Página Inicial Cursos de Idiomas A importância do IELTS – International English Language Testing System

A importância do IELTS – International English Language Testing System

Tudo sobre o IELTS, o teste de proficiência na Língua Inglesa

Quem pensa em sair do Brasil, seja para trabalhar ou estudar, deve se preocupar em atestar sua proficiência na Língua Inglesa. Independente do país de destino, atualmente o inglês é requisito básico.

Muita gente ainda pensa que certificados de cursos de idioma no Brasil são suficientes para comprovar seus conhecimentos. Mas para estudos de graduação e pós-graduação, bem como para alguns empregos fora do país, eles não valem nada.

Calma, não estou dizendo que seus 3, 5, 10 anos de estudos foram em vão. Estou dizendo que, para comprovar sua proficiência, é preciso fazer um teste que seja reconhecido internacionalmente. Escolhi falar do IELTS, pois já fiz duas vezes. Além disso, ele é o mais aceito mundialmente nos dias de hoje. Apesar de ser menos popular que o TOEFL entre os brasileiros, o IELTS é válido até mesmo em universidades do Brasil para ingresso na pós-graduação.

O teste é coordenado e realizado pela University of Cambridge juntamente com o British Council e o IDP Education Pdy Ltd. Meu primeiro IELTS foi feito em Auckland, na Nova Zelândia, em 2004. Como ele tem validade de dois anos, repeti a dose no início deste ano, em São Paulo. A prova é dividida em quatro etapas, todas realizadas no mesmo dia: Reading, Writing, Listening e Speaking. A nota máxima do teste é 9, sendo que você ganha uma nota independente em cada parte e recebe também uma Overall Bandscore, que é a média das quatro notas.

Para realizar a prova, você pode escolher entre duas versões: Academic e General Training. Eu recomendo a versão Acadêmica; apesar de mais difícil, ela serve justamente para o ingresso em universidades e empregos de maior status. A versão de “treinamento” serve mais para quem quer se testar ou mesmo buscar empregos informais fora do país.

Há cursos especializados que preparam os alunos para o IELTS, o que eu acho recomendável na primeira vez. Já nas seguintes, sugiro baixar algumas apostilas da internet e se dedicar aos exercícios pelo menos uma hora por dia (ver links abaixo). Foi o que fiz, utilizando o livro “202 useful exercises for IELTS”. Não consegui completar os quatro módulos, mas ainda assim consegui um 7.5 na Overall Bandscore e um 9 em Reading.

Não deixem para depois, um certificado de proficiência pode ser necessário a qualquer momento!

Informações úteis:

Tudo sobre o IELTS (inscrição, valor, datas e locais das provas): você pode conferir clicando neste site.

Outros testes de proficiência:

  • TOEIC, Test of English for International Communication;
  • TOEFL, Test of English as a Foreign Language
  • TSE, Test of Spoken English
  • ITEP, International Test of English Proficiency.
  • UBELT University of Bath English Language Test.
  • University of Cambridge ESOL Examinations
  • Trinity College London ESOL
  • STEP Eiken, Test of English

Links para download de apostilas:

Textos bastante úteis para quem vai fazer o IELTS:

COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Para enriquecer o artigo, seria bom comentar sobre nota a média considerada por empregadores, etc. Ou seja, qual score é necessário na média para ingresso em pós-graduações ou para trabalho formal no exterior, ainda, correlacionando aos níveis brasileiros (para ter uma noção), por exemplo:
    1-3 : iniciante (ou x horas aula)
    4-6 : intermediário (ou x horas aula)
    6-9 : avançado. (ou x horas aula)

    • João, não quis me aprofundar nessa parte, pois as universidades variam bastante quando se trata de notas requisitadas para ingresso.

      Os scores do IELTS vão de 1 a 9 (não existe nota 10).
      Algumas universidades até aceitam uma overall bandscore 5 para ingresso na graduação, mas é sempre bom ter um 6 para garantir. Já para pós-graduação (tanto strictu quanto lato sensu)o mínimo é 7 (mas algumas exigem até 8,5, dependendo do curso).

      O melhor a fazer é se informar pelo site da universidade qual nota eles exigem. Sempre há essa informação na seção “international students”.

      Já as universidades brasileiras, pelo que tenho visto, a maioria pede entre 6 e 7 para ingressos na pós-graduação strictu sensu. As lato sensu raramente exigem requisito em língua estrangeira.

      Espero que tenha ajudado 🙂

  2. Olá Gabriela, Adorei teu post sobre o IELTS!

    Sou estudante numa universidada publica, e pretendo tentar o ciencia sem fronteiras, no periodo de 1 a 2 anos. Comecei meu cursinho de ingles a 2 meses(duração de 18 meses) e estudo 30 min. diarios os materias do cursinho.
    Disponho de + 1 hora e meia por dia, para o estudo do ingles durante os proximos 1 a 2 anos.
    1)Qual tua dica do que posso estudar diariamente estas 1:30hrs/ 2 anos?

    2)..e o material que vc achar conveniente estudar, pode me passar o link(caminho) deste, ou mandar pro meu email?

    Muito grato,

    Leandro

Deixe uma resposta