Página Inicial Destino Américas Guia para Vancouver

Guia para Vancouver

Que tal esquiar no inverno?!
Ou frequentar uma das 11 praias da cidade no verão de 25 graus?!
Que tal se jogar na grama dos parques no meio da cidade?!
Ou então se divertir no sol que aparece as 7 da manhã e se põe as 10 da noite.
Quer a noite de São Paulo e o dia do Rio de Janeiro?!
— Isso é Vancouver, a cidade eleita como melhor lugar para se viver, com segurança, transportes, educação, um povo alegre e feliz, jovens de todas as partes do mundo fazendo festas no final de todos os dias. Essa vibrante cidade irá fazer você não se arrepender da escolha.

Vancouver foi eleita em 2004 como a melhor cidade da América no quesito qualidade de vida, e em 2005 como melhor lugar do mundo para se viver. Seus habitantes têm como uma das principais características um estilo de vida mais saudável, que dá mais prioridade ao ?ser? do que ao ?ter?.

A cidade de Vancouver recebe todos os anos milhares de estudantes estrangeiros de diversos países que buscam educação de alto nível, custo de vida competitivo e qualidade de vida diferenciada.

Não existe nenhuma cidade no mundo que ofereça uma combinação de um estilo de vida de uma grande cidade misturada com uma cidade com áreas verdes, parques, um clima de verão com praias e um inverno onde se pode até esquiar. Isso é Vancouver.

Vancouver tem um pouco do Rio de Janeiro, com suas praias, um povo alegre, jovem e receptivo e uma outra parte que lembra a cidade de São Paulo, evoluída, com grandes prédios, diversões noturnas, muitos restaurantes, lugares para sair e uma lista variada de eventos culturais.

Vancouver é uma cidade de novos imigrantes. Andando pelas ruas você vai notar um numero expressivo de pessoas se comunicando em diferentes idiomas. A cidade atrai jovens profissionais e artistas que chegam em busca de inspiração para os seus trabalhos e uma qualidade de vida única em todo o mundo.

Existem certos lugares abençoados pela natureza. Vancouver é um desses lugares. Moradores e turistas se divertem nas praias e andam nas ciclovias ao longo da English Bay; patinam no Stanley Park, praticam canoagem em False Creek e frequentam os mercadões de Granville Island e Lonsdale Quay onde podem encontrar os as mais variadas comidas.

A cidade tem um cardápio para todos os paladares, desde cachorros quentes até um salmão pescado na hora. A cidade é próxima ao oceano e, tem por essa região, como principal alimento os frutos do mar.

O visitante poderá usufruir também de uma alimentação saudável proveniente das férteis fazendas do ?Fraser Valley?, além de degustar os típicos vinhos típicos da região, mais precisamente do ?Okanagan Valley?.

Vancouver tem uma grande variedade de opções de hospedagem, desde hotéis de primeira classe, pousadas e ?bed & breakfast?. As áreas mais populares e mais adequadas para quem quer conhecer a cidade são a ?downtown? (centro) e o ?west end?.

Regada pelos ventos quentes do oceano pacífico e protegida por uma grande cadeia de montanhas, Vancouver tem um clima bem definido no verão com uma temperatura oscilando em torno de 25ºCelsius a até 35ºCelsius. O dia parece não ter fim: o sol nasce às 7 horas e se despede quase às 22 horas, nas ruas pode se andar de bicicleta até o tardar nas ciclovias. Já no inverno, onde as temperaturas tem uma média de 0 a 5 graus, os dias são marcados por um clima úmido e de muitas chuvas, mas dificilmente neva no inverno, com exceção das montanhas, onde pode-se até esquiar.

A melhor época para se visitar Vancouver é de junho a outubro, quando há menos chuva, as temperaturas são quentes, os dias são longos (o sol se põe às 10 da noite) e os meios de transportes funcionam até tarde. A primavera (março a maio) e no outono (setembro a novembro) são épocas boas para a prática do Ecoturismo. O período de inverno (janeiro e fevereiro) é adequado à prática de Ski.

Existem muito espaços verdes na cidade, espaços culturais, museus, teatros, que fazem da cidade um lugar multicultural com as mais diversas atividades. A seguir alguns lugares que você não pode deixar de ver:

– Canada Place
– Dr Sun Yat-Sen Classical Chinese Garden & Park
– Granville Island Museums
– Nitobe Memorial Garden
– Pacific Mineral Museum
– Queen Elizabeth Park
– Seawall Promenade
– Robson Street
– The Lookout!
– Vancouver Aquarium Marine Science Centre
– Stanley Park
– Vancouver Art Gallery
– Vancouver Museum

ALGUMAS SUGESTÕES

1- Esquiar nas descidas da Grouse Mountain.

2- Nadar no English Bay.

3- Andar pelo Stanley Park, maior parque urbano da América do Norte e aproveitar para ver as orcas, belugas e lontras no aquário de Vancouver.

4- Caminhar os 137 metros de extensão por uma ponte suspensa e atravessar o rio Capilano, no parque Capilano.

5- O Museu de antropologia apresenta amostras da arte nativa canadense.

6- Conhecer a torre de observação The Lookout e deslumbrar-se com a cidade.

7- Assistir uma partida de hockey no gelo do Canucks.

8- Nadar com as focas no White Cliff Park.

9- Divertir-se na Atlantis Night Club, uma das maiores casas noturnas de Vancouver.

10- Explorar as maravilhas da herança indígena canadense e comprar artenato na Hill’s Native Art.

11- Ir até as cidades de Victoria e Tofino para ver as baleias.

12- Seattle está a apenas 3 horas de distância.

13- Fazer snowboarding no famoso Whistler Resort.

COMPARTILHAR

31 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria de parabenizá-lo pelo comentário descritivo sobre Vancouver, pois estou tentando imigrar com a minha família para o Canadá e gostaria de morar nesta cidade. Sou professor de física, tenho 32 anos. Você pode me ajudar com algumas informações importantes sobre trabalho, principalmente relacionado a licenciatura em física nas escolas (high school) de Vancouver. Desde já agradeço-lhe sua atenção. Sucesso.

  2. Publiquei parte do seu texto no terra de sonhos mantendo os créditos e já faz um tempo que adicionei o link do blog nos meus favoritos.
    Espero um dia conseguir fazer parte da lista dos blogs sobre o Canadá que você lista no Canadá Brasileiro.

    Abraço

  3. @ Sandro

    Primeiramente, obrigado pela sua participação =)

    Sem problemas… como mencionou, desde que mantenha os créditos para o Canadá Brasileiro sempre, pode utilizar sim Sandro… e você poderia ter me avisado antes sobre meu link em seu site, para que eu liste o seu aqui, afinal, seu site também é de qualidade rapaz! 🙂

    Valeu!!

  4. OLá
    Meu marido é chefe de cozinha e eu trabalho em casa, com bolos e doces artísticos. Temos 2 filhos pequenos, de 6 e 2 anos. Estamos amadurecendo a idéia de irmos morar em Vancouver. Meu inglês é intermediário e o do meu marido, básico. Você acha que é possível continuar trabalhando em casa ou eu deveria procurar emprego em alguma confeitaria? Já entrei em contato com algumas cake designers, todas elogiaram meu trabalho e me disseram que as procurasse quando chegasse em Vancouver. Mas tenho recio de sair do Brasil sem algo certo, um emprego garantido… O que vc acha? Sua opinião é muito importante pra mim. Parabéns pelo blog, é muito esclarecedor.
    Um abraço

  5. Adorei os comentários que fez sobre o Canadá. Estou saindo do Rio dia 27 de novembro com mais dois amigos com destino a Vancouver e gostaria de perguntar onde se pode comprar roupas de frio baratas.
    Vamos com as roupas que usamos no inverno do Rj e sabemos não ser suficientes para o inverno de lá. Conhece algum lugar? Isso irá nos ajudar muito uma vez que iremos no inverno.

    Muito obrigada,

  6. oi tudo bem
    talvez eu vá para o canadá o ano que vem, estudar durante 2 meses, mas tenho algumas duvidas:

    – melhor mes para ir para o canadá
    – qto levar de dinheiro
    – como sou iniciante , será que dá para acompanhar as aulas, mesmo não sabendo quase nada de ingles.
    – melhor escola em vancouver

    obrigada

    adriana

  7. @ adriana

    Olha, suas dúvidas são genéricas, e já foram abordadas aqui no site…

    Bom, vamos lá…

    – melhor mes para ir para o canadá
    é relativo, depende de suas pretensões.
    Veja em nosso site as temperaturas médias por exemplo.

    – qto levar de dinheiro
    depende da região que você vai morar, do que anseia, de seu padrão de vida.
    Veja em nosso site na seção “Dinheiro” inúmeros tópicos abordando isso.

    – como sou iniciante , será que dá para acompanhar as aulas, mesmo não sabendo quase nada de ingles.
    Isso depende da escola. Converse com eles, explique direitinho seus desejos, pois com certeza existe um programa voltado para você 🙂

    – melhor escola em vancouver
    outra pergunta relativa: “melhor” pode ser entendida de várias formas =)

    Explore mais nosso site… aposto que muita coisa aqui você ainda não viu =]

  8. @ Adri Correa

    Olha, não quero que minha opinião seja interpretada como “a verdade suprema”, ok ?

    O melhor a se fazer na minha opinião, é chegar aqui com seu portfolio e sair atrás de trabalho, mas você pode fazer em casa também, caso consiga.

    Enfim,…

    Obrigado pela participação.

  9. Olá, estou indo para Vancouver island agora em janeiro e como as roupas de frio aqui no Brasil são absurdamente caras, gostaria de saber onde é a loja com melhores preços e a mádia de preço se possível. Muito agradecida, Thais!

  10. Olá
    Muito interessante o site e o texto sobre Vancouver. Tenho intenção de
    entrar com processo de emigração daqui alguns anos para o Canadá, se
    possível para Vancouver ou outra cidade da costa oeste, e tenho uma dú-
    vida: conta pontos para a emigração ter só curso técnico (área de instrumen-
    tação), ou é imprescindível possuir graduação em nível superior? Tenho
    curso de graduação incompleto em desenho industrial.

    Desde já agradeço a atenção e desejo boa sorte.
    Parabéns pelo site e abraços.

    Marcelo

  11. Olá, muito boa a matéria.
    Estarei indo a Vancouver em agosto pra intercâmbio. Andei pesquisando nas livrarias um guia específico da cidade de Vancouver em português, porém não encontro em lugar nehum, apenas Canada no geral ou Toronto. Vcs teriam uma indicação aonde eu poderia encontrar tal?
    Grande abraço e obrigado.

  12. @Diego – Sinceramente não sei sobre algum livro assim, mas penso que você não tem essa necessidade. Acho que é muito mais viável você colher boas informações pela Internet e montar o seu próprio guia, reunindo tudo o que Vancouver tem de melhor.

    Não acha que seja uma boa?

    Aqui no site mesmo cito várias coisas sobre Vancouver, você pode utilizá-las, caso queira. Proponho-me a ajudá-lo também com mais informações sempre que possível.

    O que acha?

    Bom, aguardo seu retorno.
    😉

  13. Olá
    Você pode citar algumas carreiras em que seja possível conseguir trabalho voluntário
    em Vancouver, mais precisamente na área de saúde, como informática médica?
    Obrigado pela atenção.

  14. Parabéns Thiago mais uma vez pela excelente colaboração de nos manter informado das belezas existentes por lá. Para nós que temos planos de sair é muito valioso e gratificante, conhecer um pouquinho sem sair de casa e nos deixar preparado para a pratica!
    Um grande abraço. Deus abençõe sempre.
    TDB:-)

  15. Bom dia

    Gostei bastante dos seus comentários à cidade.
    Já tinha ideia de que fosse fantástica.
    Sou interna de Psiquiatria e conheci o Professor Trevor Young da Universidade de British Columbia que me convidou para ir estagiar para lá o tempo que quisesse. Só tem um problema, tenho 2 filhos pequenos e marido para levar comigo. O meu marido é professor de matemática do secundário (engenheiro eletrotécnico), tenho tentado encontrar trabalho online para ele mas tá difícil…
    Peço-lhe que me aconselhe quanto ao que fazer porque estou meia perdida e sem arranjar soluções para o meu problema.
    Só consigo encontrar trabalhos menos diferenciados e ele assim diz que não quer ir. Preciso MESMO de ajuda / orientação porque é extremamente importante para mim poder estagiar entre 3 meses a um ano num hospital tao bom quanto aquele e com profissionais tao qualificados quanto os que lá trablham.

    Obrigada pela atenção

    Filipa

Deixe uma resposta