Um pouco sobre a Nova Zelândia

A Nova Zelândia é um país composto de duas ilhas, chamadas de ilha sul e ilha norte.

Constituída por cinco milhões de habitantes dividido em duas culturas é composta da língua inglesa e o maori (língua nativa), a primeira a ilha sul. é habitada pelos maoris os colonizadores e pelos neo zelandês originário da Inglaterra, hoje chamados de (maoris Kiwis) e (pakera Kiwis) que diferencia a cor os pakera que na linguagem maori significa brancos.

A Nova Zelândia e considerado um país sub-desenvolvido sua maior fonte de riqueza é constituída pela agricultura e o turismo, a Nova Zelândia e constituída de um clima tropical onde se gera as 4 estações do ano, verão, inverno, outono e primavera.

Diferente do clima tropical quente do Brasil, na Nova Zelândia e possível desfrutar de um verão agradável com altas temperaturas entre 25 a 35 graus, e se encantar com o clima gelado no inverno onde as montanhas e muitas cidades ficam brancas, cobertas de neve o que gera uma grande fonte de renda pra Nova Zelândia.

É conhecido como o país dos esportes radicais contendo o segundo maior bungee jumping do mundo, a mesma ficou por um bom tempo sendo o maior, após o fechamento do maior bung jump que se localiza na Africa do sul.

bugee jump

snowboard

Os esportes radicais como snowboard e esqui são muito procurados no inverno.

ilhas 2

É possível desfrutar de um verão, agradável na Nova Zelândia com um lindo litoral oeste e leste já que a Nova Zelândia possui duas ilhas. O que é difícil de suportar são as águas frias do mar, pois o país esta próximo das geleiras.

vulcões

A Nova Zelândia é construída por muitas áreas de preservação ambiental e também a maior concentração de vulcões do mundo e considerado um país verde onde é possível se apreciar a força do outono e da primavera , pois há uma grande concentração de árvores típicas de todo o mundo.

A Nova Zelândia é constituída de um parlamento onde se elege seu primeiro ministro indicado pela rainha que não chega a ser um país democrata, à sua capital, Wellington que se encontra no pé da ilha norte pra muitos o meio da Nova Zelândia, mesmo sendo capital, Wellington não chega a ser a maior cidade na Nova Zelândia e sim Auckland com aproximadamente 500.000 mil habitantes.

A Nova Zelândia para muitos é um país aberto o que não é 100% verdadeiro, na verdade tem acordos com vários Países inclusive o Brasil onde é possível imigrar a Nova Zelândia como turista.

A Nova Zelândia é o País que tem a maior concentração de diferentes nacionalidades do mundo com um alto número de refugiados de Guerra, a Nova Zelândia é considerada o segundo melhor país para se viver no mundo ficando atrás somente do Canadá.

A Nova Zelândia é um país com um baixo índice de violência devido ao seu controle de imigração e portos. Também não é grande a concentração de armas de fogo no país.

Por outro lado à Nova Zelândia é um país que se necessita de um alto número de mão de obra já que o país é o segundo maior produtor de kiwi, ficando somente atrás da Itália, que também possui uma grande produção de outras frutas como a maçã, mandarim, pêssego e uva, sendo sua maior parte exportada pra Ásia e Europa.

Com um grande numero de imigrantes no País a Nova Zelândia passou a ter no final de 2006 um acordo com seus vizinhos, as ilhas do pacífico como Samoa, Fiji, Tonga e outras. O que dificulta a entrada para imigrantes como brasileiros, quando o assunto é  conseguir um visto de trabalho no País, o chamado sazonal work que se enquadra na agricultura, como colheitas, podas e empacotamento de frutas para exportação.

praias

Já com o turismo uma grande fonte de renda do país a Nova Zelândia conhecida pelas praias, planaltos e áreas vulcânicas. É coberta pelo buraco na camada de ozônio onde o sol tem mais forca podendo, causar sérias complicações à pele como o câncer, mas é um país informativo e se você brasileiro sonha em um dia em visitar a Nova Zelândia é necessário trazer um bom protetor solar para ter boas férias.

Qualquer tipo de informação sobre a Nova Zelândia e possível se encontrar no site da imigração que contém todo o tipo de informação para imigrantes.

Por: Adriano Silva

0 pensamentos sobre “Um pouco sobre a Nova Zelândia

  • 10 de janeiro de 2008 às 12:37
    Permalink

    Showwwwwwwwww!!!
    Quem sabe eu não passo minha lua-de-mel por aí??!! rs

    bjs primo!!

    Responder
  • 10 de janeiro de 2008 às 13:54
    Permalink

    Driiiii … Ameeeeeiii !!!

    Agora tô mais com vontade ainda de ir embora !!!

    Ficou muito boa a sua matéria !!!

    Que chique hein !!!

    Parabéns !!!

    Bjssss cunhado !!!

    Responder
  • 10 de janeiro de 2008 às 17:56
    Permalink

    Oi Adriano, joia??

    Muito legal sua iniciativa, qq coisa q precisar so pedir!

    Bjao
    Luci

    Responder
  • 12 de agosto de 2008 às 14:04
    Permalink

    oi adriano
    ja morei na ilha norte um bom tempo
    e nao vejo a hora de voltar
    ainda mais vendo essas fotos
    que saudadeeeeeeeeee

    vc mora onde?
    faz o q?
    ano q vem to ai de volta hehe

    fique na paz

    abraco!

    Responder
  • 13 de dezembro de 2008 às 01:45
    Permalink

    OiiTd
    ber mais informações sobre e curso de inglês?!
    teria como me ajudar?
    obrigada desde já…
    abraço

    Responder
  • 21 de maio de 2009 às 09:28
    Permalink

    nooossa veéy liiindo demaiis
    qem sabe um diia eu vou aé.
    com …
    deixa baixo. . .
    ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei

    Responder
  • Pingback: Tweets that mention Um pouco sobre Nova Zelândia | Sair do Brasil -- Topsy.com

  • 25 de novembro de 2010 às 19:06
    Permalink

    A Nova Zelandia nao e um pais sub desenvolvido

    e um Pais Desenvolvido

    Responder
  • 29 de julho de 2011 às 12:43
    Permalink

    Tou pensando em fazer um intercambio de 6 meses para a cidade de Auckland, alguem recomenda qual epoca devo ir???
    Queria saber tambem os habitos alimentares de la, a adptacao com o fuso horario ( eh a primeira vez que saio do Brasil).
    Tambem queria saber como são as pessoas de lá.

    parabens pelo post =)
    Obrigado

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *