Página Inicial Dicas Remédios: Quais e como levá-los? Viagem ao Exterior

Remédios: Quais e como levá-los? Viagem ao Exterior

São muitos os cuidados a serem tomados antes de viajar ao exterior, se você faz uso diário de remédios controlados, procure levar com você as receitas deste remédio e a bula do mesmo. Não é necessário camuflar remédios de tarja preto ou vermelho, se você está levando consigo estas bulas e receitas. Não leve em quantidade, e não tente disfarçar tirando-os da embalagem.

Separe um espaço em sua mala para guardar a fraqueira dos remédios. Compre-os ainda aqui no Brasil, não deixe para comprar no exterior, isso por que não será fácil encontrar-los. Não só pela dificuldade de achar-los, mas por causa da rigorosidade de alguns países. Em alguns países é necessário que você tenha antes passado por um médico, e não adianta chorar, espernear, fazer carinha de doente. Eles são rígidos.

Tome algumas medidas preventivas também antes de sair do Brasil, vacine-se com a vacina anti-gripe, que o protege contra 70% das gripes existentes. Esta vacina deve ser tomada pelo menos um mês antes de sua saída do Brasil. E se estiver indo para países que possuem auto índice de mosquitos vacine-se contra a febre amarela, essa deve ser tomada pelo menos 10 dias antes de sua saída do Brasil, além da vitamina B. Tome a vitamina 2 semanas antes de viajar até quando voltar para casa, ele funciona como eficaz repelente.

Abaixo uma lista com o que você deve levar em sua frasqueira:

Comprimidos contra ressaca;

Preservativos;

Loção contra queimaduras;

Aspirinas;

Gel contra dor muscular;

Pomada contra assaduras;

Protetor solar;

Colírio;

Comprimido contra enjoo;

Protetor labial;

Curativos;

Antigripal– Lembre-se: a vacina não é 100% eficiente;

Comprimidos para diarreia e prisão de ventre;

Remédios pessoais– Não se esqueça da receita e da bula;

Complexo B– Uma cápsula por dia contra mosquitos;

Sal de Frutas– Para aquela comida que não caiu bem;

Anti inflamatórios– A cada oito horas contra dores fortes;

Algodão;

Antitérmico– abaixar aquela febre;

Spray para dor de garganta;

Observação: É claro que alguns itens acima não são tão necessários, tal como: Comprimidos contra ressacar, se você não bebe bebidas alcoólicas.

Com essa pequena farmácia você se sentirá mais seguro, e saberá que poderá contar com aquele remédio.

COMPARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Ola Cidylan… Tomo remedios para tireoide diarimanrte. Pretendo fazer um intercambio de duração de 1 ano. Você sabe como devo proceder? se levo as 12 caixas com receita para os 12 meses (se isso for possivel) ou meus familiares podem me mandar mensalmente? assim como anticoncepcional…devo levar todas as caixas de uma vez? como faço?
    obrigada se puder ajudar!

  2. Olá, vou passar um ano fora (Itália) e eu tomo remédios tarja preta. Como devo proceder?
    Normalmente, quando compramos os remédios, as farmácias retêm a receita (aquela folha azul). Serve cópia? O médico deve fazer uma declaração???
    Também tenho curiosidade sobre o anticoncepcional, posso levar todas as caixas que vou precisar??
    Att.

    Renata

  3. Olá, vou passar dois meses nos estados unidos e eu tomo remédios tarja preta. Como devo proceder?
    Normalmente, quando compramos os remédios, as farmácias retêm a receita (aquela folha azul). Serve cópia? O médico deve fazer uma declaração???
    Também tenho curiosidade sobre o anticoncepcional, posso levar todas as caixas que vou precisar??

  4. Oi, tb tomo medicamento controlado tarja vermelha -estabilizador do humor, será que tem alguma restriçao? Gostaria de saber se a receita médica tem que ser traduzida para o ingles.

  5. […] Não vou escrever uma lista, porque nos links acima já tem muitas dicas, mas vou citar o que achei super importante. Para começar, um itinerário completo (com passeios, horários de ônibus, lugares onde ficar), uma doleira (para carregar dinheiro, passaporte e cartão de crédito – escondidos sob a roupa), garrafa/copo pra água, chinelos (principalmente para tomar banho), remédios que possa precisar – veja mais em Sair do Brasil. […]

Deixe uma resposta