Pesquisa sobre imigrante brasileiro na Itália

Você com certeza já deve ter visto ou até lido algum livro que trata sobre a imigração italiana no Brasil, afinal, são tantos títulos e estudos com esse fenômeno que começou depois de 1880 que nos fazem até perder de vista. Já o oposto, livros sobre brasileiros que vieram para a Itália não são tão fáceis de encontrar, em alguns aspectos nem existem.

Pensando nessa lacuna o jornalista Rodrigo Zanetti decidiu pesquisar sobre os brasileiros e brasileiras que 100 anos após a chegada dos italianos no Brasil resolveram deixar sua pátria para morar no país da bota!

Para conseguir traçar os passos desse imigrante brasileiro na Itália, além de muita pesquisa histórica, precisa-se também de um pouco de prática. Diante desse desafio, um questionário foi criado baseado em trabalhos sociológicos para se tentar descobrir um pouco mais como funciona a comunicação desse brasileiro que hoje vive na Itália.

A partir da coleta de dados desse questionário, poderemos saber, por exemplo, como é que um brasileiro faz hoje em dia para manter seus laços de afeto com a família, amigos etc. No advento da internet, onde as cartas deram lugar aos e-mails e ao Facebook, desafiamos você a colaborar com essa tese de mestrado e responder o questionário abaixo. Lembre-se, somente brasileiros que moram ou moraram por alguns anos na Itália podem responder. Ajude a construir a sua própria história, afinal, os imigrantes de hoje são os que preparam a base dos que virão amanhã.

Para maiores informações, você pode entrar em contato com Rodrigo Zanetti através do e-mail: [email protected]

Para participar e colaborar com a pesquisa basta clicar no link ao lado http://j.mp/gDAQWz

2 pensamentos sobre “Pesquisa sobre imigrante brasileiro na Itália

  • 21 de março de 2011 às 18:13
    Permalink

    Parabéns pela iniciativa .. Eu que trabalho com cidadania italiana, posso garantir que temos muitos brasileiros com cidadania italiana vivendo na Italia.

    Responder
  • 2 de setembro de 2011 às 16:55
    Permalink

    Gostaria de uma resposta sobre minha pergunta postada.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *