a ser mais interessantes que nos outlets. Mas, obviamente, não tem o apelo de marcas famosas como Calvin Klein ou Armani, mas podemos encontrar boas peças de roupas, acessórios, perfumes, relógios, enfim, uma infindade de coisas. Vale muito a pena perder uma tarde em um dos gigantescos Wal-mart da região.
  • Hotel: como disse anteriormente, fizemos a reserva do nosso hotel pelo Decolar.com devido a uma dica do site Viajando para Orlando.  Pesquisamos o hotel no TripAdvisor, vimos as fotos e foi realmente uma bom escolha: apartamento amplo, decoração simples mas agradável, muito bem limpo. No entanto, fica longe do burburinho da International Drive (restaurantes e lanchonetes).
  • Restaurantes: Orlando tem uma infinidade de restaurantes e lanchonetes das redes mais conhecidas mundialmente. Escolhemos um pra cada dia, assim tivemos gratas surpresas e algumas decepções. A Applebee’s, por exemplo, é melhor em Nova York. Não deixe de visitar também os restaurantes do City Walk, na entrada dos parques da Universal.
  • Espetáculos de fogos: em todos os parques da Disney há espetáculos de fogos no final do dia. Nos programamos para assistir a todos eles e podemos afirmar que nunca vimos nada igual. São espetáculos lindíssimos, muito bem feitos e de tirar o fôlego. Não deixe de assistir.
  • Fast Pass e Universal Express: são cartões papa-fila, utilizado nos parques da Disney e nos da Universal, respectivamente. O fast-pass funciona da seguinte maneira: próximo a entrada da atração, tem alguns guichês eletrônicos escrito fast-pass. Você insere seu ingresso e retira outro com a inscrição Fast-pass e o horário em que poderá usá-lo. Normalmente o período para utilização é de uma hora. Também possui o horário em que outro fast-pass pode ser adquirido. Na hora indicada, você volta à atração e pega a fila Fast-pass, normalmente menor e mais rápida. É indispensável para as atrações mais populares.

Gostaria de falar também da Downtown Disney e a Pleasure Island, um lugar mágico com lojas, restaurante e uma paisagem linda. Em Downtown, a gente encontra restaurantes como o Planet Hollywood, Rain Florest e o T-Rex, lojas da Disney e da Lego e outras lojas temáticas, além de alguns shows como o Cirque Du Soleil. É um lugar fantástico para se passear durante o dia ou à noite. Não deixem de ir.

Em Orlando Downtown é possível assistir a um jogo de basquete da NBA ou mesmo um concerto. Tivemos a sorte de estar na cidade durante a turnê da banda Bon Jovi. Ficamos impressionados com a organização do evento, o tamanho da estrutura do Amway Center e do inesquecível show de rock a que assistimos. Fechamos nosso passeio com chave de ouro e espero que na sua visita a Orlando, você possa se divertir tanto quanto nós.

COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Luciana,
    Parabéns pelo post. muito bem escrito com informações detalhadas. Algumas coisas eu nem sabia mesmo vivendo em Orlando. O que acontece é que dificilmente vou para essas atrações turísticas. Frequento os parques quando estes estão vazios. No entanto, gostaria de dizer uma coisa. Me entristece um pouco o fato de os turistas brasileiros só pensarem nos parques e compras quando veem a Orlando. Eu entendo que com os preços do Brasil, realmente precisa-se aproveitar um viagem a um lugar onde tudo é tão barato. Mas Orlando é tão mais que apenas parques e compras. Muitos brasileiros ficam hospedados perto da Disney e fazem tudo por lá. Alguns sequer foram ao centro histórico de Orlando, com suas casas centenárias, ao Lake Eola nas feiras de domingo, a Winter Park, Baldwin Park que são maravilhosos, ao Museu de Ciência que é espetacular, assistir a uma peça da Broadway ou mesmo conhecem os bons e baratos restaurantes de Orlando. Fica tudo resumido só em torno do downtown Disney e as lojas caríssimas daquele lugar. A minha dica seria para reservar um ou dois dias e pesquisar outras atividades e ver realmente como os americanos vivem nessa cidade maravilhosa que é Orlando.
    Abração!

  2. Oi Renato, obrigada pelo elogio e comentário. Então, estivemos em Orlando Downtown apenas para o show do Bon Jovi, mas me lembro de ter comentado com meu marido que gostaria de conhecer mais a cidade, pois demos uma volta de carro por alguns desses locais que você mencionou. Pelo pouco que vimos, percebemos que Orlando merece uma visita com mais tempo e calma. Quem sabe, numa próxima ida….

  3. Olá!
    Em fevereiro deste ano estive em Orlando com meu namorado e uma outra dica muito boa para reservas de hotéis é o site Booking.com.
    Este site traz informações sobre os hotéis, comentários´e avaliações de quem já se hospedou em determinado hotel, além de às vezes oferecer a melhor tarifa. Todas essas informações estão em Português.
    Bjs

  4. Luciana,
    Gostaria de saber se você afinal fez a reserva de hotel pela decolar.com ou pela trip.advisor ? Não entendi bem.
    Gostou da decolar ? Qual o hotel que ficaram.
    As dicas são otimas.
    Tudo de bom.
    Um abraço.
    Leda Gandra

    • Leda,

      Desculpe pela confusão. A reserva foi feita pelo site Decolar.com. Eles s~~ao excelentes e não tive nenhum problema. Além disso, pelo Decolar é possível parcelar o valor da hospedagem em até 6 vezes.
      O tripadvisor eu usei para verificar a reputação do hotel, pois lá, hóspedes do mundo inteiro postam fotos e vídeos e fazem comentários bastante verdadeiros.
      Espero que te esclarecido sua dúvida
      Um abraço e obrigada

Deixe uma resposta