A Copa do Mundo trouxe as belezas da Rússia para o centro das atenções. Um país com representação histórica importante, mas que também oferece excelentes opções turísticas com paisagens exuberantes, arquitetura própria e uma mistura de culturas que conquista os visitantes.

São 11 cidades-sede do mundial de 2018 e todas as regiões em que acontecerão os jogos já estão prontas para serem conhecidas e receber visitantes do mundo inteiro.

Hoje vamos contar para você algumas atrações turísticas que podem ser aproveitadas em cada cidade-sede da Copa. Aproveite para conhecer melhor esse país e a cultura da Rússia.

1.      São Petersburgo

Rússia
São Petersburgo

É uma das cidades mais importantes da Rússia, a antiga capital do Império Russo, que foi erguida pelo czar “Pedro, o grande”.

A cidade, conhecida também como a Veneza do Norte, une a arquitetura do passado com cenários modernos e vibrantes. Um passeio pela Avenida Vevsky mostra das fachadas com arquitetura neoclássica sendo cortadas pelos canais do Rio Neva.

O passeio por São Petersburgo não pode deixar de fora as catedrais Kazan e Isaac, a Igreja do Sangue derramado (uma das mais exuberantes do país), e os imperdíveis Museu Russo e Hermitage, um palácio de ambientes suntuosos com uma coleção de arte fantástica. Você pode aproveitar e fazer esse passeio a borde das balsas (como em Veneza!).

2.      Moscou

Rússia
Moscou

Moscou disputa com São Petesburgo no quesito relevância histórica e turística na Rússia. A cidade oferece lindas praças públicas, monumentos históricos majestosos e muitas pessoas por todos os lados.

O metrô ultra moderno é um passeio à parte com estações que homenageiam famosos do país como a Dmitri Mendeleev, em referência ao criador da tabela periódica, que conta com luminárias remetendo a gigantescas moléculas.

Os domos coloridos das igrejas ortodoxas, os marcos do comunismo e a arquitetura socialista passam pelas janelas do silencioso poezda (trem) que cruza a cidade.

A Praça Vermelha e o complexo arquitetônico Kremlin merecem atenção, pois foram palco de execuções e coroações históricas desde o século XV. A catedral de São Basílio tem tráfego intenso de turistas e para ver o Mausoléu de Lenin é preciso chegar cedo.

Para conhecer melhor a cultura local não perca os passeios aos parques Gorki e Vdnh, com excelentes museus, instalações esportivas, palcos e lazer. Além disso, o Teatro Bolshoi oferece espetáculos de música clássica, balé e ópera à noite, um programa imperdível. (Saiba o que levar para a viagem para a Rússia nesse artigo.)

3.      Kaliningrado

Rússia
Kaliningrado (Crédito – danilovi/iStock)

Originalmente era a cidade alemã Königsberg, destruída na Segunda Guerra Mundial, que foi tomada, reconstruída e rebatizada pelas forças soviéticas, hoje se revela na carregada arquitetura soviética e nos obsoletos monumentos a antigos líderes.

A cidade oferece lindos parques arborizados e museus peculiares, como o Museu World Ocean que permite uma visita a um submarino nuclear e outras embarcações de guerra à margem do Rio Pregolya.

O museu do Âmbar também é uma experiência interessante com exposições sobre a história, ecologia, navegação, ciências e artes no Báltico. E o museu fica em uma antiga fortaleza neogótica do século XIX.

A Catedral de Kaliningrado, do século XIV, foi destruída e reconstruída durante as guerras, e se tornou o marco urbano mais importante da cidade, pois guarda o túmulo de importantes líderes do passado.

4.      Nizhny Novgorod

Rússia
Nizhny Novgorod

A cidade fica no topo de uma colina, na junção entre os rios Oka e Volga, se tornou a quinta maior cidade da Rússia. É uma cidade fortificada, o Kremlin de Nizhny, é protegida por torres de vigília, unidas por uma grande muralha.

Os passeios de barco pelo rio Volga são muito interessantes para ter uma visão diferente da cidade, que com a iluminação noturna especial, formam um lindo cartão postal.

Em terra firme o passeio imperdível é a descompromissada caminhada pelas alamedas do Kremlin e por seus jardins e museus. O passeio de teleférico, que cruza o rio Volga e leva os visitantes ao vilarejo de Bor, na margem Norte.

A visita à preservada Mansão Rukavishnikov, com ambientes do século XIX, e coleções de arte, também é um passeio imperdível.

5.      Volgogrado

Rússia
Volgogrado

A antiga Stalingrado é um destino importante para os amantes da história. Em 1942 a cidade sediou um dos capítulis mais sangrentos da Segunda Guerra Mundia: a Batalha de Stalingrado. O peso da tragédia continua existindo nos silenciosos jardins e monumentos em memória.

O museu mais importante é o Colinas MamaYev Kurgan, onde encontra-se a gigantesca Estátua da Mãe Rússia, uma figura feminina com 72 metros de altura, empunhando uma espada de 11 metros acima de sua cabeça.

O museu Panorama preserva a entrada de um edifício bombardeado e nunca restaurado, e oferece exposições sobre a Batalha de Stalingrado.

6.      Ecaterimburgo

Rússia
Ecaterimburgo (Crédito: klug-photo/iStock)

É outra charmosa e vibrante cidade histórica que marca a divisa entre a parte europeia e a asiática do território russo.

A Praça Platinka, a avenida central, oferece muitos restaurantes, cafés e agitam a noites da cidade. A Igreja do Sangue Derramado em Honra de Todos os Santos é uma obra-prima da arquitetura sacra e merece uma visita.

O Centro Cultural Boris Yeltsin é um complexo de galerias e auditórios que promove exposições de arte e educação.

Uma visita aos montes Urais também merece uma visita para apreciar seus aromas e cores diferentes. Uma das mais belas áreas é o Parque Bazhov, um bosque em meio às montanhas que ganha cores especiais no outona e muita diversão no verão.

7.      Saransk

Rússia
Saransk (Crédito: bladerunner7/iStock)

Essa é a menor das cidades-sede da Copa e por isso pode ser conhecida por um circuito fácil de ser percorrido a pé mesmo. A Casa Mordóvia, um vilarejo étnico-turístico com construções típicas de madeira é um dos passeios obrigatórios.

A catedral Feodor Ushakov e o Museu de Belas-Artes valem a visita. O centro de Saranski é marcado pela Praça Milennium, com um imponente centro de convenções e a Universidade da Mordóvia.

8.      Samara

Rússia
Museu Cosmos – Samara (Crédito: blinow61/Stock)

Uma cidade a beira do rio Volga que oferece muitos espaços de lazer. Com tão colorida e dinâmica atmosfera de interação social, o promenade sobre o aterro é, de longe, o lugar mais interessante e alto-astral a se visitar na cidade, embora não faltem atrativos ligados à sua peculiar história.

Samara é famosa pela sua participação ativa no programa espacial russo e as curiosidades podem ser conferidas no Museu Cosmos. Outro lugar inusitado é o bunker de Stalin, construído em 1942. São nove andares de subsolo, planejado e mobiliado, mas que nunca foi utilizado.

9.      Kasan

Rússia
Kasan

Essa cidade faz parte de uma extensa região de maioria muçulmana, e mescla a cultura eslava com a tártara, sob a benção de um islamismo sunita moderno.

A maior atração é o Kremlin de Kazan, um conjunto arquitetônico protegido pela Unesco. Sua muralha preserva museus, órgãos governamentais e a Mesquita Kul Sharif e a Catedral da Anunciação.

Fora do Kremlin vale a visita ao Museu do Estilo de Vida Soviético, muito objetos antigos, artes visuais, moda e cena musical dos anos 60 e 70 na URSS.  O Chack-Chack também merece uma visita para descobrir um museu interativo dedicado à culinária tártara.

10.  Rostov-on-Don

Rússia
Rostov-on-Don (Crédito: Olga-Kashubin/iStock)

Essa cidade é para ser conhecida a pé, a beira do rio Don, no passeio público que oferece lazer comunitário, restaurantes e cafés. Ela é protagonista dos romances de Mikhail Sholokhov. Na segunda semana se julho é celebrada a Festa do Rio Don, com muita balalaica ao vivo, comida típica, embarcações enfeitadas, artesanato e vodca.

No Calçadão da Pushkinskaya os turistas encontram violinistas, arvorismo e uma roda gigante que alegram os jovens casais e crianças. Na Praça Teatralnaya podem ser observados três estilos arquitetônicos, clássico, construtivista e soviético socialista.

(Confira uma lista com os principais livros que retratam a Rússia nesse artigo.)

11.  Sochi

Rússia
Sochi

As paisagens de praia e montanhas do Cáucaso garantem à cidade um dos maiores potenciais turísticos da Rússia, com temperaturas quentes no verão. Durante a maior parte do ano é possível esquiar e ir à praia no mesmo dia. As praias são rochosas mas limpas e agradáveis.

A apenas uma hora de viagem de carro é possível chegar a Krasnaya Polyana, um centro de esportes de inverno, com a Estação de Esqui Gorky Gorod.

Depois de tantos destinos que mencionamos, recomendamos dar uma lida neste nosso artigo para evitar cometer alguma gafe por lá, esse artigo explicamos tudo para você.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta