Página Inicial Destino ¡Espanha me mata!

¡Espanha me mata!

E aí que o primeiro texto da minha coluna no Sair do Brasil não poderia falar de outra coisa que não fosse a “primeira vez”. Não essa que a sua mente libidinosa está pensando. Mas sim a primeira vez em Madrid.

A primeira vez que você se encanta com a modernidade do teto amarelo ondulado do Terminal 4 do Aeroporto de Barajas. A primeira vez que você sente o ar seco de Madrid e entra em um dos mais eficientes e mais bem sinalizados metros da Europa.

Será a primeira vez que você vê como os espanhóis são animados, educados e atenciosos com gente que eles nunca viram na vida.

Será a primeira vez que você verá a Puerta de Alcalá e vai fazer questão de parecer o mais turista possível tirando uma foto em meio ao trânsito com a Puerta ao fundo. E depois atravessará a rua para entrar, pela primeira vez, no Parque do Retiro, remar no lago pela primeira vez, caminhar ao Palácio de Cristal, passar pela mini gruta e entrar pela primeira vez no Jardim de Rosas do Retiro.

E depois de descer pela primeira vez na Plaza de Sol, ver o símbolo de Madrid pela primeira vez e tirar a sua foto com o Urso mais famoso da Espanha, você caminhará pela primeira vez em direção a Plaza Mayor. E quando você parar de olhar ao redor com um sorriso no rosto, você cruzará a praça em direção ao Mercado San Miguel para comer pela primeira vez um excelente jamon espanhol com pão e vinho de primeira qualidade.

E então você dará um oi pela primeira vez ao Don Quijote na Plaza de España e se deslumbrará pela primeira vez com os Jardines de Sabatini e em seguida verá um pôr do sol cinematográfico sentado na grama verde do Templo de Debod pela primeira vez.

E a primeira vez que você andar pela centenária Gran Vía e não consegue parar de olhar pra cima você irá se encantar com as luzes de seus prédios.

Será a sua primeira vez  – e trate de se acostumar – com o vai e vem de pessoas pela Gran Vía ás 23h como se fosse 11h. Ou à meia-noite, ou à 1h da madrugada. E então você perceberá, pela primeira vez, que Madrid dorme tarde e que a noite madrilenha tem muito, muito pra te oferecer. Você verá por primeira, segunda, terceiras e muitas outras vezes jovens com piercings em lugares inovadores e cortes de cabelo cheio de estilo.

E aí, caro viajante, tenha certeza que essa será a primeira vez, de muitas vezes que você verá e viverá Madrid. E a Espanha!

COMPARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Estou viajando no seu texto, nos comentários e na originalidade.Dany, obrigada por me fazer recordar dos momentos maravilhosos que passei e até hoje passo aqui. Madrid é vida, Madrid é tudo de bom. Beijos

Deixe uma resposta