Página Inicial Destino Américas Internet discada: como reservar hospedagem em Cuba

Internet discada: como reservar hospedagem em Cuba

0

Como reservar hospedagem em Cuba?

Hoje todo mundo tem a mesma agência de turismo: a internet. Você compara preços de passagens aéreas, compra a passagem de trem, vê vídeos do hotel ou albergue que quer ficar, lê resenhas dos mais variados assuntos, imprime mapas do metrô, tira dúvidas em fóruns de viajantes, baixa guias de turismo. Bom, você já me entendeu. E quando você vai para um país que tem internet restrita?

Quem quer ir para Cuba vai ter que ter muita paciência para reservar sua hospedagem. Lá, a internet é muito cara, praticamente metade do salário de um trabalhador comum para meia hora de acesso. Algo equivalente a 5 dólares mais ou menos. Nem hotéis maiores conseguem manter sites recheados de informações relevantes e com tecnologia de ponta capaz de fazer reservas online em páginas com certificado de segurança. Comércio eletrônico não é o forte deles.

Então como reservar seu cafofo lá na ilha de Fidel? A primeira coisa é decidir se vai ficar em hotel ou em casa de família. Sim, lá algumas famílias tem permissão do governo para receber turistas. E é a minha indicação. Ter uma permissão dessas é como ganhar na mega-sena, uma fonte de dinheiro inesgotável em um país que paga muito pouco aos trabalhadores. Então as famílias tratam os turistas da melhor forma possível. Não tem erro. Eles te dão a chave de casa e você fica no melhor quarto, geralmente com tv, ar-condicionado e banheiro exclusivo. Algumas oferecem café, almoço e janta. Nem preciso falar quão significativo é fazer uma refeição com cubanos típicos. A comida é farta e o preço barato, um prato de camarão sai por 5 dólares. Mas o mundo não é perfeito e entrar em contato com essas famílias não é fácil. Algumas delas conseguem ter uma página simples na internet, outras se juntam e montam um site coletivo, outras só divulgam seus serviços distribuindo cartões para quem já se hospedou por lá dar para os amigos. É o meu caso. Fiquei na casa do senhor Juan, um simpático idoso que mora com seu filho Raul. O contato dele é o (05) 867-6801. O sr. Juan não cozinha o que não foi problema já que a vizinha faz um rango de primeira, inclusive ela também recebe turistas. Para ficar na casa da dona Maritza e do Enrique, ligue para o (05) 268-5809. O sr. Juan tem e-mail, caso você não queira começar a torrar seus dólares com ligações internacionais. Mas não espere por respostas rápidas. Depois de umas duas semanas, ele responde. O e-mail dele é o torressantiesteban@yahoo.es.

Caso você prefira ficar em hotéis, boa sorte. A internet não é confiável e o melhor há fazer é reservar pelo telefone. Também não espere por serviços justos. As tarifas são caras e os quartos nada demais. Não estar na rede ajuda os caras a não melhorarem os serviços. Quanta falta uma banda larga faz àquela ilha.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui