Dicas para quem está indo a Austrália

Elaborei um pequeno manual que pode ajudar aqueles que estão indo para a Austrália pela primeira vez, informações preciosas que faz uma diferença enorme no dia a dia.

  • Aluguel de Carros

Austrália tem uma boa rede de estradas bem conservadas e para os mais aventureiros, algumas trilhas que levam para o outback. Carros de aluguel estão disponíveis nos principais terminais aéreos, ferroviários, nas locadoras das cidades e nos resorts. Podem ser alugados na chegada ao pais porém, é aconselhável reservar com antecedência. As taxas variam de acordo com as operadoras, localização, estação, tipo de veiculo e período do aluguel. Os veículos vêm com o tanque cheio e o turista paga o combustível usado. Em geral, as taxas são para quilometragem ilimitada nas áreas metropolitanas. A maioria das locadoras dá dicas e fornece guias e mapas referentes à região onde o turista estará viajando. Uma lista com o nome das locadoras e seus escritórios na Austrália pode ser obtida nas próprias empresas.

  • Acomodação

Os mais altos padrões de acomodação, preparados para atender qualquer tipo de orçamento. Essa é a indústria hoteleira australiana. Há hotéis e resorts de luxo, confortáveis estabelecimentos de estrada, flats e hospedarias, fazendas e casas de família. Quando possível, devem ser feitas reservas com antecedência. Na Austrália, as acomodações são classificadas em categorias por número de estrelas com base nas instalações e localização. As classificações abaixo, realizadas pelo Automóvel Clube da Austrália, servem somente como referência de preços e estão sujeitas a alterações. 5 estrelas: estabelecimentos em estilo internacional, de padrão superior, com uma extensa gama de serviços (apartamentos para até duas pessoas, de A$ 280 a A$ 540; suítes de A$ 580 a A$ 3.500). 4-4 1/2 estrelas: muito recomendados, decoração de alto nível e um alto grau de conforto (quartos para até duas pessoas, de A$ 165 a A$ 280). 3-3 1/2 estrelas: hotéis bem recomendados com quartos confortáveis e decoração de qualidade (acomodação para até duas pessoas, de A$ 125 a A$ 165). Menos de 3 estrelas: uma variedade de estabelecimentos bem conservados, que oferecem um padrão básico (até duas pessoas no quarto, de A$ 65 a A$ 95; backpacker (albergues) de A$ 20 a AS 30 por pessoa). Flat Service: apartamentos completamente equipados, de um a três quartos com área de estar, cozinha completa, lavanderia e banheiros (de A$ 200 a A$ 400).

  • Transporte aéreo internacional

Há várias opções para se chegar à Austrália por via aérea: Aerolineas Argentinas e a Qantas Airlines com vôos alternados, saindo de São Paulo ou do Rio para Buenos Aires e de lá para a Nova Zelândia e a Austrália, pela Rota Transpolar – os passageiros também podem voar até Los Angeles e pegar uma conexão com a Air New Zealand, Qantas ou United Airlines; outra alternativa é viajar com a LanChile até o Taiti e de lá pegar um vôo da Air New Zealand ou da Qantas (que tem um acordo de code-share com a LanChile); pode-se ainda, voar com a South African Airways até Johannesburgo e de lá para a Austrália.

  • Transporte Aéreo doméstico

As linhas domésticas e regionais da Austrália oferecem serviços confortáveis e eficientes para todas as capitais dos Estados, cidades do interior e áreas de interesse turístico. A Qantas pode levar o viajante para onde ele quiser, das grandes cidades até a mais remota aldeia no outback. Passes aéreos estão disponíveis para o visitante estrangeiro. A Ansett Austrália e suas afiliadas oferecem serviços regulares, incluindo capitais e cidades importantes. A companhia também dá descontos vantajosos.

  • Horário bancário/ comercial

Os bancos estão abertos das 9h30 às 16h, de segunda a quinta-feira, e as sextas-feiras, das 9h30 às 17h. Em alguns Estados, determinados serviços bancários estão disponíveis aos sábados de manhã. O horário comercial é das 9h às 17h, de segunda a sexta. As agências do correio funcionam das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira e geralmente, é possível encontrar selos na recepção dos hotéis, motéis e alguns pontos comerciais.

  • Clima

Geralmente o clima é agradável, sem temperaturas extremas. Existem duas zonas climáticas. A zona tropical, ao norte, acima do Trópico de Capricórnio, abrange aproximadamente 40% da Austrália. As áreas restantes estão na zona temperada. Entretanto, devido à extensão do território australiano, há variações. As regiões temperadas têm as quatro estações, enquanto a zona tropical tem duas (verão úmido e inverno seco). As estações climáticas da Austrália são opostas as do Hemisfério Norte e iguais as do Brasil. Primavera: setembro – dezembro

Verão: dezembro – março Outono: março – junho Inverno: junho – setembro A Austrália é um pais para ser visitado em qualquer época do ano. Durante o verão faz calor em Western Austrália, Northern Territory e Queensland. Na área da Great Barrier Reef chove mais em janeiro e fevereiro. Ao norte de Queensland e parte do Northern Territory e Western Austrália, as estradas podem ficar inundadas durante a estação de chuvas, de janeiro a março.

A temporada de esqui vai de junho a outubro em New South Wales, Victoria e Tasmania.

  • Roupas

É só se guiar pelo gráfico de temperatura e pelos mapas do tempo. Nas regiões tropicais as roupas leves (fibras naturais) podem ser usadas o ano todo. Nas regiões temperadas do sul, os verões variam de tépidos a quentes, e roupas leves podem ser usadas durante o dia, porém é bom ter sempre um paletó ou suéter à mão, pois as noites podem ser mais frescas. Para os invernos do sul são aconselháveis suéteres, um paletó ou casaco leve e roupas mais quentes em geral. Os australianos vestem-se informalmente, mas para ocasiões especiais, como reuniões comerciais, teatros e jantares em restaurantes finos, os homens podem precisar de um paletó e gravata ou terno, e as mulheres de um vestido mais formal. A maior parte do tempo valem as roupas leves e confortáveis. Se há previsão de pegar um tempo quente, o visitante deve levar um chapéu de sol, óculos escuros e loção para proteção solar e bronzeamento. Para proteger os pés durante a observação de peixes nas piscinas de coral da Barrier Reef, recomenda-se um par de tênis ou sandálias.

  • Cartões de Crédito

Os cartões de crédito mais aceitos são American Express, Bankcard, Diners Club, Mastercard. Visa e seus afiliados. O uso de cartões poderá ser mais restrito em cidades pequenas, no campo e em pequenas lojas de varejo.

  • Moeda

A moeda australiana é decimal, tendo o dólar australiano como unidade básica (100 centavos equivalem a um dólar). Existem notas de $100, $50, $20, $10, $5 e moedas de 5c, 10c, 50c, $1, $2.

  • Câmbio

Existem casas de câmbio em todos os aeroportos internacionais da Austrália. A troca de moeda estrangeira ou cheques de viagem é efetuada com rapidez e facilidade na maioria dos bancos.

  • Caixas automáticos (ATM)

Os cartões ATMs (banco 24 horas) podem ser utilizados nas máquinas ATMs e na maioria dos locais varejistas, desde que tenham sido habilitados para acesso internacional. O portador do cartão (de várias bandeiras) necessita de uma senha para obter dinheiro vivo ou outros serviços. Contate seu banco ou administradora de cartão para informações sobre essa disponibilidade e sobre taxas cobradas.

  • Alfândega

Existem leis rígidas proibindo ou restringindo a entrada de drogas, esteroides, armas, armas de fogo e animais silvestres protegidos e produtos derivados. Todos os animais, gêneros alimentícios, plantas e derivados são submetidos a um controle (quarentena) e devem ser declarados na chegada. As penalidades por infringir essas leis são severas. Se tiver dúvida sobre qualquer item da sua bagagem, declare-o e consulte um oficial da alfândega. Não há limite de dinheiro australiano e/ ou estrangeiro que pode ser trazido ou levado da Austrália. Entretanto, quantias superiores a A$ 10.000, ou equivalente em moeda estrangeira, devem ser declaradas na chegada. Moeda significa notas e moedas legais, mas não inclui cheques de viagem ou outros instrumentos monetários.

Formulários para transferências de moeda podem ser encontrados com os inspetores das alfândegas nos portos ou aeroportos. Esse procedimento é exigido pela lei e desrespeitá-lo é considerado um crime. Todo turista acima de 18 anos pode trazer para Austrália 1.125 ml de bebida alcoólica e 250 cigarros ou 250 gramas de produtos de tabaco, isentos de taxa aduaneira.

Pessoas de 18 anos ou mais podem comprar outros produtos para presente até A$ 400 (menores de 18 até A$ 200), sem taxas aduaneiras. É necessário passar pela alfândega com esses artigos, que não podem ser comercializados. Além dessas concessões, os turistas que permanecerem na Austrália por um período de tempo limitado podem trazer a maioria dos artigos sem cobrança de impostos, informando à alfândega que são para seu uso pessoal e que serão levados ao deixarem o país.

  • Taxa de embarque

Em 1 de julho de 1995 foi adotado um sistema mais conveniente para pagar sua taxa de embarque. Em vez de pagá-la em um aeroporto australiano ou agência de correio, a taxa de A$ 27 é agora cobrada antecipadamente, junto com a passagem aérea. Crianças menores de 12 anos, passageiros em trânsito por 24 horas ou por mais de um dia, por motivos alheios à sua vontade, estão isentos de pagar a taxa.

  • Leis de trânsito

Os australianos dirigem do lado esquerdo, como na Inglaterra. O limite máximo de velocidade é de 60 Km/h (35 mph) e em estradas de campo e auto-estradas de 100 km/h (62 mph) a 110 km/h (68 mph), a menos que placas de sinalização indiquem o contrário. As leis contra dirigir alcoolizado são rígidas. O motorista e os passageiros devem usar cintos de segurança o tempo todo. O turista pode dirigir na Austrália com uma carteira de motorista estrangeira válida para o mesmo tipo de veículo, levando-a sempre consigo. Se a carteira não estiver em inglês, é necessário apresentar uma tradução. Uma carteira internacional de motorista não é o suficiente e deve ser acompanhada pela carteira de motorista válida de seu país de origem. Para esclarecimentos, é bom contatar a Policia Rodoviária Estadual na chegada.

  • Comida e Restaurantes

Para jantar, há restaurantes elegantes nos hotéis e em outros locais. Uma boa opção na hora do almoço são os balcões dos pubs. Bistrôs, cafés e restaurantes com comida caseira oferecem boa refeição por preços razoáveis. Existem muitos lugares baratos, incluindo cadeias de fast-foods e lojas com refeições “prontas para levar”ou para entrega a domicílio. A comida é fresca e abundante nos supermercados. Os vinhos australianos são bons e baratos; a cerveja é servida gelada. Normalmente, os restaurantes só servem água gelada quando solicitada. Muitos restaurantes fabricam suas próprias bebidas alcoólicas; outros permitem que o cliente leve sua bebida (BYO -bring your own, traga sua própria bebida) para acompanhar a refeição -geralmente vinho ou cerveja.

  • Eletricidade

A corrente elétrica na Austrália é 240/250 Volts, AC 5OHz. As tomadas têm três saídas, dependendo do país de origem do turista, será necessário um adaptador. Se os aparelhos forem de 110V, é bom ver se há um alternador de voltagem de 110/ 240V; caso contrário, é preciso um transformador. Tomadas universais para barbeadores de 240V ou 110V são encontrados nos principais hotéis.

  • Emergência

Para casos de emergência, como ambulância, incêndio e policia, é só discar 000.

  • Saúde na Austrália

O viajante encontrará poucos riscos para a saúde quando estiver viajando em qualquer parte da Austrália. Os padrões de higiene são elevados, principalmente na preparação da comida. Os médicos e dentistas são altamente capazes e os hospitais são bem equipados. Em caso de doença, o seu hotel poderá chamar ou recomendar um médico, ou pode-se pedir à embaixada ou consulado do pais de origem do turista uma lista de médicos recomendados por eles. É aconselhável que os visitantes estrangeiros façam um seguro-saúde ou comprem um cartão de assistência antes de viajar. O governo australiano recomenda que se certifiquem de que o seguro pessoal ou de viagem inclua um seguro-saúde para cobrir possíveis doenças ou acidentes. E recomenda aos turistas: “Para ter uma vida saudável e segura na Austrália, proceda da mesma forma que faz em sua casa. Assim como você se protege do sol australiano, proteja-se também contra as doenças sexualmente transmissíveis, especialmente a AIDS.”

  • Outback

É bom tomar precauções para se viajar independentemente para áreas mais isoladas do outback (interior). A viagem deve ser planejada com a ajuda de um mapa confiável e o roteiro deve priorizar as rotas conhecidas. Conferir as condições de hospedagem e das estradas, antes de partir, também é recomendável.

É bom informar a alguém sobre que rota vai seguir, destino e hora prevista de chegada e pedir que a policia seja informada caso o viajante não tiver mantido contato na hora combinada; uma boa provisão de combustível, alimento e água (pelo menos cinco litros de água/dia/por/ pessoa) deve ser providenciada; beber água regularmente e em quantidades suficientes previne a desidratação: se o veiculo quebrar no percurso deve-se permanecer onde haja sombra e proteção do calor.

  • Idioma

O inglês é o idioma oficial em toda a Austrália. Assim como o português de Portugal e o do Brasil, o inglês australiano apresenta peculiaridades de sotaque e expressões idiomáticas próprias, relativamente próximas àquele falado no Reino Unido ou nos Estados Unidos, embora o padrão seja o inglês britânico. Mas como os australianos são muito solícitos e recebem os estrangeiros muito bem, os turistas podem e devem fazer perguntas.

  • Bagagem

As bagagens despachadas e de mão poderão ser inspecionadas pelos oficiais alfandegários e inspetores de segurança dos aeroportos. A bagagem de mão também é conferida pelo pessoal de segurança dos aeroportos, antes do embarque em voos domésticos e internacionais.

  • Leis para bebidas alcoólicas

Os regulamentos sobre o consumo e venda de bebidas alcoólicas variam em cada Estado. Entretanto, existem certas regras gerais. Os bares públicos têm licença para funcionar de segunda a sábado, das 10h às 22h.

Aos domingos, o horário varia em cada Estado. Os restaurantes, clubes e hotéis possuem um horário mais flexível. É necessário ser maior de 18 anos para consumir álcool em público. Garrafas fechadas são vendidas apenas em hotéis e lojas autorizadas para a venda de bebidas alcoólicas.

  • Combustível

O combustível na Austrália é vendido por litro e pode ser: super leaded, unleaded regular e premium unleaded. A gasolina custa entre A$ 0,90 e AS 1,30 por litro, sendo que a unleaded custa dois centavos a menos por litro. Frequentemente, os preços são mais altos nas áreas rurais. Os postos de gasolina são muitos, mas os horários de funcionamento variam. A maioria aceita cartões de crédito internacionais.

  • Medicamentos

É permitido aos visitantes levarem quantidades razoáveis de medicamentos (não narcóticos) prescritos pelo médico de seu pais. Todos devem estar claramente rotulados e identificados. Para grandes quantidades é aconselhável levar uma receita médica para apresentar à alfândega, se necessário, e para um médico australiano, se solicitado. Todos os medicamentos precisam estar na bagagem de mão. As farmácias locais, chamadas de “chemists”, podem manipular a maioria das receitas, mas para isso precisam ser prescritas por um médico registrado na Austrália.

  • Quarentena

A Austrália tem um ambiente único e também livre de muitas pragas e doenças encontradas em outros locais no mundo. Por isso, a importação de comidas frescas ou embaladas, frutas, ovos e seus derivados, carnes, vegetais, sementes, animais e plantas são rigorosamente controlados. Ao entrar na Austrália de avião ou navio é necessário preencher o Travellers’ Statement. Se estiver transportando qualquer animal ou planta (na bagagem de mão ou despachada) o viajante tem de declará-los na chegada. Os inspetores da quarentena checam as bagagens nos aeroportos internacionais de toda a Austrália. A falta de declaração desses itens gera penalidades severas.

  • Religião

O cristianismo é a fé predominante, mas todas as maiores religiões estão representadas. Há igrejas, mesquitas, templos e sinagogas na maioria das principais cidades. Os hotéis poderão informar sobre esses locais.

  • Fumar

Não é permitido fumar em prédios oficiais e na maioria dos transportes públicos, incluindo voos domésticos. Algumas linhas aéreas internacionais proíbem o fumo enquanto no espaço aéreo australiano, assim como nos aeroportos.

  • Táxis

Serviços de táxis existem nas grandes e pequenas cidades. Há pontos de táxi nos terminais de transporte, nos principais hotéis e shopping centers e também andando disponíveis pelas ruas. Táxis livres exibem uma luz indicadora. Existem empresas de rádio-táxi, que poderão ser encontradas nas Listas Amarelas e que ao serem, chamadas, cobram um pequeno acréscimo. Taxas adicionais para bagagem e reservas antecipadas são cobradas à parte, caso contrário o valor da corrida é do taxímetro. Os motoristas de táxi não esperam gorjetas, mas as aceitam.

  • Telefones

A Austrália possui um moderno sistema de telefonia. O custo mínimo de uma ligação local de um telefone público é 40 centavos. Os telefonemas interurbanos dentro dá Austrália (STD) e Ligação Direta Internacional (DDI) podem ser feitos de telefones públicos. A telefonista fornece os pregos das chamadas, que variam de acordo com a distância e o horário. Os telefones públicos aceitam várias moedas e Phonecard (cartões). O Phonecard é um cartão pago antecipadamente para uso em telefones públicos para fazer chamadas interurbanas e internacionais e podem ser usados em 75% dos telefones públicos. Os cartões podem ser adquiridos no varejo e custam $5, $10, $20 ou $50. Os cartões Telstra PhoneAway podem ser usados de qualquer telefone na Austrália, telefones de casa e escritório, celulares, de hotéis e públicos. Todos os custos de chamada são cobrados no cartão. Os Creditphones utilizam a maioria dos principais cartões de crédito como American Express, Visa e Diners International e podem ser encontrados em aeroportos internacionais e domésticos, centros de cidades e muitos hotéis. O Country Direct permite acessar diretamente a telefonista do pais de origem do turista ou utilizar algum serviço automático. Não é necessário usar dinheiro vivo quando a chamada for a cobrar ou quando a chamada for debitada do cartão. Os Country Direct Calling Guides estão disponíveis em hotéis, agências de viagens e operadoras.

  • Gorjetas

A gorjeta não é um costume generalizado na Austrália e as taxas de serviços não são incluídas nas contas dos hotéis e restaurantes. Os carregadores de bagagem dos aeroportos, motoristas de táxi e cabeleireiros não esperam receber gorjetas embora você possa fazê-lo, se desejar. Nos terminais ferroviários, os carregadores estabeleceram um preço, mas não nos hotéis. Nos melhores restaurantes é habitual gratificar os garçons em até 10% da conta pelo bom atendimento. Dar ou não gorjetas é uma opção do turista.

  • Fusos horários

Existem três fusos horários na Austrália: o Eastern Standard Time (EST) que funciona em New South Wales, Australian Capital Territory, Victoria, Tasmania e Queensland; o Central Standard Time (CST) em South Austrália e Northern Territory; e o Western Standard Time (WST) em Western Austrália. O horário CST é meia hora a menos que EST, e o WST, duas horas. Os Estados australianos, exceto Western Austrália e Queensland e o Northern Territory têm horário de verão para economia de energia (o horário de verão em New South Wales, Australian Capital Territory, Victoria e South Austrália vai do fim de outubro até o fim de março, e na Tasmania, do começo de outubro até o fim de março).

  • Centro de Informações Turísticas

Até mesmo na menor cidade encontra-se um quiosque distribuindo informações turísticas e conselhos, sem cobrar nada. Estão identificados com o símbolo internacional “l”.

  • Cheques de Viagem

Podem ser trocados em bancos ou hotéis de maior porte, já que essa troca é difícil em qualquer outro lugar. Alguns bancos podem cobrar uma pequena taxa para trocar cheques de viagem por dinheiro.

  • Vacinação

Para entrar na Austrália todos os viajantes deverão ser vacinados contra a febre-amarela com pelo menos dez dias de antecedência à viagem. A carteira internacional de vacinação deve permanecer junto ao passaporte na chegada ao país.

  • Pesos e medidas

A Austrália usa o sistema métrico de pesos e medidas. Velocidade e distância estão medidas em quilômetros; mercadorias, em quilogramas e litros; temperatura, em graus Celsius (centígrados).

0 pensamentos sobre “Dicas para quem está indo a Austrália

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *