Como conseguir visto de migração qualificada na Austrália

1- O governo da Austrália tem preferência pelas pessoas provenientes de algum país em particular?

Não, o governo Australiano não discrimina pela nacionalidade do requerente de um visto de residência sob migração qualificada. Todos os vistos deste tipo, independente da nacionalidade do requerente, são aplicados em um mesmo escritório em Adelaide, South Austrália. A Southern Cross Alliance pode assessorar as pessoas residentes em qualquer lugar do mundo.

2- Se uma pessoa tem também cidadania europeia, é melhor solicitar o visto de residência para Austrália com essa cidadania?

Não há diferença entre as nacionalidades com a finalidade de obter um VISTO. As regras são as mesmas para todos. A única vantagem para aqueles que tiverem cidadania de países de língua inglesa é que não terão que prestar a prova de inglês.

3- Que duração tem o processo de obtenção de um VISTO sob a Categoria de Migração Qualificada?

O tempo de processamento depende de cada caso e da ocupação do requerente, o processo completo costuma demorar entre 12 e 18 meses da data de montagem da pasta do processo até a outorga do visto.

4- Tem alguma forma de que meu requerimento demore menos para ser processado?

O Governo da Austrália dá tratamento prioritário a algumas ocupações, devido a uma forte demanda no mercado de trabalho. Atualmente as profissões que estão dentro da lista de Ocupações de Maior Demanda e os vistos do Programa Regional Permanente recebem tratamento prioritário, e o processo demora entre 6 e 10 meses.

5- O que acontece se uma pessoa é casada e tem filhos: paga a mesma quantia por cada integrante?

Não, o custo no pedido de um visto é o mesmo se o visto for solicitado por pessoas solteiras, casadas ou por uma família numerosa.

6- O que acontece se um casal não é casado?

Para poder solicitar o visto conjuntamente como casal, deverão demonstrar e apresentar evidência de coabitação durante os últimos 12 meses.

7- Que Profissões podem requerer um visto de Migração Qualificada?

O Governo da Austrália elabora uma lista das ocupações que podem solicitar um visto de residência permanente, com base na demanda que existe no mercado de trabalho interno. Esta lista pode ser consultada clicando aqui.

Em geral é necessário que o requerente de um visto deste tipo tenha estudado por no mínimo 8 semestres em período integral, embora existam exceções para os ofícios e os profissionais de sistemas, entre outros.

8- Qual é o nível de inglês exigido?

O Departamento de Migrações da Austrália utiliza o exame IELTS (www.ielts.org) como forma de comprovar o nível de inglês do requerente de um visto de migração qualificada. Atualmente exige-se um mínimo de 6,0 pontos em cada um dos quatro componentes da versão Geral da prova (leitura, escrita, compreensão auditiva e expressão oral); se o seu nível de inglês for melhor, obterá uma maior pontuação dentro do sistema migratório.

Independentemente da exigência do Departamento de Migrações, algumas revalidações profissionais exigem um nível mais alto de inglês para evidenciar a profissão. Tal é o caso dos Professores, dos Engenheiros, dos Enfermeiros e das outras profissões da área da Saúde.

Caso o parceiro do requerente principal não deva revalidar sua ocupação, será suficiente atingir 4.5 pontos na média do exame ou comprar, no momento da outorga do visto, um curso que deverá ser cursado na Austrália.

9- O que acontece se algum dos integrantes do grupo familiar tem uma doença?

O governo da Austrália procura que os novos imigrantes não se tornem uma carga para o sistema de saúde pública e que não tenham alguma doença infecto-contagiosa que possa significar um risco para a população. Se algum dos integrantes do grupo familiar tiver uma doença dentro dessas categorias, o Governo poderá rejeitar o visto do grupo familiar inteiro.

A VNA – procura analisar o caso de cada pessoa com problemas médicos com base em relatórios de especialistas, para determinar o alcance da doença e se o governo pode considerar o caso como um motivo para a rejeição do visto.

SOBRE O PROCESSO DO VISTO DE RESIDÊNCIA TEMPORÁRIO EM UMA ÁREA DE BAIXA POPULAÇÃO

1- Quais as diferenças entre os vistos Skilled Independent Regional e os Skilled Migration – Independent?

O visto temporário regional é um novo tipo de visto que é válido por um período de três anos, para que os imigrantes interessados possam radicar-se em áreas regionais ou de baixo crescimento populacional durante pelo menos dois dos três anos de validade do visto. Após esses dois anos, poderá solicitar um visto de residência permanente.

2- Que vantagem têm estes vistos?

A principal vantagem destes vistos é que exigem uma pontuação menor do que a exigida para o programa migratório geral de migração qualificada, motivo pelo qual abre uma nova alternativa para muitas pessoas que não atingem os 120 pontos vigentes desde abril de 2004.

3- É mais conveniente optar por um visto SIR do que por um visto de Skilled Migration Independent?

