Página Inicial Destino Um Réveillon em Madri. ¡Que venha 2012!

Um Réveillon em Madri. ¡Que venha 2012!

1

Já acostumado ao tradicional branco, as sandálias e as sete ondas você decide que já está na hora de fazer ago diferente e resolve passar o réveillon na Europa. E se o seu destino é Madrid, a capital da Espanha, parabéns. Você vai conhecer uma das cidades com a melhor noite da Europa e cheia de gente interessante.

2011 foi um ano estranho. Não sei para você, mas para mim e pra Espanha com certeza foi. Crise, revolução, eleições, clima louco. E a loucura do clima fez com que o frio esse nos desse uma trégua. E essa é a 1º dica: Na noite do dia 31 de  dezembro a temperatura média em Madrid é de 0º. Esse ano talvez fique em 5º. Ou seja, luvas, cachecol e casaco são itens essenciais na sua noite de réveillon.

Aqui o réveillon é chamado nochevieja. E fora o frio, outra grande diferença é que essa coisa de cores e roupa nova os espanhóis não tem. Você vai ver muita gente de preto, mesmo. Até porque vamos combinar que com 5º, não vai ter como não usar um casaco bem quentinho, geralmente preto. E enquanto no Brasil você vê uma enxurrada de roupas brancas nas vitrines, aqui é praticamente impossível achar algo nessa cor. Então se você quer usar roupa nova de uma cor específica, traga do Brasil.

Em Madrid o ponto de encontro da galera é a Plaza de Sol. Todo mundo se reúne ali desde às 22h para ver  as 12 badaladas do sino que está no relógio da praça. Esse é o grande momento da televisão espanhola. Os mais famosos apresentadores de cada canal são convidados para transmitir ao vivo esse momento.  E a tradição manda que com cada badalada você coma uma uva. Ou seja, doze uvas em 12 segundos. É bom treinar em casa antes.

Agora vou ser muito sincera, eu não recomendo ir pra lá (por experiência própria porque eu já fui): você precisa ficar no frio desde cedo, estará lotado, garrafas não entram por causa da segurança, as doze badaladas são super-rápidas e mal são ouvidas. E é aquela coisa meio NY – depois das doze badaladas todo mundo vai embora. Em geral para algum bar ali por perto, o que significa que todos os bares estarão lotados, com fila, com dificuldade para pegar bebida, andar e dançar. Mas o pior de tudo para mim é a ausência de fogos de artifício. Sem fogos não tem graça, né?!

E a opção para pessoas como yo, que não vão para Plaza de Sol, é reservar uma mesa para jantar em algum lugar e celebrar a meia noite por ali mesmo. Em geral os restaurantes fazem um cardápio especial de réveillon e te dão uma tacinha de champagne para brindar.

Já comeu, já brindou, já se abraçou e já beijou alguém à meia noite? Então agora é hora de se divertir. Dependendo do que você queira, dá para ir a alguma rua cheia de bares e ir brindando em cada um ou escolher uma boate e dançar até o sol raiar.

Se a sua é ir de bar em bar, vá para a Calle de Huertas, para a Calle Manuela Malansaña, rode pelo bairro de Chueca ou pela Plaza Santa Ana. As opções ali são inúmeras.

Se você prefere uma boate, o truque é comprar antes as entradas. E aí as opções são bem variadas. Do que você gosta? Algo mais turístico e com gente do mundo todo? Vá para a Kapital, para a Pachá, que são bem grandes, ou dê um pulo na Joy, um pouco menor que as outras e pertinho da Plaza de Sol.

Nada muito turístico e um pouco mais rock and roll? Seu lugar é o Honky Tonk com um público acima dos 30 ou a Penélope, com gente na casa dos 20 anos.

Você procura por boates gays? Ache a sua pelo bairro de Chueca ou pare na Ohm, em plena Gran Via. Também pode ir pra Sala La Riviera.

Quer algo mais chique e mais caro para começar o ano em grande estilo? Então as opções são a Moma, a Fortuny, a Serrano 41, a Penthouse do Hotel ME ou a Gabanna 1800.

Não quer nada disso e prefere começar o ano mais tranquilo? Dê uma volta pela Gran Via antes de voltar pro hotel. As luzes, as pessoas e a animação vão te deixar com um sorriso no rosto para terminar bem o ano.

E não se esqueça, café da manha do dia 1º obrigatoriamente precisa ser churros com chocolates. Até eu que não gosto muito, abro exceção nesse único dia. Pela manha, todos os bares, restaurantes e cafeterias de Madrid estarão servindo churros com chocolate para quem já estará em 2012 ou para aqueles que ainda estiverem acabando a comemoração do fim de 201.

De todas as formas, você vai ter começado 2012 com muito charme, hombres y mujeres guapos, muita diversão e um mixto de beleza, seriedade, delicadeza e imponência. Porque é isso o que você encontra em Madrid. Seja em dezembro, em janeiro e em todos os outros meses do ano.

E eu tenho uma teoria – criada por mim -, que o que você faz no réveillon, você passa o resto do ano todo fazendo. O que significa que se passar a nochevieja em Madrid, você vai voltar outras vezes. E que assim seja!

¡Feliz Año Nuevo!

E que a estranheza de 2011 seja substituída por muitas comemorações e muitas saídas do Brasil em 2012.

¡Felicidades!

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui