Página Inicial Destino Américas Consequências para quem é detido trabalhando ilegalmente

Consequências para quem é detido trabalhando ilegalmente

As leis de cada país determinam em que condições um estrangeiro pode trabalhar em seu território. O imigrante que trabalha sem estar cumprindo essas exigências está infringindo as leis locais e pode ser preso a qualquer momento.
Alguns países possuem centros de detenção específicos para detidos por razões migratórias, mas, em outros, o imigrante pode ficar detido em prisões junto com delinquentes comuns.

Normalmente a pena para uma pessoa detida por estar trabalhando ilegalmente é a deportação ao seu país de origem. Porém, essa deportação não é imediata. Deve-se enfrentar primeiro um processo judicial. Depois, deve-se esperar que o governo local tenha recursos para comprar a passagem de volta do deportado e também que haja vaga no vôo. Há casos em que o deportado aguarda, preso, vários meses antes ser mandado de volta ao Brasil.

O trabalhador estrangeiro ilegal também se encontra totalmente desamparado com relação a direitos trabalhistas e previdenciários. Encontra-se à mercê de indivíduos e empresas que os exploram por não disporem de meios legais para se defender.

Portanto, informe-se junto à embaixada ou consulado do Canadá (ou do país que deseja ir), sobre quais são as exigências e documentação em geral necessária para trabalhar de forma LEGAL no país.

Por: Divisão de Assistência Consular (DAC)

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Bom dia.

    Obrigado pelas informações. Tenho o desejo muito forte de ir para o Canadá, e ficar + – 1 Ano por lá. Gostaria de saber se há a possibilidade de trabalho legal no Canadá, estou começando a programar minha viagem.

    Por gentileza, pode responder pelo meu email?

    Obrigado desde já.

    José Otávio Albuquerque

Deixe uma resposta