Não necessariamente. Os vistos SIR atuam como um passo intermediário para aquelas pessoas que não atingem a pontuação dos vistos independentes, motivo pelo qual é sempre conveniente candidatar-se para um tipo de visto permanente se a intenção é radicar-se na Austrália de forma definitiva.

4- Quais são os requisitos para os vistos Skilled Independent Regional (SIR)?

Os requisitos para estes novos vistos são:

  • Ter menos de 45 anos de idade.
  • Ter sido aprovado no exame IELTS com pelo menos seis pontos em cada modulo.
  • Contar com o reconhecimento profissional junto à autoridade correspondente.
  • Atingir pelo menos 100 pontos dentro do programa de Migração Qualificada.
  • Alcançar 90 pontos dentro do programa de Migração Qualificada.
  • Contar com o patrocínio do Governo de uma região que participe do programa.

5- O que acontece uma vez terminado o prazo de validade do visto?

Uma vez terminada a validade do visto SIR, o residente deverá aplicar para um novo visto.

Se durante a vigência do visto ele passou pelo menos dois anos morando em uma área nomeada e tenha atuado em qualquer área em demanda pelo menos 12 meses, poderá solicitar um visto de residência permanente em uma nova categoria permanente com patrocínio estadual.

O Governo de South Austrália anunciou que todas as pessoas que cumpram com as exigências do seu visto SIR e permaneçam nesse estado, terão acesso posterior a um patrocínio estadual para vistos permanentes.

6- Existem listas especiais de cada região para os vistos temporários?

Não existem listas especiais. A diferença dos vistos permanentes com patrocínio regional, onde a pessoa deve estar dentro de uma lista de profissões para conseguir a nomeação do governo estadual, para estes vistos temporários é que, nesse último, basta que a profissão esteja incluída na Skilled Occupations List, e que a pessoa alcance os 100 pontos.

7- Tenho a obrigação de morar no estado que forneceu minha nomeação?

O visto permite que a pessoa e seu grupo familiar possam radicar-se em qualquer área nomeada, inclusive em outros estados. Entretanto, na grande maioria dos casos, a possibilidade de permanecer na Austrália aplicando para a residência permanente dependerá das condições impostas pelo estado que o nomeou, razão pela qual deverá prestar atenção para cumprir com estas condições.

8- Todos os integrantes do grupo familiar devem morar nas áreas determinadas?

Sim, é necessário que todos morem em áreas regionais ou de baixo crescimento populacional durante dois dos três anos de vigência do visto para poder obter um visto posterior sem ter que retornar ao seu país de origem.

9- O que acontece se não conseguir emprego na minha profissão ao chegar à Austrália? Tenho alguma limitação?

Não há limitação, estes vistos permitem trabalhar em qualquer profissão ou ocupação listada na lista SOL, e todas as pessoas maiores de 16 anos incluídas no requerimento do visto contam com a mesma autorização. Para poder aplicar para o visto posterior, é necessário que o aplicante principal tenha trabalhado durante 12 meses em uma região determinada, em qualquer profissão.

10- Posso mudar de visto uma vez na Austrália?

Não. As pessoas que tiverem este tipo de visto ficarão bloqueadas para solicitar outro tipo de visto dentro da Austrália durante os primeiros dois anos de validade do mesmo.

11- Se eu tiver 44 anos no momento que solicitar o visto SIR, como isto afetará o requerimento do meu visto permanente após dois anos?

O Governo estabeleceu concessões especiais para aquelas pessoas que cumprem com os requisitos básicos no momento de solicitar o visto SIR e que posteriormente passem a não atender esta exigência. Isto significa que poderão candidatar-se para o visto permanente posterior sem problemas. A mesma coisa acontecerá com os filhos que foram incluídos no processo SIR como filhos dependentes, que se tornarem independentes após fazer 18 anos.

12- Quanto tempo demora o processamento destes vistos?

Estes tipos de vistos têm três etapas:
a)a revalidação profissional ou skills assessment, que demora uma média de dois a quatro meses
b)o pedido de patrocínio ao governo estadual, que demorará entre um e dois meses
c)o processo do visto, que demorará aproximadamente seis meses.
Como estimativa, o processamento completo poderá ser finalizado em aproximadamente doze meses.

13- Quais são as regiões consideradas áreas de alto crescimento populacional, onde o imigrante não poderá radicar-se?

Basicamente trata-se da totalidade do Australian Capital Territory: Sydney, Wollongong, Newcastle e a área costeira central de New South Wales, a área metropolitana de Brisbane e a Gold Coast de Queensland; a área metropolitana de Melbourne em Victoria e a área metropolitana de Perth em Western Austrália. É possível consultar a listagem de acordo com os CEP em  www.immi.gov.au

14- Terão meus filhos acesso à educação pública de primeiro e segundo grau?

Esta concessão depende de cada estado, mas tanto South Austrália quanto Victoria confirmaram que os filhos dos imigrantes com vistos SIR terão acesso à educação pública de forma gratuita.

15- Terei acesso à saúde pública através do Medicare?

Infelizmente não por enquanto. Apesar de que existem negociações para que as pessoas possam pagar uma taxa adicional e ter acesso a Medicare, as regras vigentes exigem que a pessoa contrate um serviço de saúde privado.

SOBRE OUTROS TIPOS DE VISTOS

1- A SCA pode me auxiliar na obtenção de outro tipo de visto permanente?

A Southern Cross Alliance é especialista em vistos de residência permanente sob as divisões de migração qualificada, migração por negócios e migração familiar. Nossos consultores poderão assessorá-lo em cada caso em particular. Os únicos vistos que a SCA não gerencia são os vistos para refugiados e os vistos humanitários.

2- A SCA pode aplicar para vistos temporários?

Os consultores da SCA estão capacitados para ajudá-lo na obtenção de qualquer visto, tanto temporário quanto permanente. Cada um deles tem exigências específicas que devem ser analisadas em cada caso em particular.

3- Existem vistos que me permitam viajar à Austrália para trabalhar, durante um período curto e retornar ao meu país?

Dentro dos diferentes vistos existentes para a Austrália, há uma categoria chamada Working Holiday Visa. Este tipo de visto permite trabalhar durante um ano na Austrália, um máximo de três meses com cada empregador. Para poder obter um visto deste tipo, a Austrália deve ter um acordo vigente com seu país de nacionalidade e/ou residência.

A Austrália tem acordos de Working Holiday com os seguintes países: Reino Unido, Irlanda, Países Baixos, Suécia, Dinamarca, Noruega, Finlândia, Alemanha, Bélgica, Malta, Canadá, Japão, Hong Kong e Coréia.

4- O que acontece se uma empresa decide me contratar para trabalhar durante um período limitado em seus escritórios na Austrália?

Neste caso, a primeira parte do processo deverá ser realizada pela empresa na Austrália junto ao escritório de migrações correspondente. Uma vez aprovado o patrocínio, o requerente poderá ter um visto de trabalho com uma duração máxima de 4 anos. A empresa deverá justificar perante o Departamento de Migrações por que pretende contratar um estrangeiro e não um cidadão ou residente permanente.

Por: vivanaaustralia.com

Categoria: Vistos

Tags: , ,

Matérias relacionadas:



Esta matéria foi escrita por:

- que escreveu 616 artigos para o Sair do Brasil.

Olá, Sou fundadora do site Sair do Brasil!, administradora por formação e apaixonada por vários Países os quais procuro passar informações aqui no "Sair" . Espero que gostem de minhas publicações!

7 Respostas para “Como conseguir visto de migração qualificada na Austrália”

  1. Nouie Belotte disse:

    australia its paid my dream I like it I want to live australia

  2. Nouie Belotte disse:

    australia its paid my dream I love

  3. Ondina disse:

    Tenho 57 anos e nacionalidade angolana. Minha filha é socióloga, formada nos Estados Unidos e pretende emigrar para a Austrália. Será que posso acompanhar minha filha? Sou saudável apesar da minha idade

  4. constantino disse:

    Sou Medico da especilidade de clinica geral de Nacionalidade moçambicana, neste momento a exercer medicina em portugal.
    sempre foi meu desejo viver na Australia dado o mesmo paralelo meridiano e clima identico em Moçambique, para além deste facto gosto de me relacionar com cidadãos do mundo e culturas diversificadas. falo inglês e espanhol. gostaria de saber como poderei adequerir informações para eventual trabalho contractual na minha area profissional.

    Ao dispor

    C. Reis

  5. Sou cabeleireira,ha 20 anos,tecnica em corte e coloriometria e gostaria muito de poder trabalhar em Gold Coast com um contrato de trabalho.Tenho uma filha unica casada com australiano e mora ha 6 anos nessa cidade da Australia.Nao quero ganhar muito,pois minha intençao e trabalhar e ficar perto da minha unica filha,neta e um genro australiano…Obrigada.. aguardo anciosamente a resposta. Obrigada mais uma vez.

  6. Flavia disse:

    Amo a Australia queria passar uns tempos lá!
    Tanho 31 anos e experiencia em Hotelaria, teatro, ensino de crianças, instrumentos musicais, e estou cursando Massoterapia.
    Meu inglês é fluente pois morei uns anos na Europa.
    Por favor indique uma area onde possa atuara na Australia.
    Agradecida sempre

    Flavia Peres

Trackbacks/Pingbacks


Deixe uma Resposta

Fique atualizado

Fique atualizado via e-mail. Cadastre-se!
Twitter - Sair do Brasil Facebook - Sair do Brasil Google+ Sair do Brasil Feed - Sair do Brasil