Página Inicial Destino Ásia Cultura e muita diversão em Istambul, Turquia

Cultura e muita diversão em Istambul, Turquia

Olá leitores! Estréio minha participação no “Sair do Brasil” apresentando um dos lugares mais fascinantes que já visitei na vida. A Turquia é um país belíssimo com muitas peculiaridades e características culturais bem diferentes das nossas. Caminhar pelas ruas de Istambul, por exemplo, significa ouvir as orações em turco, claro, advindas dos auto-falantes das mesquitas. Uma se correspondendo com a outra por quilômetros de distância. É ver mulheres de burca, de lenço nos cabelos e ombros, mas também com roupas comuns, como as nossas. É vivenciar uma miscelânea cultural e religiosa, com muitos turistas curiosos para entender como tudo isso funciona.


Mesquita azul

Mesquita azul

Embora Ankara seja a capital do país, Istambul é sempre o centro das atenções. Com uma parte de seu território localizado na Europa e a outra na Ásia, a antiga Constantinopla é a maior cidade da Turquia e abriga variadas atrações. Um bom lugar para se hospedar é em sultanahmed, pois é bem perto da maioria dos pontos turísticos. Sugiro ficarem de três a cinco dias por lá. Não deixe de visitar a mesquita azul. Além de sua beleza e magnitude, existe também o fator cultural. A maioria dos habitantes é muçulmana, o que faz com que as mesquitas fiquem lotadas nos horários de oração. Só que nesse período, os turistas não entram.

Basílica de Santa Sophia


Logo em frente, encontra-se a Santa Sophia, que tem uma história bastante peculiar. Essa linda basílica, já foi um templo cristão, construído pelos bizantinos. Depois passou a ser muçulmana após a queda de Constantinopla, e, mais tarde, se transformou em museu com a queda do Império Otomano.


Meduza – Cisterna

Também é altamente recomendado visitar a cisterna da cidade, datada de 532. Ela é muito visitada porque ela abastecia a cidade durante anos, por isso sua grandiosidade. Ela também abriga duas enormes cabeças de meduza em suas colunas, uma de lado e a outra de cabeça para baixo. E o motivo disso ainda é desconhecido, embora existam algumas especulações.

Topkapi Palace

Palácio Topkapi é uma parada obrigatória. Foi construído entre 1459 e 1465, logo após a conquista de Constantinopla, por Mehmet II e foi residência de sultões por mais de 400 anos. Hoje é um museu que abriga objetos super valiosos e de grande importância histórica como tronos revestidos com pedras preciosas, vestimentas da época, conjuntos de porcelanas japonesas e chinesas, e por incrível que pareça, o cajado de Moisés.

Grand Bazar

E para fazer umas comprinhas bem diferentes, é legal visitar o Grand Bazar. Na verdade, você encontrará melhores preços fora do Bazar, mas é legal visitar pelo local em si. Mas tome cuidado, só toque ou pergunte sobre algum produto, se realmente tiver se interessado por ele, pois eles levam muito a sério as negociações e vão ficar tentando te vender aquilo de qualquer jeito. Tente sempre negociar antes de efetivamente comprar. Aproveite também para visitar a parte asiática da cidade. Perto da ponte, existem ótimos restaurantes e bares, além de um climinha super agradável.

Parte Asiática

Prepare-se para um clima frio e, para as mulheres, é bom levar sempre um lencinho consigo, pois alguns lugares não permitem a entrada com os cabelos e ombros à mostra. Alguns deles emprestam um lencinho na entrada.

A Turquia é fascinante e surpreendente. E o melhor, brasileiros não precisam de visto nem vacina para estadia de até três meses e a moeda de lá é bem barata, aproximadamente R$1,40. Sem dúvida, um ótimo lugar para curtir as férias. Aproveite!

Beijos e até a próxima!

COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Meu maior sonho e conhecer a Turquia,e esse sonho esta quase se concretizando,estou namorando um rapaz de la,e estamos fazendo planos para que nossa uniao de culturas de certo,quando eu estiver la,podem ter ter certeza de que postarei muitos comentarios sobre td,inclusive do meu casamento,um grande abraço a tds que ja fizeram essa viajem fantastica!

Deixe uma resposta