Página Inicial Destino 5# Você pergunta e eu respondo – Irlanda

5# Você pergunta e eu respondo – Irlanda

0

Alo!! Pessoal, ainda com muitas dúvidas? Continuem mandando as perguntas porque quanto mais vocês mandarem, melhor seu planejamento de intercâmbio fica!

Chegou um e-mail na caixa de mensagens muitíssimo interessante do leitor Luiz Fernando, e como  a dúvida do colega pode ser a nossa, trouxe o e-mail dele na íntegra pra vocês:

Boa noite Tamara, estava lendo suas postagens no Sair do Brasil e
resolvi ver se você me responde umas perguntas.
Você foi para a Irlanda pra que ? Para estudar, morar ou/e trabalhar ?

Boa noite, Luiz!

Vim por todos os motivos acima. Sempre quis morar no exterior e como comecei a trabalhar muito cedo, aos 16 anos, desde lá vim juntando moedinhas que viraram notinhas, que viraram montinhos e assim, aos 18 anos, pude pagar minha vinda à terra verde. Minha prioridade sempre fui estudar, mas é claro, nós precisamos sobreviver também, então trabalhar veio como apoio para que eu pudesse estudar, ter uma vida confortável e não depender de ajuda financeira da minha família lá no Brasil.

Porque você já esta ai há um bom tempo se não me engano, você fez
renovação de visto ?

Sim, como estou na Irlanda há quase 2 anos, já estou indo pra minha segunda renovação. O processo de renovação é bem simples, já que não é necessária a comprovação de renda, que agora é de 3 mil euros. Já pensou depois de um ano, ainda ser obrigado a ter 3 mil euros em conta pra provar que pode se manter? Pois bem, a documentação necessária é a carta da escola como prova de que você adquiriu um novo curso, seguro-saúde, comprovante de residência, passaporte e a carteirinha adquirida quando você se legalizou no ano anterior.

Você foi por alguma agencia ? Chegou a morar em casa de família ?
Perguntei isso, pois não entendi como você faz no caso de estar
estudando, para trabalhar e etc.

Essa pergunta já foi respondida aqui ó 🙂

Em falar e trabalho, os empregos daí exigem algum curso ou experiencia
profissional ? experiencia brasileira conta ?

Geralmente não pedem nenhum curso, mas se você está se aplicando para uma vaga específica, é subtendido que você tenha experiência acadêmica em tal.

Experiência é sempre bem-vinda, mas há casos em que você vai ter que improvisar. Se você almejar um emprego na sua área, experiência é fundamental, pois mesmo que agora você esteja em outro país, quem fez especialização em gastronomia não vai encontrar dificuldades em um restaurante classe A só porque está em outro lugar. Agora, se você é engenheiro e seu amigo te descolou um emprego de kitchen porter (lava-pratos) em um restaurante movimentado, aí sim é importante improvisar e mesmo que você não tenha jeito com a coisa, peça muitas dicas sobre como lavar panela engordurada, tirar comida queimada de dentro dela lembrando que tudo tem que ser muito rápido e não esqueça é claro, ninguém trabalha em sub-empregos porque ama, mas além de ser o que tem pra hoje, nunca se sabe quando é que o chefe de cozinha vai precisar de um novo assistente apto a aprender novas coisas.

Li que aí faz muito frio, até ai tudo bem. Mas e chuva ? Chove muito ?

Essa pergunta também já foi respondida aqui!

Como é que se faz o pagamento de contas de luz, água, internet, etc. ?

Pagar contas é bem simples, a do aluguel existe três meios de pagar. Em muitos casos o landlord vem ao seu endereço coletar o aluguel em dinheiro, se tiver boleto você pode pagar no correio, senão fazer depósito nos caixas eletrônicos dentro do banco ou ir no guichê com os dados e o dinheiro.

Para as contas de gás/energia quem vem juntas a cada dois meses e a conta mensal de internet é só ir ao correio com o boleto.

O que é D1, Dublin7,etc; que vemos em anúncios de casas por exemplo ?

Em dublin não existe cep numérico como no Brasil, por isso Dublin é divida em números sendo os números menores, os mais centrais. Também como mostra a figura, a cidade é cortada pelo rio Liffey que faz com que os bairros ímpares fiquem de um lado e os pares de outro.

Agradeço pela atenção e peço desculpas pelas muitas perguntas.
Att. Luiz Fernando

Imagina, Luiz, muitíssimo obrigada pelo e-mail! Se ainda estiver duvidoso, pode mandar mais!

Você que tá aí fechando o pacote ou que tá mais pra lá do que pra cá, faz que nem o Luiz Fernando, abre o bloco de notas e anota que “Você pergunta e eu repondo” no tamara.lorena@hotmail.com pode ser a luz no fim do túnel.

Até a próxima!

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui