Página Inicial Publieditorial Para esfriar a cabeça, o corpo e alma

Para esfriar a cabeça, o corpo e alma

Ok. O ano oficialmente começou com o final do Carnaval, e isso significa que já atravessamos o tradicional período de verão brasileiro com aquele conhecido pacote completo: sol rachando e um calor de matar (a não ser que você tenha passado a maior parte do tempo na praia ou piscina, rodeado de garotas de biquíni). Chegamos ao outono e isso é uma ótima notícia para aqueles que, como eu, não suportam esse “combo de verão” – exceto pelas moças de biquíni, fundamentais seja lá qual for a estação.Que perdoem os adeptos do calor, mas um friozinho é fundamental! É o momento certo para dar um pulo naqueles destinos que trincam os dentes só de pensar, e nem precisa ser muito longe. Que tal Bariloche, na Argentina? Quer lugar mais brasileiro que Bariloche?! Afinal, ultimamente se ouve mais português do que espanhol por lá (para desespero dos hermanos).

Além de tirar onda de nossos vizinhos, você poderá colocar em prática tudo aquilo que sonhamos ao assistir filmes e ler revistas de viagem. Ou vai dizer que você não vai se arriscar no snowboard, fazer bonecos e jogar bolas de neve na família, além de tirar fotos todo encapotado com ar orgulhoso para mostrar aos amigos na volta? Afinal, nada disso vai ter graça se não der pra compartilhar com a galera.

Só não vale se empolgar que nem o pessoal do vídeo abaixo, a não ser que você tenha um belo plano de assistência ao viajante (ou falta de amor à vida).

A Travel Ace Assistance, líder no mercado de assistência ao viajante no Brasil e em toda a América Latina, está preparada para lhe atender em qualquer lugar do planeta, mas algumas dicas podem evitar que a sua temporada abaixo de 0° seja interrompida antes da hora.

Tombos e risadas à parte, é bom lembrar que frio é sinônimo de roupas quentes: luvas, gorrinhos, casacos e até meia calça (ou segunda pele, como preferirem). Marombeiros de plantão, nem pensem em ficar mostrando seus bíceps com roupas justas, sob pena de voltar pra casa com uma pneumonia,beleza? Tênis também não combina com neve, e mesmo com muitos pares de meias seu pé vai congelar. Calça jeans nem pensar, já que ela fica úmida, pesada e desconfortável quando molhada. Caso contrário o saldo da viagem será uma assadura, e a única coisa que poderemos indicar é:

Ah sim, parafraseando o grande Pedro Bial: “Use o filtro solar!” O frio não significa a ausência dos raios solares, logo ele é necessário, inclusive na neve, para evitar queimaduras. Óculos de sol e protetores labiais também são bem vindos. Para fechar a série conselhos de mãe, não se esqueça de manter uma dieta rica em massas e frutas secas, fundamental para repor energia e calor. E atenção redobrada com alongamentos e aquecimento antes de sair deslizando montanha abaixo e não ficar – literalmente – numa fria.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta