Página Inicial Vistos Cidadania Visto de trabalho para os Estados Unidos

Visto de trabalho para os Estados Unidos

Visto de trabalho para os Estados Unidos como conseguir?

Trabalhar nos Estados Unidos pode parecer um sonho para muitos, especialmente aqueles que estão frustrados ultimamente com a situação da economia brasileira ou para aqueles que buscam novos horizontes e não têm medo de enfrentar uma outra realidade. A cultura de trabalho americana é bem diferente da brasileira. Desde a maneira de se vestir no escritório ao aperto de mão firme, da forma direta de dizer as coisas, sem rodeios, ao respeito rigoroso com o horário, o estrangeiro deve estar preparado para funcionar como um verdadeiro empreendedor num ambiente sólido e competitivo. Mas e o infame visto para os Estados Unidos?

bandeira
American Dream – Visto de trabalho para os Estados Unidos

Mas como atingir esse alvo?

Quem pensa em pegar as malas e deixar o Brasil para trabalhar nos EUA deve saber que terá de possuir uma petição feita por um empregador na Embaixada dos Estados Unidos. Portanto, o primeiro passo para quem deseja realizar esse sonho é conseguir o interesse de um empregador norte-americano. Uma vez que uma empresa americana tenha interesse em lhe contratar, ela poderá até oferecer pagar os gastos com um advogado de imigração para ajudar no processo de emissão do visto de trabalho.

A procura de vagas se tornou bem mais fácil com o uso da internet. Para facilitar a procura, consulte sites de empregos, como o http://www.brasileirosnosestadosunidos.com, onde empregadores americanos buscam empregados que possuam conhecimento da língua portuguesa e acompanhe o nosso site também constantemente divulgamos novas oportunidades. Mas não se limite a essas vagas. Se você tem domínio do inglês, faça uma pesquisa em outras páginas que oferecem vagas ( ultilize algum buscador e coloque a palavra-chave para a profissão desejada, a cidade de preferência, etc.). Quem sabe, você não termina com uma entrevista pelo Skype?

Os vistos de trabalho:

O Visto de trabalho para os Estados Unidos concede o direito a obter a carteira de motorista, o RG do Estado, uma conta bancária, solicitar um cartão de crédito, conseguir a hipoteca para a compra de uma casa, etc. O trabalhador poderá viajar de e para os Estados Unidos com um visto vigente. O cônjuge e os filhos do solicitante principal também têm direito ao visto, mas não podem trabalhar. As pessoas com visto sempre manterão o passaporte.

Os critérios para obtenção do visto de trabalho para os Estados Unidos podem ser um pouco difíceis de entender. Existem vários tipos de vistos para diferentes tipos de trabalho. Os vistos de trabalho são temporários mas podem ser renováveis. Muitos empregadores americanos são os patrocinadores dos empregados estrangeiros para a obtenção do green card, a residência. Porém, conseguir um visto de trabalho nos Estados Unidos não leva a pessoa automaticamente a conseguir o green card ou cidadania americana.

De acordo com as informações encontradas na página da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, o visto de trabalho para os Estados Unidos é dividido em 4 sub-categorias, todas H: H1, H2, H3 e H4.

O Visto H-1B (ocupação de especialista) é solicitado por funcionários que pretendem viajar aos EUA numa função profissional pré-contratada. Para ter o visto aprovado, o estrangeiro precisa ter, no mínimo, formação universitária (graduação) em um programa de quatro anos ou certificação profissional com habilidades diferenciadas. É da inteira responsabilidade do USCIS (Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos) determinar se o emprego constitui uma ocupação de especialista e se o estrangeiro está qualificado para executar tal função. Antes de submeter a petição de trabalho (Form I129-4) junto ao USCIS (Nos Estados Unidos ), o empregador deve apresentar um pedido de condição de trabalho junto do Departamento do Trabalho, relativo aos termos e condições contratuais.

O Visto H-2B (trabalhador qualificado e não-qualificado) é solicitado por um empregado que irá realizar um trabalho de natureza temporária ou sazonal para o qual há escassez de mão-de-obra entre os cidadãos americanos e residentes legais. Antes de submeter a petição (formulário 129H) junto ao USCIS ( Nos Estados Unidos), o empregador é obrigado a obter junto do Departamento do Trabalho um certificado ,confirmando que não há trabalhadores americanos qualificados para as funções nas quais se baseia sua petição.

O Visto H-3 (estagiário) é solicitado por um estagiário que viajará aos Estados Unidos para receber treinamento do seu empregador em qualquer área que não seja a de graduação ou treinamento acadêmico. O treinamento não pode ser utilizado para prover emprego produtivo e não pode estar disponível no país de origem do solicitante. O empregador deverá submeter uma petição (formulário I-129), junto ao USCIS (Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos) para obter aprovação para o treinamento.

 

mostra
Visto de trabalho para os Estados Unidos

 

Solicitando seu Visto de trabalho para os Estados Unidos.

Para solicitar o Visto Americano de Trabalho, será necessário o pagamento da taxa MRV ( Taxa de Solicitação de Visto) no valor de US$190,00 (Dólares) e também uma taxa adicional no valor de US$100,00 (dólares).

Cônjuges e/ou filhos com idade inferior a 21 anos que pretendam acompanhar o portador principal do Visto H em sua permanência nos Estados Unidos deverão requerer o visto derivativo H-4. O procedimento para obtenção deste visto será o mesmo: o documento I-797A ou B inclui os dependentes. Os dependentes que não pretendam morar com o portador do visto H mas visitá-lo durante as férias deverão solicitar o visto B-2 ou, se qualificados, viajar sem vistos dentro do Visa Waiver Programa (Programa de Isenção de Vistos).
O solicitante do visto H4 não poderá desempenhar função remunerada com um visto derivativo. Caso deseje, é necessária a solicitação do visto apropriado para tais funções.

O que acontece quando uma petição é aprovada pelo Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS)?

Depois da aprovação do visto, o estrangeiro terá de o solicitar antes de viajar. O documento “Notice of Action” (Aviso de Ação) – formulários I-797A ou B não é válido para viajar sem que esteja acompanhado do visto apropriado.

Visto H versus Visto F-1
Não há necessidade de o dependente do portador de visto de trabalho temporário (H-1) solicitar visto de estudante (F-1) caso deseje estudar nos Estados Unidos. Ele pode estudar com o visto H-4.

Nota: Não há garantias antecipadas quanto à emissão de visto. Portanto, a finalização dos planos de viagem ou compra de bilhetes aéreos não restituíveis não devem ser feitas antes da entrega do passaporte com o visto emitido.

COMPARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Existe tbm o visto O1, que é o que meu marido tem. Eu como esposa tenho o O3. Com esse visto não posso trabalhar, mas meu marido pode solicitar o Green card, e conseguindo, posso então trabalhar. Um amigo conseguiu o Green Card em 1ano e meio, espero conseguir nesse tempo tbm e poder trabalhar logo. Mas como sou Fisioterapeuta, preciso ainda de uma licença pra exercer a profissão, que é um processo bem burocrático, mas já dei início enquanto ainda morava no Brasil.

  2. Sou bacharel em direito e em relações internacionais,gostaria de trabalhar na Califórnia,ou Flórida,não falo inglês mas meu português é bom e posso sempre contar com a possibilidade de deixá-lo ótimo.Posso trabalhar em uma destas funções e /ou até mesmo
    ser dama de companhia,deixo claro não sou cuidadora de idosos e nem mulher de programa apenas acompanhar pessoas que não goste de viajar sozinhas,irem a cinemas ou compras.

Deixe uma resposta