Página Inicial Dicas Dicas para um bom “dossier de crédit”

Dicas para um bom “dossier de crédit”

Esta é uma dica do Fabiano Ciglio ( Conseiller Financier / Financial Advisor ), em Montreal. Gostei da abordagem que ele fez, o embasamento é sólido, bom para quem deseja iniciar seu histórico de crédito no país das folhas de bordo vermelha…

Um dossier de crédit é bom e todo mundo gosta. Ele permite, por exemplo, a instituições financeiras, empresas de seguros e até mesmo certos empregadores avaliar o risco que você representa segundo um sistema de pontuação baseado em seus hábitos de consumo e pagamento. Assustador? Não! Muito mais simples do que parece.

Mantido por empresas como Equifax, TransUnion e Experian, seu dossiê de crédito é criado a partir de informações enviadas por bancos, lojas de departamento e outras fontes de empréstimo.

Tais empresas conhecem seus cartões de crédito, se você os utiliza, por quanto tempo, quanto você deve, seus limites de crédito e principalmente, seu histórico de pagamentos.

Baseado nessas informações lhe é atribuído uma pontuação, que pode variar entre 300 e 900 pontos e determinar, por exemplo, a taxa de juros de sua hipoteca. Maior a pontuação, maior seu poder de negociação melhores as suas condições.

Estima-se que um indivíduo com crédito pontuando em 710 ou mais pode obter uma taxa de empréstimo hipotecário cerca de 0,2% inferior a indivíduos com pontuação igual a 680 pontos.

Aquela conta de $15, de sua loja de departamentos preferida, que você esqueceu na gaveta: 20 a 30 pontos a menos em seu dossier e algumas centenas de dólares a mais em juros a cada ano em sua hipoteca.

Outrossim, pontuações inferiores a 600 podem significar recusa de crédito por bancos e instituições financeiras.

Estima-se que a maioria da população, 56%, possua uma pontuação superior a 750.

Alguns segredos para uma boa pontuação:

( Segundo TransUnion em matéria da revista Affaires Plus ? março de 2007 )

1- Histórico de Pagamentos
Pagamentos pontuais de seu cartão de crédito, mesmo que no valor mínimo, valem uma boa nota. Atrasos recentes e repetidos, independente do valor, sujam seu dossiê, sobretudo quando o atraso é superior a 90 dias. Se sua conta cair nas mãos de uma agência de recuperação o resultado é ainda pior.
Seu dossiê guardará por 6 anos atrasos de pagamentos e por 7 um pedido de falência.

2- O valor de seus débitos
O valor total de suas dívidas não deveria passar de 30% de seu limite de crédito. Se você se aproxima dos 50% as instituições que oferecem crédito entram em pânico.

3- Sua experiência com crédito
Se você possui cartões de crédito por mais de 20 anos e obteve empréstimos durante a vida, as instituições financeiras tem uma boa ideia de sua capacidade de gerir seu crédito. Se você só tem um cartão de crédito há alguns meses, eles ainda não sabem que risco você representa. Depois de 2 ou 3 anos de utilização de crédito você passa a ser mais interessante.

4- Novas demandas de crédito
Cada vez que uma instituição faz uma consulta para uma demanda de crédito, uma nota é escrita em seu dossiê. Várias demandas de empréstimo em pouco tempo podem significar problemas financeiros. Exceção para pesquisa por empréstimo hipotecário; consultas em algumas semanas serão registradas apenas uma vez.

5- Tipos diferentes de crédito
Instituições financeiras adoram saber que você teve experiência com diferentes tipos de crédito: cartões, margens, empréstimos pessoais, etc. Você estará em desvantagem se utilizou por 20 anos um mesmo cartão de crédito e nada mais. Por outro lado, se possui mais que 7 cartões de crédito isso pode arruinar sua pontuação. Cancelar cartões não mudará nada, eles permanecerão em seu dossiê e pior, o histórico de bons pagamentos dessas contas será perdido.

O cliente perfeito

( Segundo TransUnion em matéria da revista Affaires Plus ? março de 2007 )

Em média, 1% da população americana possui pontuação superior a 800. Veja como eles se parecem:

  • de 4 a 6 cartões de crédito;
  • pelo menos 1 empréstimo de longa duração (hipoteca ou automóvel);
  • algumas contas estabelecidas por 10 ou 20 anos;
  • uso de crédito por 30 anos;
  • nenhum atraso nos últimos 6 anos;
  • não mais que 3 verificações de crédito por período de 6 meses;
  • nenhuma conta em cobrança ou falência;
  • um nível de endividamento inferior a 30% de seu limite de crédito.

Últimas dicas:

  • Em geral, hipotecas, impostos, aluguéis, faturas de telefone e eletricidade não se encontram em seu dossiê tão pouco sua renda.
  • Mesmo utilizando as mesmas informações, existem diferentes métodos para cálculo de sua pontuação podendo este variar entre diferentes instituições.
  • Você pode verificar sua pontuação online no site da Equifax e da TranUnion pagando uma taxa ou obter uma cópia gratuita pelo correio ligando para as agências.Sua pontuação no entanto não aparece no dossiê recebido pelo correio.
  • Sua pontuação não é que um critério utilizado na avaliação de crédito. Seu relacionamento com a instituição e garantias oferecidas também representam um papel importante no processo.

Sites:

Equifax
TransUnion
Agence de Consommation en matière financière du Canada

Importante:

  • O objetivo deste artigo é informar.
  • Não considere quaisquer informações como conselho.
  • Indivíduos devem consultar profissionais para conselhos baseados em sua situação.
COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Ótimas informações! Aliás, o blog inteiro é magnífico. Já faz parte do meu Google Reader (aglutinador RSS) há tempos.

    Mas e se eu imigrar do Brasil pro Canadá, meu histórico de créditos vale? Tenho cartão de crédito faz uns bons 5 anos, e nunca dei calote…

    Abraços, e parabéns

  2. @ Giovanny Noceti

    Obrigado pela sua participação, Giovanny.

    Olha, eu não sei ao certo, mas acho que são enviadas somente por instituições canadenses, e no seu caso que possui boas referências com seu cartão, você pode solicitar uma carta de antecedentes. Isso vai ajudar em no caso da seguradora reduzir o premium de seu seguro no Canadá.

    Espero que ajude 😉

  3. Nenhuma dica é melhor do que o velho e bom tempo. Descobri que antes de 12 meses nesse país você não é NINGUÉM! Pague suas contas em dia e depois de 365 dias eles começarao a olhar para voce com outros olhos.
    Bjs

  4. Parabéns, muito bom seu artigo. Como Real Estate agent aqui no Ontário, sempre me deparo com imigrantes que não entendem bem a importancia de construir uma boa história de crédito. É importante entender que de nada vale nossa história de crédito brasileira na hora de comprar um imóvel financiado aqui no Canadá. Para se conseguir um Mortgage, só conta nossa história de crédito Canadense ( tenho alguns post sobre isso no meu blog).
    Um abraço
    Rosa
    http://www.casanocanada.com

Deixe uma resposta