Página Inicial Destino Europa Morar em Portugal : quanto custa para viver no país em 2021

Morar em Portugal : quanto custa para viver no país em 2021

Quanto custa morar em Portugal

O planejamento financeiro é uma das etapas mais importantes para quem decide morar um Portugal. Se você já chegar ao país com um contrato de emprego pode ser mais fácil. Mas como na maioria dos casos as pessoas esperam estar em Portugal para procurar um emprego, é preciso se preparar financeiramente. E para isso é fundamental saber quanto custa morar em Portugal.

Por isso nesse artigo você vai identificar os principais custos de morar em Portugal para que você possa planejar a criação da sua reserva financeira necessária para a mudança.

Morar em Portugal : quanto custa para viver no país em 2021?

Portugal é um dos países da Europa com o menor custo de vida, mas isso não significa que seja barato morar lá. Até mesmo quando comparamos com o Brasil, Portugal tem custo de vida menor por causa das menores taxas de impostos e da baixa qualidade dos serviços públicos que obrigam o cidadão a ter mais gastos particulares.

Definir quanto custa morar em Portugal não é uma tarefa fácil e vai depender do seu estilo de vida. Não é possível dizer com certeza quanto será o seu orçamento, mas podemos contar para você a média de preços e a partir disso você poderá estimar o seu orçamento ideal.

Outro fator muito relevante para esse cálculo é a cidade da moradia. As cidades maiores como Lisboa e Porto possuem custo de vida mais alto do que cidades do interior.

Em média um casal consegue viver bem com 1800 €. Se esse casal morar em uma cidade do interior, poderá ter uma vida com conforto, porém se decidir viver em Lisboa provavelmente será uma vida com algumas restrições.

Aluguel em Portugal

Os aluguéis são os maiores ladrões do orçamento em quase todos os casos. Nos últimos anos Portugal sofreu com uma bolha imobiliária e muitos imóveis ainda estão supervalorizados.

A solução de muitas pessoas que trabalham no Porto ou Lisboa e não conseguiam mais pagar os aluguéis altos foi morar em cidades vizinhas, que oferecem melhores preços nos imóveis.

Como o transporte público funciona, o aumento da distância não chega a ser um problema.

Além disso, mesmo nas cidades menores os aluguéis nos bairros centrais podem custar até o dobro dos bairros que ficam mais afastados. E como as cidades do interior não são grandes essa distância não costuma ser significativa no dia a dia. Assim vale a pena pesquisar bastante para encontrar imóveis com valores melhores.

Outro fator importante para definir quanto custa morar em Portugal é a escolha por imóveis mobiliados ou não. É relativamente comum encontrar casas e apartamento com todos os móveis e alguns utensílios, mas essa facilidade é cobrada no aluguel, tornando-o mais caro do que um imóvel vazio.

Veja alguns valores dos aluguéis em cidades de para um T2 mobilado.

Porto (por bairros):

  • Campanhã: 550€;
  • Vila do Conde: 650€;
  • Cedofeita: 750€ – 1.500€;
  • Centro (Trindade): 800€;
  • Paranhos (próximo ao Pólo Universitário): 1.000€;
  • Foz do Douro (luxo): 2.500€.

Lisboa (por bairros):

  • Amadora: 600€;
  • Parque das Nações: 800€;
  • Sete Rios: 1.000€.
  • Telheiras: 1.300€;
  • Arroios: 1500€;
  • Centro: 1.500€ – 4.000€;

Veja também nas cidades menores:

  • Covilhã: 400€;
  • Castelo Branco: 400€;
  • Viana do Castelo: 450€;
  • Évora: 500€;
  • Ovar: 400€;
  • Aveiro: 600€.

Quanto custa morar em Portugal

Quanto custa morar em Portugal: Alimentação

Portugal possui grandes redes de supermercado que atendem o país inteiro e praticam valores bastante semelhantes em todas as lojas. A vantagem está nas promoções e nos folhetos semanais, que fazem muita diferença no final do mês.

Cada supermercado tem dias de promoções de determinados departamentos e nesse dia os produtos ficam bem abaixo do preço normal. Então é preciso ficar de olho nas promoções e frequentar todos os mercados em busca dos melhores preços e comprar o que está com desconto.

Um casal costuma gastar em média 350€ por mês no supermercado, mas pode economizar se comprar sempre nas promoções ou as marcas brancas, que são as marcas do próprio mercado, que são mais baratas.

Refeições fora de casa podem variar bastante. O McMenu no McDonalds custa 6€ em Portugal e pode ser uma boa forma de comparação. Em um restaurante econômico uma pessoa gasta em torno de 8€. Já em restaurantes que oferecem refeições com 3 pratos o valor pode chagar a 30€ por casal ou, se for de luxo em um ponto turístico, pode chegar a 150€ facilmente.

Contas básicas (água, luz, telefone, transporte, etc)

Esse tipo de conta pode variar um pouco dependendo da região em que a pessoa mora e o perfil de consumo.

Bairros mais centrais podem ter taxas mais caras em relação às contas básicas quando comparados aos bairros mais afastados.

Em média uma família com dois adultos e uma criança gasta cerca de 100€ por mês no inverno e 60€ por mês no verão de energia elétrica, se a casa tiver chuveiro elétrico. Quando o chuveiro é a gás esse custo diminui, mas aumenta o do gás.

A conta de água para essa mesma família costuma variar entre 30 e 50€ mensal.

Para TV a cabo, telefone e internet as operadoras oferecem combos, semelhantes com os disponíveis no Brasil. Existem combos a partir de 25€ e também outros com valores e benefícios maiores.

O transporte público funciona em Portugal e o valor cobrado depende da distância que você irá percorrer. O valor dos bilhetes começa em 1,20€ no Porto e 1,50€ em Lisboa e tem integração entre metrô, ônibus e bondes.

Para quem utiliza muito o transporte público existem os bilhetes mensais que custam entre 30 e 40€ por mês.

Quanto custa morar em Portugal

Saúde Pública

Em Portugal a saúde pública não é gratuita, mas funciona perfeitamente. O Sistema Nacional de Saúde cobra taxas moderadas dos usuários. O valor de uma consulta médica é de 4,50€, por exemplo. Se for um atendimento de emergência em hospital público o valor é de 18€.

A maioria das pessoas usa o sistema de saúde público, e os hospitais particulares são usados mais por conforto. Sendo assim, se esse for o seu caso, podem ser contratados seguros saúde pelo preço médio de 30€, que oferecem descontos nos atendimentos na rede particular. Uma consulta particular com o seguro custa em torno de 15€ e não 80€ como seria sem o seguro.

Como falamos no início desse artigo, se somarmos todas essas despesas e incluirmos um valor para lazer e educação, chegamos aos 1800€ para um casal, certamente dependendo da cidade escolhida para morar (se for Lisboa o ideal é 2200€).

Em Portugal o valor do salário mínimo é de 635€ (2020), portanto fica claro que não é possível viver apenas com ele.

Por isso é fundamental que você planeje a sua viagem e leve uma reserva de emergência que corresponda de 6 a 12 meses do seu custo de vida mensal.

Assim você terá tranquilidade para conhecer o país com calma, escolher o lugar para morar e conseguir um emprego.

Confira o próximo artigo: Alimentação em Portugal: Vou sentir falta do feijão com arroz?

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui