Página Inicial Destino Como levar dinheiro para Londres

Como levar dinheiro para Londres

O nosso segundo texto por aqui responde uma dúvida que chegou até nós por email e que pode estar na cabeça de muitos de vocês que pretendem vir para cá.

O filho da leitora Cidinha Rocha está vindo para Londres nos próximos meses e ela estava em dúvida sobre “que tipo de dinheiro” disponibilizar para a viagem dele.

Vamos falar um pouco sobre a nossa visão de cada uma das opções na esperança de ajudá-los a fazer a melhor decisão possível. Acompanhe.

Dinheiro – Impossível vir para Londres sem pelo menos uma nota de 5 pounds na carteira. Primeiro porque existe a possibilidade de na chegada o pessoal da imigração pedir para você mostrar dinheiro em espécie para comprovar que você tem como se manter durante sua estadia. Segundo porque alguns estabelecimentos comerciais podem não aceitar seu cartão e, sem dinheiro, você fica na mão. Sacar de contas nacionais pode sair muito caro.

*Conclusão Traga ao menos um pouco de dinheiro em espécie para se manter. Analise os preços das casas de câmbio da sua cidade, faça uma reserva em dinheiro e troque por libra. Vale a pena!

Cartão de débito/crédito internacional – Esse é o nosso maior aliado aqui em Londres. Fazer pagamentos com o “dinheiro de plástico” é muito fácil. Você não paga taxas extras e ainda não precisa ter medo de ficar carregado uma “fortuna”. O único ponto negativo é a taxa para saques. Tirar dinheiro da sua conta brasileira por aqui pode não sair barato – o HSBC cobra oito reais por saque. Verifique as taxas que seu banco cobra antes de sacar. Não se esqueça de se informar também se o seu cartão pode ser utilizado no exterior.

*Conclusão Seu cartão não é internacional? Pense na possibilidade de fazer um. Você pode precisar.

Visa Travel Money (VTM) – Antes de virmos para cá, achávamos que esse seria nosso grande aliado. Mas, no fim das contas, com o cartão do banco nas mãos ele acabou se tornando importante só para saques, já que as taxas dele são menores que as cobradas pelo banco.

*Conclusão Se você tem que escolher uma dessas formas para cortar da sua estratégia, corte o VTM (desde que consiga utilizar seu cartão do banco). É verdade que em viagens para países da União Europeia ele pode ser bem útil para você sacar euro, mas pela nossa experiência ele se mostrou o menos essencial dos aliados. A combinação: dinheiro em espécie mais cartão de débito e crédito internacionais é perfeita.

Esperamos ter ajudado. Se tiver dúvidas, já sabe, né? Escolha uma das formas de comunicação que sugerimos no Fale Conosco ou deixe um comentário. Teremos prazer em ajudá-lo.

 

COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Olá, adorei o post, mas tenho uma dúvida. Vou fazer conexão de 22 horas em Londres e passarei na imigração. Só tenho euros e cartão internacional, não terei como comprar libras. Isso é um problema na imigração? Obrigada

Deixe uma resposta